Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

As perguntas que não fiz no teste… afinal sabia…

Já, por cá, referi que é muito importante rever a ficha de avaliação com o estudante, após a correção do professor, analisar o que falhou, o que pode ser melhorado e sentir a motivação dos bons resultados e das respostas corretas.

Para quem apoia, de forma mais próxima, o aluno no estudo irá perceber que, em algumas questões e exercícios onde ele falhou, até se sabia a matéria e, muitas vezes, já se tinha realizado exercícios semelhantes. No entanto, o aluno ou errou, ou nem sequer tentou responder, considerando logo que não ser capaz…

A vergonha de estar a escrever algum ‘disparate’ a insegurança própria pode trazer falhas como esta, às quais é necessário estar-se atento.

Quando o aluno começa a demonstrar situações semelhantes a esta, muitas vezes, quando é confrontado com a situação, resposta dele é semelhante a esta: “ lá, pareceu-me difícil…achei que não sabia…”

Não sendo algo alarmante, convém aumentar um pouco a atenção e a autoestima… situações de insegurança e falta de autoestima podem se espelhar aqui, é importante voltar a realizar a questão falhada, demonstrar a facilidade com que a conseguiriam ter executado, apaziguando receios e inseguranças individuais.

É necessário um cuidado especial nesta análise, relativamente às questões não realizadas, terá sido falta de tempo, pouco empenho, não saber a matéria, insegurança….?????

Só depois desta análise cuidada, com o estudante, se podem definir ações e soluções…

dicas estudo.jpg

 

Faltar às aulas para estudar

Quando existem muitas avaliações próximas e os alunos sentem que não tiveram tempo suficiente para estudar sentem-se impelidos a faltarem a algumas disciplinas para melhor se preparem para a avaliação, normalmente, no próprio dia.

Nem todos os encarregados de educação permitem esta situação, até porque serão informados da falta e deverão proceder à sua posterior justificação.

Na minha opinião, se o estudo, até ao dia da avaliação, foi pouco ou nenhum, não se conseguirá melhorar o resultado da avaliação, quer se estude mais algumas horas, ou não.

Para além disso, todas as disciplinas são importantes, não se devem fazer opções por grau de importância entre elas.

No entanto, cabe ao encarregado de educação ter a capacidade e a imparcialidade de decidir em cada situação específica, de forma a apoiar sempre o estudo e a aprendizagem do seu educando e, nunca permitir que tal aconteça sem o seu conhecimento e consentimento…

fichas avaliação.jpg

 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Blogs Portugal