Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Caderno diário: organização e orientação eficaz

A motivação e responsabilidade do aluno pela escola reflete-se prontamente através de uma análise dos seus cadernos diários. Em simultâneo são presságio para melhores avaliações e melhores resultados.

Cada caderno diário deve estar organizado, com os sumários em dia, a matéria que os professores propõe ser anotada deve estar correta, legível, de preferência devem-se usar cores diferentes ou sublinhadores.

Os trabalhos de casa devem estar realizados logo após as anotações e os sumários… todos os exercícios realizados devem ter a anotação da página de onde foram retirados e o número do exercício. Os cadernos devem estar sempre legíveis, quer para o próprio aluno, quer para os professores, família, ou mesmo para qualquer colega que tenha a necessidade de pedir emprestado.

Haverá necessidade de pedir um caderno emprestado quando o aluno faltou à disciplina e, portanto, não tirou os apontamentos necessários, o mais rapidamente que possa deve fazê-lo: copiar tudo, de forma organizada e  procurar as dúvidas referentes a essa matéria.

Esquecer de levar o caderno não deve acontecer, no entanto, no início do ano letivo, enquanto os estudantes não se adaptam às rotinas, também poderá surgir uma exceção, nesse caso deve utilizar um caderno de outra disciplina (últimas páginas) e quando chegar a casa deve acrescentar a matéria em falta.

A meio de cada Período, as famílias podem solicitar os cadernos diários, no sentido de perceberem se estão organizados e atualizados, incentivando aos cuidados na letra e nos métodos usados. Esta atenção e cuidado familiar deve ser adaptada a cada estudante, de acordo com a sua responsabilidade para a tarefa!

Por fim, mas também muito importante são os TPC’s que são propostos em aula e que devem ser anotados no caderno diário, ou em folha própria, porque já sabemos que, se o aluno procura apenas memorizar os trabalhos de casa a fazer, quando chegar a casa não se vai lembrar-se, ou é bem possível que confunda páginas e exercícios….  

disciplinas.jpg

 

 

Os professores também recebem cartas de incentivos… dos seus alunos

É verdade, os professores também são agraciados pelos seus alunos… não são todos, obviamente, mas alguns conseguem cativar as emoções da grande maioria dos seus alunos e por isso, em momentos especiais recebem presentes, tantas vezes simples, mas de enorme significado. Muitas vezes, a turma combina oferecer flores, ou outro objeto simples… combinam-se lanches em lições 100, combinam-se atividades de despedida…

Outros professores são autênticas fontes de inspiração, tornam o aluno tão motivado pela disciplina que este decide escolher essa área como profissão futura… passam a adorar matérias que, anteriormente, detestavam.

Gestos simples, partilhados por professores e alunos que demonstram que a escola não é apenas lugar de trabalho ou de formação, é lugar de troca de afetos, de desenvolvimento de personalidades, onde pessoas sensíveis trocam afinidades, emoções e sentimentos.

Não são apenas os alunos que aprendem e crescem dentro da escola, são também os professores, pais e todos os profissionais, que aprendem e que amadurecem… Num contacto mutuo que pode trazer tanto de belo e de autêntico como só a educação permite!

aula.jpg

 

Canetas coloridas, sublinhadores e post its…

Tenho de admitir que fico deslumbrada com as superfícies comerciais que vendem material de escritório, posso ficar tempos infinitos a analisar canetas, lápis, borrachas, afias….. e tanto mais… neste pequeno mundo tão colorido!!!

Sei que, a maioria dos estudantes também valoriza bastante estes objetos, gostam de escolher o material escolar, de acordo com preferências e modas.

É muito bom que um estudante tenha sempre o seu material organizado e cuidado, que tenham canetas ou sublinhadores coloridos, para ajudar a organizar o caderno diário e os apontamentos… que tenham o material solicitado pelos professores em bom estado e que o saibam usar adequadamente… que tenham post’its e outros objetos que ajudem na organização dos momentos de estudo, anotações e tantas outras necessidades.

Estes produtos podem ser muito caros, principalmente, quando as famílias têm vários estudantes em casa… é necessário fazer uma boa gestão destes, tanto no momento da compra, como no seu uso adequado. A família deve exigir a responsabilidade perante todo o material escolar e ir controlando o sua correta atualização, porque muitas vezes eles perdem, estragam e desvalorizam, sem reconhecerem o valor dos objetos com que trabalham diariamente.

material escolar.jpg

 

O que motiva os adolescentes de hoje?

Vivemos num mundo ligado em rede, uma rede informática que nos tornou dependentes, em tão poucos anos. Se alguns dos adultos ainda estão reticentes e controlam o seu acesso a este meio de comunicação, com peso e medida… os adolescentes e jovens de hoje, estão completamente rendidos a este espaço paralelo e pouco real.

As novas tecnologias, os jogos, os vídeos e as redes sociais dominam, de tal forma, a vida quotidiana desta gente que cresce que, não conseguem passar um dia, que seja, sem um destes ecrãs. A televisão, está até, um pouco ultrapassada!

Se tudo isto os motiva, a escola desmotiva… nos intervalos é vê-los de telemóvel na mão… usam-no enquanto conversam, como se fosse objeto fundamental… assumem facilmente a sua dependência… e algumas famílias parecem partilhar tal vício… basta sentarmo-nos numa mesa de café e olharmos em volta!

É verdade que torna-se difícil reduzir este consumo de internet, pelos nossos estudantes, mas também é verdade que toda a sociedade precisaria de ponderar e refletir sobre estes seus hábitos, também… a educação faz-se com o exemplo!

Então, o que motiva estes adolescentes e jovens, de hoje?

  • as redes sociais;
  • os vídeos;
  • os videojogos;
  • as modas;
  • os chats;
  • os fast food;
  • as séries;
  • as músicas;

jovens.jpg

 

JOGOS PEDAGÓGICOS: A Caixinha da Felicidade

Alguns jogos que podem ser divertidos e educativos em simultâneo, podem educar para as emoções, podem melhorar o desenvolvimento físico, podem exercitar capacidades intelectuais. Por estas razões, hoje traga-vos uma proposta de uma atividade pedagógica que pode ser realizada em famílias e/ou por educadores/as.

A Caixinha da Felicidade, pode ser feito com crianças, jovens e adultos, (os adultos devem participar). Esta Caixinha tem como objetivo educar o cérebro dos participantes para um pensamento positivo e para a resiliência. Esta atitude permitirá melhorar as capacidades de olhar o futuro de forma positiva e motivadora.

A realizar esta atividade, deve explicar-se que os momentos mais difíceis e menos bons da vida irão sempre surgir, mas ter uma atitude feliz e positiva perante estas situações será uma vantagem e uma defesa.

Como fazer:

  • Escolha uma caixa ao gosto e decorem-na com frases e desenhos de alegria e felicidade;
  • Tenham post’its ou folhinhas de cores variadas;
  • Definam uma cor para cada participante;
  • A cada final de dia, em conjunto, cada participante deve pensar no momento ou situação mais feliz daquele dia e registá-la na folhinha da sua cor;
  • O registo poderá ser com palavras, desenhos, ou colagens;
  • No final de um período de tempo podem abrir as folhinhas e dialogar sobre elas;
  • Podem repetir e adaptar…. 

jogos pedagogicos.jpg

 

Incentivos e Vales para crianças!

Mais uma vez, deixo aqui, alguns Incentivos e Vales, para oferecerem às vossas crianças… Isto porque, uma psicologia positiva, é imprescindível. Os mais pequenos sentem o reconhecimento dos adultos pelo seu esforço e empenho e ficam mais motivados e responsáveis.

Estes reconhecimentos não precisam de ser dispendiosos, muitas vezes, basta uma palavra de carinho e incentivo… se quiserem que essa palavra fique lembrada por mais tempo, então, podem imprimir os documentos, que aqui deixo em anexo, e entregam um dos incentivos, ou um dos Vales, que mais se adequam. Assim, tornam o momento mais especial e significativo!

Incentivos e Vales.pdf

palavras.jpg

 

É necessário reconhecer dificuldades…

Diálogo entre mim e um/a estudante de Secundário:

«Eu: Queres continuar com as explicações nas férias?

Estudante: Acho que sim… vou falar com a minha mãe… é que eu a estudar sozinho/a, não costuma resultar bem!»

 

Já por cá escrevemos e opinamos sobre o estudo em tempo de férias. Neste exemplo de diálogo que aqui transcrevo, não procuro de novo refletir sobre tal assunto. O que me levou a transcrever este diálogo prende-se com o facto de querer apresentar um/a estudante de nível secundário que, desenvolveu a sua própria consciência de que, estuda pouco quando está sozinho/a e obtém poucos resultados com esse estudo, percebendo também que as Explicações individuais se tornam um apoio fundamental para melhorar a sua qualidade de estudo e os resultados escolares.

Pretendo, assim, sublinhar que os estudantes, o mais cedo possível, devem reconhecer as suas capacidades em organizar e elaborar métodos de estudo, desenvolvendo, também, a consciência clara das suas limitações. Isso irá permitir-lhes perceber quando devem solicitar apoio e procurar ajuda.

Esta ajuda pode ser facultada através das Explicações, através de um colega de escola, ou mesmo com o professor da disciplina. Isto porque, saber reconhecer as dificuldades será o primeiro passo para as ultrapassar. São vários os casos de estudantes que olham o seu fracasso escolar sem entender quais as suas efetivas falhas.  

motivacao-para-estudar.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Blogs Portugal