Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Inquietude: Como educar, numa sociedade competitiva?

Vivemos numa sociedade em que a competição é algo comum e diário. Cedo, as crianças aprendem a competir, pelas melhores avaliações, pelos lugares de destaque, pelos elogios e valorizações. E esta competição permanecerá ao longo da vida, vai ser exigida pela profissão, pela família, pela sociedade… estas competições trarão lucros e ganhos, contribuem para a felicidade procurada nos dias de hoje, pela grande maioria da população.

Mas será que conseguimos educar para uma competição saudável? Será que conseguimos fazer uma boa mediação: entre o ensinar a competir e o respeitar das diferenças? Será fácil encontrar estes pontos de equilíbrio, para nós mesmos e para transmiti-los a quem cresce?

A sociedade atual faz, aos educadores, uma exigência brutal sobre este assunto, diariamente as famílias têm de ensinar a realizar uma competição saudável, ao mesmo tempo que têm de ensinar valores fundamentais, como respeito, solidariedade, partilha, ética, moral…

Então, a pergunta base será esta: como pode uma família fazer a educação da melhor forma? Que contributos poderá dar a escola neste assunto?  Não, não existe uma solução concreta, milagrosa, ou definida… deve é existir uma reflexão e ponderação constante a cada decisão, a cada atitude… a cada valor que se ensina. As famílias devem pensar constantemente sobre aquilo que querem transmitir, com diálogo e exemplo… só com muita ponderação e sensatez se poderá Educar… assim, com amor e sem livro de instruções! 

inquietudes.jpg

 

Fichas… Deves responder assim…

Nas fichas de avaliação e fichas de trabalho escolar, por vezes, a dificuldade em entender o que é pedido pode ser a maior dificuldade para se ser bem sucedido no resultado.

Tantas vezes os alunos estudaram bastante para a ficha, até se sentem preparados e confiantes porque consideram que assimilaram e compreenderam toda a matéria mas, quando começam a fazer a ficha sentem muita dificuldade em perceber o que significa a pergunta e o que devem responder em cada questão.

Depois, no momento da correção da ficha é que compreendem que deveriam ter respondido de outra forma porque fizeram uma interpretação errada de muitas questões.

Nesta situação, os estudantes não devem ter receio de, em plena ficha, solicitar ajuda ao professor, se não compreendem uma palavra, ou se estão com dúvidas sobre algo… sempre que o professor não puder ajudar ele próprio irá referir isso e orientará apenas no que for possível.

De uma forma geral, sempre que tens as seguintes palavras deves responder assim: 

responder_10S.jpg

Ensinar a conversar!

Nos primeiros anos escolares existem as crianças que contam muitas coisas sobre como foi o seu dia na escola e existem outras crianças que não têm essa espontaneidade. As mais reservadas, por vezes, são fonte de preocupação para a família, porque ficam com receio de que algo possa não estar a decorrer da melhor forma, porque desconhecem anseios, medos ou ficam com dúvidas sobre o comportamento escolar.

Para as famílias que pretendam ajudar as suas crianças a conversarem mais, a exporem mais ideias, sentimentos e opiniões, aqui ficam sugestões de inícios de diálogos que levam as crianças a exprimirem-se, como mais do que um simples ‘sim’ ou ‘não’.

Tenha o cuidado de reservar uma parte do final do dia para estas conversas, mostrando-se totalmente disponível e empenhado/a em escutar atentamente o que a criança tem a dizer!

Coloque questões como:

  • Hoje o meu dia correu/não correu muito bem, porque ….. O teu dia foi melhor que o meu? (Para que lhe conte como correu o dia)
  • O teu melhor amigo/a é muito …(característica simples), tens mais amigos assim? (Para que converse um pouco sobre as amizades)
  • A/O tua professora manda sempre TPC’s, nunca se esquece! Parece-me ser muito organizado, o que achas? (para falar sobre os professores)
  • Vi que o teu almoço era arroz com frango! Estava bom? (invente a pergunta para o levar a explicar mais sobre a alimentação da escola)
  • E se fizéssemos um lanche, no fim de semana, para os teus amigos? Quem querias convidar? (Para perceber como está o processo de sociabilização e para incentivar nesse sentido)
  • Quando tinha a tua idade adorava jogar ao elástico (escolha jogo)… Também jogam esse jogo, ou outros? Ensinas-me? (Para melhorar a capacidade de sistematização e de reprodução de ideias)
  • No outro dia encontrei a Auxiliar …(nome) ela disse-me que andas um bocado distraído na escola! Porquê? (Para uma autoavaliação do comportamento)

Por aí, que questões funcionam??? Têm mais, para além destas?

educação é.jpg

 

As vossas crianças são autónomas?

Cada vez mais a sociedade convida a que crianças e jovens tenham variados desafios, serem os melhores na escola, praticarem variadas atividades e passarem grande parte do tempo a estudar. Por entre as exigências destes horários, que tempo restará para que as crianças decidam, reflitam, manifestem os seus gostos e desejos?

Os vossos estudantes vão a pé comprar pão? Decidem qual a roupa a vestir? Responsabilizam-se por tarefas domésticas? Definem horas de estudo? Sabem como estudar e o que estudar? Considera que ele já tem idade para tomar algumas decisões?

Estas são apenas algumas das questões que me ocorrem e que me parecem pertinentes para auxiliar a reflexão deste tema: Autonomia.

A autonomia é um processo relacionado com o desenvolvimento emocional e caracteriza-se pela construção e consciência do seu próprio EU (self). O desenvolvimento desta complexa competência irá permitir que a criança/jovem consiga realizar escolhas conscientes e sensatas, ter preferências, decidir, apontar critérios e reflexões para as suas escolhas e desejos.

Poderemos auxiliar neste desenvolvimento autónomo? Algumas dicas no próximo Post!

Frases inspiradoras (1).png

(imagem retirada da internet)

Tag: Fui nomeada...

Ultimamente tenho sido nomeada para vários desafios, o que me deixa muito contente porque, em simultâneo, sinto-me cada vez mais, como pertença deste grupo dos Sapos Blogues, enorme gratidão…

Mas fico na dúvidas, será que os leitores se aborrecem com tanta escrita sobre mim…. Bem, para quem não quiser ler isto, volte cá amanhã, teremos os temas habituais….

 

Desta vez foi a nossa querida Beatriz que me nomeou, muito obrigada pela constante simpatia…

Sem mais demoras, cá ficam as respostas:

 

  • O que te levou a iniciar o blog?

A vontade de partilhar conhecimentos e experiências sobre ensino/aprendizagem, que ultrapassasse os muros das escolas… logo depois a vontade de trocar opiniões e reflexões sobre tudo isto.

 

  • Qual a tua viagem de sonho?

São tantas….confesso que viajar é uma das minhas maiores paixões, assim, repentinamente surge: Nova Iorque, Grécia, Polónia….

 

  • Música que não consegues parar de ouvir?

O vasto leque musical de Sting, num dia animado, ou num dia triste, Sting faz sempre sentido…

 

  • Qual o teu maior vício?

São vários, o exercício físico, a escrita, a leitura… tudo que me deixe grata pela vida.

 

  • Perfume preferido?

Vários e não precisam de ser de marcas muito conhecidas…

 

  • Completa: "Odeio gente que..." ?

Não respeitar o tempo nem o trabalho dos outros… ‘se és capaz, faz melhor, não critique, faz…’

 

  • O que mais te irrita?

Uma noite mal dormida…

 

  • Comida preferida?

Em época de Natal, bombons….ehehehe…

 

  • Não podias viver sem?

Gestos de amor, de carinho e de ternura…

 

  • Define-te numa frase?

Uma mistura de força e fragilidade.

 

  • O que achas ser importante para tornar o mundo um sítio melhor?

 Mais educação para o respeito e para a solidariedade.

 

Desta vez não vou nomear ninguém diretamente, fica o desafio para todos os que por cá passarem e sintam este meu apelo à nomeação…

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
Blogs Portugal