Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Promover uma autonomia escolar, desde cedo!

«A professora pediu o meu e-mail… socorro que tenho de tomar conta das minhas coisas e dos recados…»

Quando as crianças começam a estudar no 1º ciclo são os pais que têm de orientar e de saber quais as datas dos testes, quais os TPC’s e o que se deve estudar… no entanto, progressivamente, a criança deve tornar-se autónoma, sendo que, a partir do 5º ano deve ser estimulada a ter estas capacidades:

  • Saber as datas de testes e de entregas de trabalhos;
  • Saber definir com os colegas os trabalhos de grupo e as tarefas;
  • Saber que TPC’s estão marcados e apontar, sempre, no caderno diário;
  • Saber as notas e avaliações a cada disciplina;
  • Saber o que estudar e quando estudar;
  • Definir um plano de estudo quando existem muitas tarefas escolares diferentes;

A sua ajuda é importante, mas sempre neste sentido… para motivar o estudante, no início de cada ano letivo, ofereça-lhe uma agenda escolar…

propostas.jpg

 

Atividades para a Inclusão

Tal como referi no Post anterior, a Inclusão precisa de ser ensinada e entendida desde terna idade. Para tal deixo aqui algumas dicas de atividades que promovam uma educação para a inclusão:

  • Contem pequenas histórias de situação concretas;
  • Façam grupos de crianças através de sorteio;
  • Promovam brincadeiras com várias crianças, para além da escola;
  • Conversem sobre as diferentes capacidades de cada criança, como sendo normal essa diferença;
  • Façam trabalhos coletivos e individuais, onde cada criança tem um contributo diferente, de acordo com a sua capacidade;
  • Expliquem que as dificuldades são desafios e que podem sempre ser superados;
  • Nunca seja exemplo de uma atitude de discriminação ou exclusão;
  • Se assistiu a uma atitude discriminatória com ou do seu filho/educando converse individualmente com ele e calmamente esclareça as atitudes certas e erradas;
  • Procure na internet jogos direcionados para a inclusão.

educação.jpg

 

JOGOS PEDAGÓGICOS: O Pote da Calma

Alguns jogos que podem ser divertidos e educativos em simultâneo, podem educar para as emoções, podem melhorar o desenvolvimento físico, podem exercitar capacidades intelectuais. Por estas razões, hoje traga-vos uma proposta de uma atividade pedagógica que pode ser realizada em famílias e/ou por educadores/as.

O Pote da Calma tem como objetivo relaxar as crianças em momentos de maior agitação, distração ou irritação. Este Pote irá despertar a atenção dos pequenos e apelar à sua concentração, permitindo um pouco mais de calma a quem o observa.

Após algum tempo a observar o Pote da Calma, as crianças podem explicar ao educador/família o que causou a irritação ou exprimir os seus sentimentos sobre alguma situação.

Como fazer:

1 Pote de Vidro com tampa (Pode ser também de plástico transparente. Fica mais seguro, inclusive);
1 ou 2 colheres (sopa) de cola glitter;
3 ou 4 colheres (chá) de purpurina;
1 gota de corante alimentar da cor desejada;
Água quente (a quantidade varia de acordo com o tamanho do pote).

Adicione no pote a água quente e a cola glitter (não encha o pote completamente com a água, deixe um espaço para que a água possa ser agitada dentro dele). Mexa muito bem até que a cola glitter se dissolva totalmente na água. Logo após, adicione a purpurina e misture novamente. Por fim, adicione a gota de corante e misture mais uma vez. A tampa do pote deve ser muito bem fechada para que a criança não consiga abrir (deve-se ter cuidado para que o líquido não seja ingerido pelas crianças).

(in: https://psicologiaacessivel.net/2016/01/13/pote-da-calma-saiba-como-fazer-um/)

Agora, sempre que a criança necessitar, pode pegar no Pote da Calma, agitá-lo e observá-lo pelo período de tempo que precisar até se sentir mais calma!

jogos pedagogicos (2).jpg

 

Halloween!

Este ano, pautado pelas exigências de uma pandemia, o Halloween não permite que as crianças e jovens saiam de casa para recolher as habituais doçuras... Mas, em casa, esta festividade, pode também acontecer!

Preparem um jantar diferente e especial;

Criem uma sobremesa estranha;

Façam divertidas decorações;

Vejam um filme de terror em família (adaptado às idades);

 

Divirtam-se!!!

halloween.jpg

(Imagem retirada da internet)

 

 

 

Falta cultura geral aos estudantes portugueses!

As Provas de Aferição transparecem existir falta de cultura geral nos alunos das escolas portuguesas, diz a opinião pública. Através das provas de aferição dos alunos de alguns anos de escolaridade, verifica-se que a grande maioria apresenta dificuldades em realizar exercícios físicos e de raciocínio e, de uma forma geral, o Governo Português, refere que estas dificuldades são fruto de uma falta de cultura geral dos alunos, nos diversos anos escolares.

Com este Post, a minha intenção não se prende com a crítica a estes dados ou com estas elações. O objetivo é deixar algumas sugestões que poderão aumentar o conhecimento geral, com isso aumentar a cultura e a capacidade racional e física.

É de notar que algumas destas sugestões terão preços mais elevados de que outras, até porque, como bem sabemos o acesso à cultura em Portugal é paga e tem poucos apoios financeiros.

Assim, ficam algumas sugestões para todos os ‘bolsos’ e que devem fazer com os estudantes:

  • Façam experiências químicas/físicas em casa, podem fazer uma breve pesquisa na internet, ou comprar kits previamente preparados;
  • Leiam diariamente, podem requisitar livros na biblioteca ou comprar;
  • Visitem mais museus, galerias e exposições;
  • Viagem mais…antes de viajar definam o que fazer, onde ir, através do mapa do local/nacional;
  • Assista a concertos de música (inclua vários géneros musicais);
  • Vá mais vezes o teatro;
  • Explique fenómenos naturais e converse sobre momentos históricos com a mesma naturalidade e frequência com que conversa sobre outros assuntos;
  • Defina o visionamento de alguns documentários, em família;
  • Selecione filmes que acrescentem reflexão moral e ética;
  • Crie curiosidade sobre algumas situações e façam uma investigação/pesquisa na internet em conjunto;
  • Inclua uma atividade extracurricular desportiva/cultural, etc;
  • Promova as brincadeiras e os passeios ao ar livre;
  • Explique conceitos políticos e de cidadania;
  • Promova a interação entre estudantes das mesmas idades;

Que mais acrescentariam a esta lista, com o intuito de melhorar a cultura geral de quem estuda (dos/as futuros cidadãos)?

vida ensina (1).jpg

 

Como memorizar a matéria?

A escola atual exige que os estudantes recorram, continuamente, à memorização de conceitos e conteúdos disciplinares. Assim, para começar o estudo é importante a realização de bons resumos e esquemas.

Mais próximo do dia do teste é necessário começar este processo de memorização. Para fazer uma boa memorização dos conteúdos, podem seguir estas sugestões:

  1. Compreender muito bem a matéria estudada;
  2. Começar o estudo descansadamente e sem pressas;
  3. Utilizar muitas entradas sensoriais e várias formas de associação;
  4. Ler a matéria pausadamente, em voz alta;
  5. Utilizar cores e sublinhadores;
  6. Voltar a escrever a matéria num esquema sucinto;
  7. Explicar a matéria a uma pessoa imaginária.

Por aí, algumas dicas que funcionam bem convosco?

dicasP.jpg

 

Setembro: o regresso às aulas!

Chegamos ao tão esperado setembro, as ansiedades das primeiras semanas deste mês irão dar lugar às rotinas de um novo ano letivo, mesmo em tempos tão incertos e inseguros.

Tenham em atenção que existe muito material/livros para comprar, é necessário organizar horários, conhecer a nova escola e fazer novos amigos.

No início deste mês tenha o cuidado de começar um plano de estudos e uma rotina horária com o deitar e levantar cedo, incutindo uma responsabilidade renovada.

Prepare o lugar de estudo para o seu/seus estudantes, onde eles possam estudar sossegados todo o ano letivo, ao longo do ano realize as adaptações necessárias, para que o espaço seja agradável e acolhedor, motivando assim ao estudo diário.

setembro.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D