Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Usar a Vírgula – cuidados!

Embora todos nós saibamos que uma vírgula pode mudar todo um contexto, utilizá-la sempre de forma correta torna-se um desafio, para crianças e adultos. Para ensinar os estudantes o quanto a vírgula é importante pode-se propor alguns exercícios, para colocar corretamente a vírgula, ou para a irem mudando de lugar, percebendo assim as diferenças.

Para ajudar, aqui ficam dicas simples:

A fazer:

  • Utiliza-se depois do modificador de grupo verbal; ex: Naquele dia, o João acordou tarde.
  • Utiliza-se para enumerar ou separar repetições; ex: Boa, boa! Os primeiros, segundos, terceiros,…
  • Utiliza-se para separar orações independentes; ex: Eu gosto de dormir, mas tenho de acordar cedo.
  • Utiliza-se após a oração subordinada adverbial, principalmente quando está antes da subordinante; ex: Quando eu fui à escola, os professores já tinham saído.

 

A não fazer:

  • Não se separam sujeito de predicado;
  • Não se separam do verbo os complementos;
  • Geralmente, não está presente nas conjunções e, nem, ou.

 

portugues.jpg

 

8 Dicas de Escrita!

Muitas vezes, os pequenos estudantes cometem alguns erros gramaticais na sua escrita, ao confundirem pequenos termos, como por exemplo, o ‘à e o há’, até nós os adultos ficamos com algumas dúvidas, pois ambas as palavras existem, mas têm significados completamente diferentes.

Por isso, deixo algumas dicas orientadoras de escrita, de palavras mais básicas:

Dica 1- Uso de “À” ou “HÁ”.

O HÁ indica tempo e pode ser substituído pelo verbo Existir, ex.: “Ele deixou a chupeta há algum tempo”.

O À indica lugar e pode ser substituído pelo Para…, ex.: “Vou daqui à escola”.

Dica 2- Uso “Haver” ou “A ver”

O Haver indica a existência de algo, ex.: “Por não haver mais para fazer, cheguei mais cedo!”

O A ver refere-se a algo que se observa, ex.: “Estás a ver o mar’”

Dica 3 – “ss” ou “-se”

Usam-se dois ss quando referimos o passado, ex.: ”Se os testes fossem hoje!”

Usamos o -se num futuro, possibilidade ou indicação, ex.:”Vendem-se livros!”

Dica 3 – “Cozer” ou “Coser”

Utiliza-se Cozer de cozinhar, ex.: “Hoje vou cozer batatas.”

Utiliza-se o Coser de costurar, ex.: “Vou coser-te este botão.”

Dica 4 -  “Traz” ou “Atrás”

Utiliza-se o Traz de trazer algo, ex.: “Traz-me o saco!”

Utiliza-se o Atrás de localização, ex.: “A agenda está atrás do computador.”

Dica 5 – “Tráfico” ou “Tráfego”

O tráfico utiliza-se para a referência a um comércio ilegal, ex.:”O tráfico de armas está a aumentar!”

O Tráfego refere-se ao aumento do número de transportes, ex.:”São horas de maior tráfego aéreo!”

Dica 6 – “Pôr” ou “Por”

O Pôr significa colocar algo, ex.:”Vai pôr a mesa…!”

O Por é designação de modo, ex.:”Este livro foi escrito por ela!”

 Dica 7 – “acento” ou “assento”

O acento refere-se à escrita, ex.:”A palavra céu leva acento.”

O assento é um lugar para sentar, ex:”O assento do carro é novo.”

Dica 8 – “A fim” ou “Afim”

A locução a fim indica finalidade, ex: “Viemos a fim de discutir as notas.”

O adjetivo Afim indica semelhança, ex: “Elas têm ideias afins!”

 

Querem acrescentar mais dicas???

portugues2.jpg

 

 

Organização do Sistema Educativo

O sistema Educativo Português sofreu algumas alterações, principalmente com o tão anunciado Processo de Bolonha, onde as licenciaturas e mestrados tiveram algumas adaptações, de forma a se tornarem mais 'homogéneas' entre países europeus.

Para quem tiver dúvidas sobre esta, atual, organização escolar pode consultar a tabela que aqui partilho, onde se apresentam os anos letivos, por etapas e por idades.

Organização+do+Sistema+Educativo+Português.jpg

Fica também em formato jpg, para imprimir ou visualizar melhor:

Organização+do+Sistema+Educativo+Português (1).jpg

 

 

O que sai no teste de Português?

Se aqui escrevi sobre a gramática, como fazendo parte integrante da maioria das avaliações na disciplina de Língua Portuguesa, relembro que a por norma uma ficha de avaliação a esta disciplina organiza-se, da seguinte forma:

 

  1. Texto para ler;
  2. Perguntas de interpretação e compreensão, do texto inicial;
  3. Exercícios gramaticais (funcionamento da língua);
  4. Composição sobre um tema predefinido (produção de texto).

 

De acordo com o ano letivo que o estudante frequenta, a complexidade destas fichas de avaliação tornam-se maiores, com mais do que um texto de interpretação, exercícios de gramática mais complexos e produção de textos com maior número de caracteres.

Para agendar as fichas de avaliação, não esqueçam de imprimir o documento partilhado, em partilha de documentos escolares neste blogue!!!!

avaliação_esc.jpg

Estudar gramática para o teste…

Quando chega o momento de estudar para a disciplina de Português, muitos estudantes têm dificuldade em definir qual a matéria gramatical que devem estudar.

A partir do segundo ciclo (5ºano), os estudantes já aprenderam grande parte da gramática, embora ela seja mais aprofundada ao longo dos seguintes anos letivos.

Se precisa auxiliar, um estudante, na realização desse estudo concretize exercícios com ele, sobre classes e subclasses de palavras:

  • Pronomes;
  • Adjetivos;
  • Verbos;
  • Advérbios;
  • Determinantes;

Esta será matéria que deverá sempre ser revista e memorizada. Para além destas classes e subclasses de palavras, outros temas da gramática, estudada na matéria anterior, deve também ser relembrada.

 

Imagem relacionada

(imagem retirada da internet)

Dicas de Gramática, simples...

Uma das primeiras aprendizagens gramaticas lecionadas na escola, já no 1º ciclo são as representações gráficas, como por exemplo a pontuação.

Esta aprendizagem deve ser bem assimilada, pois precisaremos dela ao longo de toda a vida académica e ao longo de toda a vida pessoal e social…. para escrevermos estes Blogues, nada como utilizar a pontuação correta e adequada…

Para ensinar ou relembrar:

gramatica.jpg

 

 

As Fichas de Leitura e as Apresentações Orais de um Obra Literária

A partir do 2º ou 3º ciclo, a grande maioria dos professores de Português propõem, aos seus estudantes, a leitura de um livro à escolha, por período.

Para além dessa leitura, o aluno, é convidado a realizar uma Ficha de Leitura e/ou uma apresentações Oral perante os colegas sobre esta.

Estas iniciativas procuram motivar os jovens para a leitura recreativa, ou seja, para uma leitura constante direcionada de  acordo com os gostos e interesses particulares. Uma vez que, é oferecido aos estudantes uma enorme liberdade de opção literária.

Sobre este assunto, é importante lembrar que estas apresentações, escritas e orais tornam-se alvo de avaliação, portanto o esforço e dedicação nesta tarefa será recompensado nas notas finais.

Para ajudar ao trabalho hoje deixarei, em anexo, uma proposta de Ficha de Leitura para ser preenchida com os dados da Obra.

 

No meu próximo Post trarei orientações para as Apresentações Orais de um Obra Literária, venham visitar…

ficha de leitura.doc

 

Sem Título.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D