Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Promover uma autonomia escolar, desde cedo!

«A professora pediu o meu e-mail… socorro que tenho de tomar conta das minhas coisas e dos recados…»

Quando as crianças começam a estudar no 1º ciclo são os pais que têm de orientar e de saber quais as datas dos testes, quais os TPC’s e o que se deve estudar… no entanto, progressivamente, a criança deve tornar-se autónoma, sendo que, a partir do 5º ano deve ser estimulada a ter estas capacidades:

  • Saber as datas de testes e de entregas de trabalhos;
  • Saber definir com os colegas os trabalhos de grupo e as tarefas;
  • Saber que TPC’s estão marcados e apontar, sempre, no caderno diário;
  • Saber as notas e avaliações a cada disciplina;
  • Saber o que estudar e quando estudar;
  • Definir um plano de estudo quando existem muitas tarefas escolares diferentes;

A sua ajuda é importante, mas sempre neste sentido… para motivar o estudante, no início de cada ano letivo, ofereça-lhe uma agenda escolar…

propostas.jpg

 

Dia do Pai!

É tão bom quando uma criança vê no pai o seu herói… depois cresce… e o seu pai permanece o seu maior herói!!

A estes Pais que são eternos heróis, nas palavras, nos gestos e na educação! Muito obrigada!

Tenham um dia muito feliz junto dos vossos maiores fãs!

família.jpg

 

Fichas divertidas sobre Natal

Vivemos tempos difíceis! Devido à pandemia somos convidados a ficar em casa, mesmo em férias escolares. Por vezes, as famílias até ficam sem ideias para entreter os mais pequenos, que ambicionam tanto sair de casa.

Para quem precisar de umas fichinhas divertidas, para estas férias de Natal, aqui deixo umas pequena compilação de documentos retirados da internet!

Basta imprimirem, incluir um lápis, uma borracha e material para colorir!

Fichas_Natal.pdf

partilhar (1).jpg

 

Não satisfaz – motivo de alarme?

Existem estudantes que, ao apresentarem uma avaliação de Satisfaz (50%) torna-se motivo de preocupação, já que as avaliações são sempre bem mais elevadas; outros estudantes deixam a família preocupada quando apresentam uma avaliação de Não Satisfaz (<50%).

Seja qual for a situação, a família deve sempre conversar com o estudante, ver a ficha de avaliação e procurar entender a justificação para tal ter acontecido. Para além disso, deve estar atenta, porque se estes resultados se mantiverem, se surgirem mais avaliações negativas é porque algo deve ser corrigido e melhorado.

Para alterar esta situação, algumas atitudes podem ser necessárias:

  • Mudar métodos de estudo;
  • Aumentar o tempo de estudo;
  • Adquirir livros/fichas de apoio ao estudo;
  • Recorrer a explicações à disciplina;

É necessário refletir sobre esta situação, sem permitir a continuidade destas avaliações baixas, porque as matérias têm um fio condutor que apoiam a compreensão, ao longo de todo o ano letivo, e quanto mais tempo decorrer sem entender grande parte da disciplina, maior será o tempo necessário e o empenho despendido para uma recuperação sólida!

suficiente.jpg

 

Aulas Presenciais e Online….

Um ano letivo repleto de incertezas!

Hoje, com este Post pretendo debater com o/a leitor/a o ponto de situação das escolas e do ensino, em Portugal, ainda em tempos de pandemia.

Pelo que vou experienciando, o ano letivo iniciou repleto de incertezas e assim continua… volta e meia um aluno está em quarentena, um professor está em quarentena… de tal forma que, muitas vezes, as turmas chegam a estar reduzidas a metade!

Algumas escolas promovem o acesso às aulas online, aos alunos que estão em isolamento, por terem uma situação de saúde específica e também aos que estão em quarentena… outras escolas apresentam imensas dificuldades em uma ou ambas as situações!

Os planos de Emergência do Governo adapta-se a cada quinze dias, com alterações diretas nas atividades letivas, logo, alunos e professores ajustam-se constantemente.

Muitos e muitos alunos entram em quarentena por duas semanas, desajustam-se das rotinas e desorganizam as suas avaliações…

Ao fazer o ponto de situação de tudo isto, só revejo incertezas, dúvidas e inseguranças! Os estudantes estão a procurar adaptar-se a esta nova realidade, com aulas presenciais, sempre na dúvida se terão de voltar a casa, uns dias, uns meses… e, com tudo isto desejam alguma paciência, facilidade e apoio dos professores. Mas, os professores sentem o quanto tudo isto está a fragilizar as aprendizagens e procuram incentivar e aprofundar o ensino das matérias.

Resumindo, denoto que os estudantes estão com grande dificuldade em se adaptarem e em organizarem o seu estudo e empenho. Enquanto que, as famílias desesperam porque sentem os seus estudantes desorientados e desmotivados!!!

E vocês, leitores/as? Partilham da minha opinião? Acrescentam?  

quadro negro.jpg

 

Halloween!

Este ano, pautado pelas exigências de uma pandemia, o Halloween não permite que as crianças e jovens saiam de casa para recolher as habituais doçuras... Mas, em casa, esta festividade, pode também acontecer!

Preparem um jantar diferente e especial;

Criem uma sobremesa estranha;

Façam divertidas decorações;

Vejam um filme de terror em família (adaptado às idades);

 

Divirtam-se!!!

halloween.jpg

(Imagem retirada da internet)

 

 

 

Mutismo seletivo em crianças

Acredito que, nem todos os leitores deste blogue saibam de que se trata este Mutismo Seletivo, algo que pode afetar crianças, jovens e adultos sendo que, em adultos, é designado por Fobia Social.

Para que as famílias possam estar alerta, deixo aqui um pequeno esclarecimento sobre o conceito:

Mutismo Seletivo enquadra-se nas questões de distúrbio psicológico e carateriza-se pela recusa da criança em falar em algumas situações ou com algumas pessoas, no entanto, apresenta estas mesmas capacidades em outras situações diferentes. Estas criança demostram capacidades em conversar com os elementos da família mais chegados, com outras crianças e até com os animais de estimação. Este conceito está associado, principalmente, a crianças mais tímidas, mais ansiosas ou introvertidas.

 

Para além destas características, as crianças podem apresentar as seguintes dificuldades:

  • Dificuldade em manter contato visual;
  • Não costumam sorrir em público ou permanecem com expressões vazias;
  • Movimentam-se de forma rígida;
  • Não são capazes de lidar com situações nas quais deveriam falar normalmente, como saudações, despedida ou agradecimentos;
  • Tendem a ter uma preocupação mais exagerada com as coisas quando em comparação com o população em geral;
  • Costumam ser mais sensíveis ao ruído e a locais com muitas pessoas;
  • Apresentam dificuldade em falar sobre si ou em expressar sentimentos.

(In: https://www.infoescola.com)

Este Mutismo Seletivo pode ser tratado por psicólogos, através da terapia cognitivo-comportamental, ou por outros profissionais adequados. No entanto, para melhor recuperação as famílias devem estar alerta e não confundirem estes casos com simples situações de timidez.

Por tudo isto, vale a pena lembrar!!!

mundo.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D