Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

O precioso caderno diário

No inicio do ano letivo os estudantes perdem tempo a escolher e, muitas vezes, a personalizar os seus cadernos diários. As famílias fazem quase todas as vontades e permitem que seja tudo ao gosto do estudante.

Após começar o ano letivo, os cadernos diários têm de ser, diariamente, selecionados e colocados na mochila, neles serão escritos sumários, matérias, exercícios e TPC’s… alguns cadernos duram o ano letivo todo, outros são, várias vezes, substituídos por novos, sempre que se chega ao seu final.

Este caderno diário é muito importante e necessário a cada disciplina, não o ter na sala de aula pode refletir-se numa falta disciplinar ou de material.

No entanto, não é apenas por tudo isto que eu considero estes cadernos preciosos! A grande maioria deles comporta os resumos e esquemas das matérias lecionadas, as melhores e mais simples explicações sobre o que se aprendeu está ali…

São as orientações dos professores, são informações que auxiliam o manual da disciplina. Este caderno diário é de grande preciosidade no momento do estudo ou no esclarecimento de dúvidas, embora muito alunos o deixem fechado nos momentos mais importantes do estudo.

Assim, anota os cuidado a teres com o teu caderno diário:

 

  • mantém-no com boa apresentação e organização;
  • Usa cores e uma letra bem legível, para ser agradável quando o usas;
  • Coloca sempre os sumários e as datas para te orientares;
  • Aponta tudo o que considerares importante na aula;
  • Regista tudo o que o professor propõe;
  • Aponta as páginas dos exercícios e o número;
  • Aponta sempre o TPC’s para não esquecer;
  • Escreve os objetivos da avaliação ou as páginas do manual que é necessário estudar;
  • Faz separadores para cada Período escolar;
  • Compra outro caderno de substituição, sempre que estejas a utilizar as últimas 6 folhas;
  • Recorre a ele para confirmares de tens TPC’s ou não.

quadro negro.jpg

 

Cuidados com o teu trabalho escrito

Sempre que o estudante tem de apresentar um trabalho escrito como forma de avaliação para a disciplina, vários são os pontos em que serão avaliados. Existem situações que devem ser totalmente evitadas e pontos de grande importância que devem estar presentes. De forma muito geral o trabalho escrito, seja individual ou em grupo, será avaliado da seguinte forma:

 

Pontos a serem seguidos:

  • regras gerais de qualquer trabalho, com índice, introdução, desenvolvimento, conclusão e bibliografia;
  • Rigor na escrita e na interpretação dos dados pesquisados;
  • Capacidade de selecionar apenas informação importante e que enriquece o trabalho;
  • Clareza nas ideias e na escrita, com ideias e opiniões claras e precisas;
  • Originalidade e criatividade na apresentação e explicação das informações apresentadas;
  • Apresentar opinião e avaliação pessoal apenas se esta for solicitada pelo professor para ser incluída no trabalho.

 

Pontos a serem evitados:

  • Não copiar as informações diretamente das fontes sem alterações ao texto;
  • Evitar as repetições de informação ao longo do trabalho;
  • Não entrar em contradições de forma a tornar o trabalho coerente na sua totalidade;
  • Não fazer plágios de trabalhos encontrados na internet ou facultados por terceiros;
  • Evitar a deformação ou pensamento do autor a estudar;

trabalhos grupo.jpg

 

Socorro!!! Tenho muitos testes para a semana!

Muitos são os estudantes que se sentem desorientados e desorganizados, principalmente, quando têm muitas avaliações seguidas. Para esses, ‘o mundo não está perdido’, deixo aqui algumas dicas de apoio e ‘salvação’.

  1. Começa por tomar decisões duas semanas antes do primeiro teste;
  2. De seguida, numa folha, anota todos os dias e horas em que poderás estudar, para que seja o teu cronograma de estudo. Podes seguir o que deixo, em anexo, como exemplo;
  3. Reflete sobre as disciplinas a estudar: quanto tempo para cada e qual a urgência, de acordo com as datas de testes;
  4. Anota tudo isso, tentando intercalar um pouco as disciplinas, para não ficar demasiado cansativo;
  5. Por fim, define o que é necessário estudar: quais os exercícios a resolver, quais as páginas a resumir, qual a matéria a rever…

Por mais que não tenhas vontade, cumpre rigorosamente o teu cronograma. Por isso, não faças um que, há partida, já sabes não irás concretizar!

Se fores tendencialmente preguiçoso/a, pede ajuda a um adulto que te apoie na realização e concretização deste plano!

Bom estudo!

Disciplinas e datas de testes.pdf

datas testes.jpg

 

Organiza-te nestas férias!!!

Estamos em plenas férias de Natal, os estudantes podem aproveitar para descansar e para utilizarem o seu tempo de lazer de uma forma agradável e divertida. No entanto, existem alguns afazeres que não devem ser esquecidos, pois irão ajudar a organizar o próximo período escolar.

Assim, nas férias escolares de Natal, aproveita para:

  • Lavar e organizar a mochila, o porta lápis e a lancheira;
  • Arquivar fichas do período anterior;
  • Rever e adquirir material necessário, como cadernos, lápis, canetas,…;
  • Fazer separadores nos cadernos e capas;
  • Estudar para as matérias com maior dificuldades;
  • A partir do 9º ano refletir e pesquisar sobre cursos, médias e profissões;
  • Ler;
  • Fazer os TPC’s de férias;
  • Arrumar o lugar de estudo;
  • Refletir sobre as avaliações;

 

Com uma boa organização haverá tempo para tudo isto! Boas Férias!!!

férias (1).jpg

 

O ‘cantinho’ do estudante

Diálogo entre mim, e um/a estudante de 3º ciclo:

«Eu: _ Tens um lugar para estudar, em casa?

Estudante: _É no meu quarto, ao lado da cama tenho uma secretária com gavetas.... e às vezes vou para o Pufe para memorizar a matéria… e assim….

Eu: _Foste tu que decoraste?

Estudante: _Sim…»

 

Conheço estudantes que não têm um lugar específico, em casa, para o seu estudo diário… Optam por ficar, umas vezes na sala, umas vezes no quarto, ou na cozinha… isto significa que, sempre que tiverem de dar início ao estudo terão de juntar todo o material necessário ao estudo e, sempre que se esqueçam de algo irão interromper o estudo para ir buscar o material em falta.

A existência de um único espaço físico de estudo deve ser algo fundamental em casa de cada estudante. Uma secretária com os materiais necessários de apoio e complemento, com gavetas de arrumação e boa iluminação, é algo bastante recomendado.

Para além disso, deve ser um lugar com poucos barulhos e sem TV, para não perturbar… sendo que, o estudante não deve ter próximo outros elementos que despertem interesses maiores, como por exemplo, telemóveis, brinquedos, etc…

E, que material deve existir nesse espaço físico? Vejam neste Post!

estudar exige.jpg

 

Separadores ou capas, para a escola...

… basta imprimir!

Agora que a escola está prestes a iniciar, os estudantes devem organizar todo o material necessário… neste sentido, os cadernos ou capas são algo indispensável para, praticamente, todas as disciplinas.

Por vezes os cadernos são muito parecidos, o que pode confundir no manuseamento diário. Para ajudar na distinção e para tornar o material mais apelativo deixo, em anexo, separadores para a maioria das disciplinas, basta imprimir e colar nos cadernos ou colocar na capa!

Bons trabalhos manuais!

2_3ciclos_separadores.pdf

1ciclos_separadores.pdf

 

separadores.jpg

(Com imagens retiradas da internet)

 

Como organizar uma Bibliografia?

A grande maioria dos estudantes, ao longo dos anos escolares, deparou-se com os problemas práticos da construção de um Trabalho Escrito, para várias disciplinas.

Já por cá escrevi algumas dicas sobre a construção destes Trabalhos. Hoje, venho escrever sobre a última página desses Trabalhos, a Bibliografia.

A Bibliografia é algo imprescindível nestes Trabalhos, pois é importante realizarmos pesquisas sobre a informação que queremos apresentar, discutir e/ ou refletir.

Embora alguns estudantes procurem ignora-la ou simplesmente esquecem-se do quanto ela é importante, não o devem fazer. Torna-se necessário apresentar citações entre aspas, com o nome, mencionar lugares de onde foram retiradas informações importantes.

Assim, a Bibliografia deve:

  • Organizar-se por ordem alfabética;
  • Ter o último nome do Autor em primeiro lugar, em maiúsculas;
  • Ter o título da Obra (em itálico)
  • Local da publicação;
  • Editor;
  • Data;

Por exemplo:

ROSNAY, J. (1977) As Origens da Vida. Do Átomo à Cédula, Coimbra: Livraria Almedina.

 

Para os Trabalhos Universitários, a Bibliografia deve seguir os requisitos de forma rigorosa, para tal, podem consultar, por exemplo, as Normas da APA (American Psycological Association), como orientação.

pesquisa.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D