Com um olhar pluridimensional sobre a EDUCAÇÃO, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida... este é um convite para conversar sobre educação.

03
Out 18

Quantos pais referem que as crianças deveriam nascer com ‘livro de instruções’, que por mais que tentem educar os filhos da mesma forma eles apresentam carácter e características muito diferentes, que se transformaram muito na adolescência, ou que ao longo dos anos eles mudaram bastante!!!???!!

E a verdade é apenas uma, não existem elixires como soluções únicas é infalíveis para educar, no pleno sentido da palavra…

Contudo, depois de muito ouvir, pesquisar e refletir, posso deixar algumas breves propostas, que são muito particulares enquanto opinião própria de quem convive com crianças, adolescentes e jovens há já alguns anos… e claro, com os respetivos pais/educadores deles, numa aflição constante, de quem anseia pela felicidade de quem cresce! 

 

  • Ensinar, desde tenra idade, a resolver problemas;
  • Procurando não interferir muito nas ações dos jovens, procurar estar sempre presentes e atentos;
  • Apresentar um apoio pronto, sempre que necessário;
  • Encarar as situações num sentido positivo;
  • Educar, tendo em conta as especificidades de cada indivíduo;
  • Não alimentar as preocupações em demasia;
  • Ensinar os jovens a dizer ‘Não’;
  • Usar a palavra como ato primordial;
  • Mantenha a hora de jantar como convívio familiar onde todos se escutam;

Para finalizar, é importante lembrar que na adolescência é característica normal que se procure voltar um pouco ao tempo de infância, procurando o carinho e a atenção de outras idades. E sublinhar que, embora se diga muitas vezes o contrário, os adolescentes sabem ouvir e gostam de o fazer.

Algum exemplo ou proposta, para ajudar na reflexão?

 

jovem.jpg

publicado por Maribel Maia às 10:22

26
Set 18

Chegamos ao final deste mês de setembro e as famílias já têm, praticamente, a agenda repleta de anotações e lembretes sobre a escola e algumas sobre as atividades extraescolares. Hoje lembro que, não é apenas a vocês que a agenda auxilia, o(s) vosso(s) estudante(s) também devem ter uma agenda escolar.

Se ainda não compraram a agenda escolar para o estudante, ainda vão a tempo dessa aquisição. As agendas escolares organizam-se de acordo com o ano letivo e por isso têm o seu início em setembro, portanto encontram-se disponíveis, por estas alturas, com os mais variados formatos.

A agenda do estudante deve ser organizada e atualizada pelo próprio, pode calendarizar avaliações, trabalhos… pode organizar horas de estudo e pode conter informações e datas mais pessoais. Esta é uma rotina que, para algumas crianças, pode começar já no 1ºciclo, mas imperativo no 3º ciclo.

Cabe ao encarregado de educação/família, apoiar e incentivar a esta responsabilização por toda a organização de estudo!

 

Este ano letivo tive a oportunidade de fazer uma análise à agenda da Porto Editora – Este é o Teu Ano… Claro que tenho sempre uma apreciação crítica… partilho convosco:

Esta Agenda apresenta-se de forma atraente, principalmente, para os estudantes de  1º, 2º e 3º ciclos… é mais do que uma agenda porque contempla outras anotações e propostas, que a torna diferente. 

No final tem um pequeno resumo das matérias escolares o que poderá ser de boa ajuda. Na minha opinião, estes resumos deveriam estar mais definidos de acordo com o ciclo estudado… no meu ideal poderia ser uma agenda para cada ciclo de estudo, mais adaptada às idades e às matérias escolares!

 

DSC_0124.JPG

 

 

Boas anotações!!! 

 

 

publicado por Maribel Maia às 10:35

20
Mar 17

Estamos a meio do ano letivo e muitos jovens começam a pensar, seriamente, nos seus futuros profissionais e, todas as ajudas e orientações são bem vindas. Portanto, apontem nas agendas e visitem:

 

Lisboa: Futurália – 29 de março a 1 de abril de 2017

«A Futurália dispõe de uma mostra abrangente, oferecendo todas as áreas e níveis de qualificação, como ensino superior, ensino profissional ou pós-graduação. Instituições nacionais e internacionais.

De modo simples e personalizado, os estudantes podem conhecer e tirar dúvidas sobre os diferentes cursos, programas académicos nacionais e internacionais ​​e outras questões relevantes para as suas escolhas de futuro.

Visitar esta Feira de Educação/Formação é uma oportunidade, um encontro ideal entre estudantes, pais, professores e instituições de ensino.» (http://futuralia.fil.pt/)

 

 

Porto: Mostra da Universidade do Porto – 20 de abril a 23 de abril de 2017

«Se estudas no ensino básico ou secundário, visita a Mostra da Universidade do Porto, uma instituição de ensino e investigação científica de referência em Portugal, figurando hoje entre as 150 melhores universidades europeias nalguns dos mais importantes rankings internacionais do Ensino Superior.

Na Mostra podes dialogar de perto com docentes, investigadores e estudantes e técnicos universitários, que te irão orientar e dar-te a conhecer a oferta formativa da Universidade do Porto, contribuindo para uma decisão vocacional futura mais informada.» (https://www.mostra.up.pt/)

banner1_2017_pt.jpg

 

publicado por Maribel Maia às 09:40

10
Out 16

O apoio individualizado ao estudo, realizado por Explicadores/as, é cada vez mais procurado pelos encarregados de educação que procuram potenciar as qualidades e competências dos seus estudantes, proporcionando-lhes um estudo mais individualizado, personalizado, que apoie o ensino massificador da escola atual. Neste sentido, o papel do Explicador passa, de forma geral, por:

 

  • Ensinar métodos e técnicas de estudo;
  • Desenvolver responsabilidades no estudo;
  • Propor metas adaptadas a cada estudante;
  • Consolidar aprendizagens pouco estruturadas;
  • Adaptar o ensino às especificidades de cada estudante;
  • Desenvolver a capacidade reflexiva;
  • Construir exercícios adaptados e individualizados;
  • Esclarecer dúvidas das matérias a estudar…

 

 

Através da minha experiência, gostaria de associar a todos estas referencias  os três fatores primordiais que os estudantes apresentam como alterações positivas no seu estudo diário, após um acompanhamento individual de um/a explicador/a, são eles: o aumento da segurança perante a(s) disciplina(s) e a avaliação, a  melhoria de resultados escolares e maior empenho e dedicação ao estudo.

comprar-material-escolar.jpg

 

publicado por Maribel Maia às 13:37

07
Abr 16

No post anterior referi algumas situações em que o telemóvel, utilizado pelas crianças e jovens, poderá trazer complicações para os educadores, seja em casa, seja na escola ou em outros locais de ensino.

Neste sentido, para minorar tais situações, procure, no momento da entrega do aparelho, a negociação das regras de utilização não pode ser dispensada, delimitando-se horas e momentos de utilização,  interpretando-se o telemóvel como um objeto de responsabilização e cuidado na conservação e uso. Esta negociação deve ser prolongada no tempo, utilizando-se formas de punição ou privação sempre que forem quebradas as regras acordadas.

E não se esqueça que: embora seja considerado um objeto pessoal, pode ser utilizado de forma ilegal, ou pode apoiar uma comunicação com pessoas pouco aconselhadas a crianças e jovens, por estas razões, dentro dos parâmetros do bom senso, cabe a cada educador supervisionar e controlar regularmente este precioso objeto.

banner-subway-surfers-android.jpg

 

publicado por Maribel Maia às 16:16

18
Jan 16

De forma geral todos sabemos como estudar para as disciplinas escolares e como orientar nesse estudo. Contudo, cada área/disciplina implica saberes específicos, capacidades singulares, portanto, podemos associar determinados métodos de estudo de uma disciplina que não associamos a outras, sendo que algumas estratégias tornam-se mais adequadas quando utilizadas em disciplinas específicas. Por estas razões, nos próximos nove dias (apenas de segunda a sexta) irei deixar aqui estratégias de estudo para cada disciplina, em particular, centrando-me nas disciplinas de 2º e 3º ciclo, embora estes sejam saberes escolares transversais.

 A cada dia corresponderá uma área de conhecimento (disciplina) ao qual associarei três estratégias de estudo (Etapas) e que poderão ajudar a obter melhores resultados escolares.

Amanhã publicarei o Dia 1: Como estudar  Geografia?

Venham espreitar…

steps.jpg

 

publicado por Maribel Maia às 14:42

Novembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


pesquisar
 
mais sobre mim
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Instagram
@educarcomvida
blogs SAPO