Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

‘A minha mãe vasculha tudo no meu telemóvel…’

Nos dias de hoje, para adolescentes e jovens, os locais mais íntimos e sagrados são, de facto, os telemóveis. Lá eles e elas guardam as fotografias mais pessoais, as conversas mais intimas, as redes sociais que não partilham com a família, ‘conta dos friends’, fazem pesquisas pessoais e guardam muita informação particular.

Sem dúvida que as famílias que queiram descobrir segredos e informações privadas, irão vasculhar os telemóveis, tablets e computadores. E muitos são os pais que o fazem com regularidade… alguns jovens sabem-no perfeitamente e tratam de arranjar estratégias para manter algumas informações escondidas… e/ou… simplesmente: apagam-nas. Outros são ‘apanhados’ um pouco de surpresa e aí revelam-se alguns segredos, sendo que os estudantes sentem a sua intimidade exposta e sentem-se desrespeitados.

Ora, este é o grande dilema: até que ponto a intimidade e o respeito pode e deve ser salvaguardado, num telemóvel, com acesso ao mundo exterior e repleto de perigos, o respeito pela privacidade… onde o objeto, em si, pouco tem de privado?

Acredito que seja o dilema e a constante mediação de muitas famílias que se preocupam com as redes sociais e a exposição dos seus educandos, em relação ao respeito e à privacidade de cada um.

É, sem dúvida um tema difícil, onde não existem respostas corretas, onde é necessário uma gestão coerente e sensata de cada atitude. Existem sempre famílias mais condescendentes que não avaliam os telemóveis dos seus educandos e existem aquelas que controlam o máximo que conseguem, tal objeto.

Algo é necessário e importante assumir, o acesso à internet é o acesso a um mundo real, onde existe muito de bom e muito de mau… é necessário que, quem cresce tenha essa noção e não é estando distante desse mundo, que irá aprender a conhece-lo e a defender-se… no entanto, sem apoio e orientação é possível que, facilmente, entre em problemas difíceis e desnecessário.

Assim, cabe às famílias aprenderem a lidar muito bem com este mundo chamado de internet, precavendo-se a si e precavendo quem cresce. Para além disso, a Polícia da Escola Segura tem promovido muitas ações de esclarecimento neste sentido, em escolas e noutras instituições… não considere que já sabe tudo… vá, aprenda, discuta, leia… para conseguir, depois, ensinar e orientar!

 

jovens adolescentes.jpg

 

Ensinar a distinguir informação: não sejas ‘Maria vai com as outras’…

Lembro-me que, há poucos anos atrás, precisar de explicar a muitos estudantes que, a internet não iria acabar….  Eles ouviram tantas informações nas redes sociais sobre o dito ‘artigo 31’…. A maioria das informações partilhadas pretendiam apenas ter milhões de visualizações, nem que para isso ‘se deturpasse um pouco a realidade’ … e a grande maioria dos estudantes não percebeu isso, considerava de forma convicta a hipótese de ‘a internet acabar’…

Esta (in)capacidade de saber distinguir informações verdadeiras de informações falsas, no mundo virtual é uma virtude pouco existente na realidade dos nossos adolescentes e jovens…

Dificilmente sabem distinguir quais as fontes de informação mais fidedignas, ou filtrar até onde acaba a realidade e começa a ficção, num mundo onde os objetivos são apena as visualizações, as partilhas e os likes.

Para ajudar as crianças e jovens a tornarem-se sensíveis e atentos a tudo isto é necessário:

  • Explicar tais conceitos e desmistificar as verdades da internet;
  • Ensinar a pensar e a refletir sobre o mundo que nos rodeia;
  • Educar para a autonomia e para o livre pensamento;
  • Exemplificar formas de pesquisa e investigação que trarão informação correta;
  • Promover o espírito crítico e a criatividade…

aprender2.jpg

 

Como estudar com internet?

Parte II

Se no Post anterior escrevi sobre a utilização da internet para realizar um trabalho escolar, hoje venho dar continuidade ao mesmo tema, mas direcionando-o para o estudo individualizado e a procura de informação, ou o retirar de dúvidas escolares.

Para estudar a internet pode ser uma ajuda fornecendo-te:

  • Vídeos explicativos de um dado tema;
  • Vídeoaulas;
  • Pequenos documentários;
  • Explicações em slides, com exemplos;
  • Resumos de matérias que sairá nos testes;
  • Exercícios em PDF ou online, com as respetivas soluções;
  • Exames nacionais de anos anteriores para treino.

Nunca te esqueças de selecionar a informação que procuras e avaliar a fonte/site sobre a sua credibilidade. Para além disso, nunca ligues as tuas redes sociais enquanto estudas com o computador, pois já sabes que te vais distrair….

bons alunos (1).jpg

 

Como estudar com internet?

Parte I

Uma ferramenta fundamental, em nossas casas, a internet… oferece o mundo num pequeno ecrã!

Por isso, os professores começam a solicitar pesquisas, trabalhos e reflexões sobre temas que incluam a pesquisa de informação, é óbvio que todos os estudantes acabam por optar pela facilidade da internet.

No entanto, para usar a internet como fonte de informação correta e de interesse escolar, não basta entrar no primeiro site que se encontra, é necessário ter alguns cuidados: saber selecionar, ler tudo com calma e definir o que se ter mesmo saber/conhecer. Tudo isto requer aprendizagem e competência.

Para ajudar a melhorar tudo isto, deixo por cá umas orientações básicas:

  1. Define muito bem qual o tema e esquematiza o que é necessário pesquisar;
  2. Procura em vários sites e lê alguns parágrafos para confirmar se está de acordo com o que procuras;
  3. Imprime ou guarda numa pasta do computador os artigos que consideraste, de facto, importantes.
  4. Guarda os links e endereços eletrónicos, tanto para conseguires voltar ao site, se for necessário, como para colocar na Bibliografia do trabalho.
  5. Lê agora tudo o que selecionaste, estrutura bem o trabalho e escreve pelas tuas palavras, cada capítulo.
  6. No final do trabalho acrescenta a Bibliografia por ordem alfabética.

bons alunos.jpg

 

As vídeo aulas ajudam a estudar?

Cada vez mais se utiliza a internet para tudo… para comunicar, para brincar, para divertir… também podemos usá-la para estudar! Existem documentários muito explicativos, existem fichas para imprimir, exercícios para fazer online e também existem as vídeo aulas.

Estas vídeo aulas são a gravação de uma aula sobre uma determinada matéria em vídeo, que podem ser facultadas pelo próprio professor da disciplina, como podem ser pesquisadas, livremente, na internet. Os formatos podem ser variados, desde a voz/imagem de um professor, esquemas interativos, fotografias/imagens, ou mesmo uma junção destas várias opções.

Ao utilizar este método de ensino à distância, o estudante pode tornar-se mais autónomo na procura de conteúdos a estudar e tem mais um recurso didático para a fixação de conteúdos.

Aprender com este método pode ser mais simples e motivador! Não podemos olhá-lo como um único recurso à aprendizagem, mas sim como um bom complemento a esta. Portanto, sempre que surgir alguma dificuldade em aprender determinada matéria, os estudantes, podem recorrer a estas vídeo aulas como mais uma ajuda e apoio ao estudo.

pesquisa.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
Blogs Portugal