Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

JOGOS PEDAGÓGICOS: A Caça ao objeto escondido

Alguns jogos que podem ser divertidos e educativos em simultâneo, podem educar para as emoções, podem melhorar o desenvolvimento físico, podem exercitar capacidades intelectuais. Por estas razões, hoje traga-vos uma proposta de uma atividade pedagógica que pode ser realizada em famílias e/ou por educadores/as.

A Caça ao Objeto Escondido. Com base na mesma atividade da Caça ao Ovo que se realiza em tempos de Páscoa e com uma tradição antiga. A Caça ao Objeto Escondido pode ser um momento de grande diversão entre grupos de amigos ou famílias, ajuda também na concentração, no desenvolvimento da motricidade grossa e ensina a prática de jogos ao ar livre. 

Para além disso nada impede de utilizarem os mais variados objetos para serem escondidos, podendo ser um complemento a uma aprendizagem específica.

Como fazer:

  • Selecione os objetos a esconder;
  • Decorem-nos a gosto;
  • Tenha um cestinho ou saquinho para cada participante;
  • Esconda os objetos pela casa/jardim;
  • Defina um tempo específico para esta caça, tendo em atenção a idade dos participantes.

jogos pedagogicos (6).jpg

 

A Plataforma da escola: use, use e use….

Porque as novas tecnologias estão, cada vez mais, disponíveis e acessíveis à maioria das pessoas, faz todo o sentido que as escolas tenham, também elas esta forma disponível de utilização.

Todas as escolas (Agrupamentos) têm uma plataforma digital de utilização livre com variadas informações educativas, desde as ofertas formativas até às notícias de atividades, de consulta geral. Para além disso, disponibilizam uma área reservada de acesso a todos os alunos e seus encarregados de educação.

Nesta área reservada e através da senha de acesso, pode ser consultada muita informação pertinente, tal como avaliações, sumários, fichas de apoio ao estudo, informações dos professores e alunos, faltas, participações e muito mais.

Portanto, a minha proposta hoje é para as famílias: usem esta plataforma com grande regularidade… não com o objetivo de um controlo excessivo, mas como um bom mediador entre escola/casa.

Claramente que, esta ferramenta não pode retirar importância às reuniões de Pais, sempre que necessário, mas pode despoletar essa necessidade, ajudar a perceber melhor as realidades educativas… até mesmo em questões simples como: _ Que matéria estás a aprender nesta disciplina? Podem ver o que o professor sumariou, já será de grande orientação…

Por aí, são utilizadores assíduos desta ferramenta digital?

sugestões.jpg

 

JOGOS PEDAGÓGICOS: O Cofre dos Medos

Alguns jogos que podem ser divertidos e educativos em simultâneo, podem educar para as emoções, podem melhorar o desenvolvimento físico, podem exercitar capacidades intelectuais. Por estas razões, hoje traga-vos uma proposta de uma atividade pedagógica que pode ser realizada em famílias e/ou por educadores/as.

O Cofre dos Medos poderá ser concretizado em qualquer momento por qualquer criança/jovem, no entanto, é mais direcionado para períodos de adaptação ou de situações mais complexas que tragam momentos de stress, ansiedades e medos. Este Cofre tem como objetivo trabalhar o “empowerment” e apoiar momentos de resiliência, em que é necessário vencer os próprios medos e barreiras psicológicas.

Deve ser explicado que, o Cofre do Medo nunca abre e todos os Medos que lá forem colocados ficarão guardados… e presos para sempre!

Como fazer:

  • Escolha uma caixa a gosto, faça apenas uma ranhura (como um mealheiro) e feche-a com cola, de forma a que não se possa abrir;
  • Decore-a a gosto, de forma a parecer um cofre;
  • Selecione pequenos papeis, onde se poderão escrever os medos de cada participante;
  • Sempre que o participante esteja em momentos de maior stress, ansiedade ou medo, pode recorrer ao Cofre dos Medos;
  • O participante irá escrever o seu medo/receio e colocá-lo no Cofre, através da ranhura feita.

Antes de se fechar o medo ‘para sempre’, deve existir uma conversa, ou um momento de reflexão, para que haja uma tentativa de superação e assim aconteça este “empowerment”.

jogos pedagogicos (5).jpg

 

Como devem, as famílias, ajudar nas tarefas escolares?

Esta é uma questão que muitas famílias se colocam: estaremos a ajudar, da forma correta, no apoio escolar? Pois bem, não existem elixires, nem poções mágicas, como resposta a tal questão.

Por cá, posso apenas apresentar a minha opinião, com base na minha experiência nesta área educativa. Começo por referir que, sempre que um estudante apresenta uma necessidade maior de apoio ao estudo, ou de explicações, o núcleo familiar pode relaxar um pouco mais, em oferecer tal ajuda.

Até porque  as queixas familiares são sempre semelhantes: os estudantes não ficam tão atentos, procuram facilidades devido ao vínculo familiar e têm dificuldade em distinguir o papel de (pai/mãe/irmão) do de professor/explicador.

Contudo, isto não significa que não possam participar nestes apoios escolares. Deixo aqui algumas propostas onde poderão ajudar a desenvolver responsabilidade e rotinas de estudo:

  • Verifique a realização dos TPC’s e a organização dos cadernos diários, assim como o cuidado com todo o material escolar;
  • Utilize as soluções dos manuais para corrigir fichas e exercícios;
  • Corrija os erros ortográficos;
  • Exija mais cuidado na escrita e na ortografia;
  • Ajude na calendarização e agendamento de tarefas;
  • Oriente nos tempos disponíveis para estudo;
  • Retire uma ou outra dúvida momentânea;
  • Ajude na pesquisa de informação;
  • Faça perguntas sobre a matéria antes do teste;
  • Reúna com o diretor de turma, sempre que necessário;
  • Esteja atento aos comportamentos e às avaliações;
  • Seja assertivo e exigente nas orientações;
  • Responsabilize-o pelas atitudes e distrações;
  • Reconheça o empenho e dedicação;

 

O que não aconselho a que a família faça, neste apoio ao estudo:

  • Não ofereça respostas prontas;
  • Não lhe prepare a mochila;
  • Não seja a agenda/secretária pessoal do estudante;
  • Não lhe faça os trabalhos escolares;
  • Não peça desculpas pela vez dele;
  • Não desvalorize sentimentos ou frustrações;
  • Não compare com irmãos ou colegas;
  • Não obrigue ao estudo, horas e horas seguidas;

familia.jpg

 

Erros que levam aos maus resultados escolares

Os maus resultados escolares, por norma, têm uma justificação plausível, embora algumas destas sejam mais óbvias do que outras. No entanto, se existir vontade do estudante em melhorar e se tiver o apoio da comunidade educativa, certamente que tudo se tornará melhor.

Deixo aqui algumas das possibilidades para os maus resultados escolares:

 

  • A preguiça: Muitas vezes os estudantes definem metas de estudo que não cumprem na totalidade, ou estudam pouco e assumem como sendo suficiente.

 

  • Não entender a matéria: Quando os estudantes estudam uma matéria sem compreender muitos dos conteúdos e sem conseguirem retirar as suas dúvidas.

 

  • Falta de bases: Passa mais do que um ano letivo e o estudante mantém a negativa na avaliação da disciplina, significa que está a perder as bases e que precisa de um apoio extra.

 

  • Desadequado método de estudo: muitas vezes o método de estudo não é o mais adequado, ou à disciplina, ou às características do estudante.

 

  • A distração: Porque se estuda com o telemóvel e com as redes sociais ativas, porque se está atento à TV e não ao estudo, porque se esteve a fazer outras coisas nas horas de estudo.

 

  • Desatenção: Porque nem sempre se presta a devida atenção à matéria que está a ser lecionada nas aulas, nem ao que o professor explica.

 

  • Desorganização: Quando o estudante só sabe que terá uma avaliação um ou dois dias antes desta, porque nem sempre se lembra dos TPC’s, porque não tem cadernos e manuais organizados e atualizados.

avaliações (1).jpg

 

Para lá da escola… atividades extra…

A escola é um lugar de aprendizagem por excelência, no entanto, não é o único lugar onde se aprende e onde se forma. Existem variados locais de ensino, seja de desporto, seja de arte, seja de conceitos morais e sociais e, nos dias de hoje, a maioria dos estudantes frequentam mais alguns desses espaços, seja pelo incentivo familiar ou pelo gosto pessoal.

Se estes são momentos de aprendizagem, claramente, não teremos nada a apontar contra…a necessidade é simples, saber balizar todos estes tempos e momentos de forma a que, a cada criança e jovem, reste tempo para descansar, brincar e estudar.

Quando as crianças fazem um ‘corre, corre’ diário para participar em muitas atividades, para além da escola, cabe às famílias iniciar uma reflexão e uma nova tomada de atitude para que não se instale uma rotina stressante e desgastante para todos, ou então, todas estas aprendizagens ficarão pela metade, pelas expectativas não correspondidas, pelo estar sem sentir ou aprofundar….

Este é mais um escrito de alerta, neste início de ano letivo, porque já assisti a situações muito próximas deste limite, que retiram às crianças tempo de serem crianças, aos jovens tempo de o serem… em completo… e às famílias tempo de estarem…

atividades extra curriculares.jpg

 

Proposta de tarefas...

Agosto vai ser fixe!

Tal como em anos anteriores, partilho uma atividade diferente para cada dia, deste próximo mês de agosto.

Para que as crianças e adolescentes já não digam mais: "não tenho nada para fazer!"

Para além disso, assim as férias não se resumem apenas: a jogar no telemóvel!

agosto.jpg

Em formato pdf (para imprimirem): 

Agosto vai ser fixe.pdf

 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D