Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Só quem convive com crianças pequenas sabe!

Só quem convive com crianças de 3, 4 ou 5 anos reconhece algumas situações, tão específicas, e que fazem desta idade uma descoberta maravilhosa.

Há poucos anos, foi-me proposto um desafio pedagógico com crianças dessas idades. Após ter experienciado tal privilégio posso partilhar:

Só quem convive com crianças pequenas é que sabe…

 

  • O que é assistir a uma discussão sobre qual é o dia da semana em que estamos;
  • O que é receber um abraço tão inesperado, mas tão doce e sincero;
  • Que se pode resolver todos os problemas com os pedidos de desculpa;
  • O que é ouvir toda uma longa frase e, por vezes, não perceber sequer metade da informação;
  • Conseguir trocar umas lágrimas por um sorriso apenas com simples gestos;
  • Que basta uma divertida brincadeira e não há um dia mau;
  • Que todas as atividades e jogos se resumem ao espetacular;
  • Esquecer tudo enquanto cantamos e fazemos gestos;
  • Sentir a recompensa da dedicação a cada minuto que passa…

crescer.jpg

 

28 de abril

Dia da Educação

Este dia para mim é tão, tão importante que tenho dificuldade em escrever sobre ele! Toda a minha vida se resume a esta palavra gigante: Educação… sempre estive dentro deste conceito e nas mais variadas vertentes… já aprendi e já ensinei… e anseio continuar a aprender e a ensinar sempre!

Hoje, sinto-me também a festejar… Educação é Vida… tal como este blogue!!!

educação (1).jpg

 

Ensino à distância… a minha (pouca) experiência…

Em tempos de confinamento social, o meu afastamento dos alunos está a ser apenas físico, porque as explicações online permanecem e, como sempre o fiz, são de forma individual, portanto não denoto grandes diferenças… confesso que sinto mais falta das aventuras relatadas em tempos de escola, que agora não existem e que tanto motivava quem cresce.

Ao manter esta proximidade, continuo a receber o feedback de toda esta nova forma de estudo, das dificuldades e dos anseios, tanto dos estudantes como das famílias.

Com esta pequena experiência de algumas semanas de aulas em casa, percebo que a motivação não é muita e perde-se a cada dia que passa. Os alunos não sentem tanta motivação pela aprendizagem, tendem a desleixar-se na realização dos trabalhos e nas tarefas. Para além disso, têm muitas dificuldades em aprender novas matérias, principalmente, nas línguas e na matemática.

No entanto, não existem apenas situações menos boas, a grande maioria dos alunos procura assistir a todas as aulas, sejam elas a telescola sejam as vídeo aulas e fazem todos os trabalhos recomendados, mesmo que algumas escolas tenham optado por não confirmar a realização dos mesmos.

Os alunos continuam a criar estratégias para manterem-se em contato social com os amigos e colegas, através das redes sociais e dos jogos online e procuram estar ocupados. Os mais velhos procuram também manter uma atividade física regular, o que demonstra uma enorme procura de adaptação à situação atual.

Como ajuda, a grande maioria das outras atividades extra curriculares também se mantém à distância, através das plataformas que permitem reunião de grupos, o que incentiva ao desenvolvimentos de outras competências.

Desejo que esta minha experiência de ensino-aprendizagem à distância não se prolongue por muito mais tempo e que, em setembro, as crianças e jovens voltem a invadir as escolas, com os sorrisos de sempre e com as aventuras pessoais e sociais que muito as fazem crescer!

lição.jpg

 

Estudar em Casa com escolas encerradas!

Dicas e propostas para todos os níveis de ensino

Com todas as alterações que este 3º Período trouxe, uma vez que, as escolas estão encerradas e os estudantes precisam de continuar a estudar, com uma logística e apoio bem diferentes, penso que será importante deixar aqui algumas dicas e orientações, para que tudo funcione pelo melhor que se consiga.

Na minha opinião, esta diferença gigante na forma de estudar só poderá trazer bons resultados se, efetivamente, existir muito boa vontade, empenho e dedicação de todas as pessoas envolvidas: alunos, famílias, professores….

A maioria dos alunos está um pouco desmotivada para este ensino à distância, tem dúvidas de como vai aprender em aulas dadas, através da televisão, sente dificuldades na forma como tirar dúvidas e sentem-se pouco apoiados quando recebem os trabalhos para fazerem em casa.

As famílias preocupam-se com toda a logística, muitas delas acabaram por fazer um enorme investimento financeiro, comprando um computador, algumas não tinham nenhum, ou precisavam de mais, para garantir os mesmos direitos a todos os membros da família. Para além disso, sentem muito receio de não estarem à altura de ensinarem as matérias escolares da melhor forma e, estão assoberbadas de trabalho e tarefas…

Vamos procurar que esta angústia seja passageira e que, daqui a mais uma ou duas semanas, os alunos consigam estar adaptados a este novo método de ensino e que consigam grande motivação para continuar os seus estudos, mesmo por entre tantas dificuldades.

Para ajudar, um pouco, a melhorar esta aprendizagem, nas próximas publicações irei deixar, por cá, algumas dicas e propostas que me parecem ser de apoio ao estudo… estas dicas surgirão de forma faseada, começando pelo 1º ciclo, com dicas mais orientadas para as famílias que irão apoiar as crianças, depois surgirão orientações para os 2º e 3º ciclos, direcionadas para os adolescentes e famílias e por fim, para os alunos de nível secundário…

 

Não perca… continue a visitar, a ler e a partilhar opiniões!

estudoemcasa-partilha.jpg

 

Universidade Júnior: não te esqueças de participar!!!

É mais um ano que, aqui no blogue, relembro a existência do projeto da Universidade do Porto e da sua importância, para crianças e jovens, que procuram orientação académica e profissional…

Universidade Júnior 2018

«Estamos a preparar a 14.ª edição da Universidade Júnior. Este verão esperam-te novas atividades de descoberta daquela que é a Universidade mais procurada no país.
Junta-te aos milhares de jovens que vêm de Norte a Sul, ilhas e estrangeiro e, durante uma ou mais semanas, participa num sem número de atividades que te permitem experimentar o ambiente académico e conviver com estudantes universitários, recém-licenciados, jovens investigadores e professores.

As inscrições para os cursos de verão 2018 deverão abrir em finais de abril/início de maio.

A Universidade Júnior é um programa único a nível nacional, pela sua diversidade temática e dimensão, dirigido aos alunos do ensino básico (a partir do 5.º ano) e secundário.»

(in: https://universidadejunior.up.pt/noticia.php?n=universidade-junior-2018)

Ujunior.jpg

 

 

Disneylândia… um sonho para pequenos e graúdos?

Bem verdade que, ter suporte financeiro para uma viagem em família até Paris, para visitar a Disneyland é algo de difícil, nos dias que correm, no entanto, esta viagem permanece nos sonhos de muitas crianças, adolescentes e até adultos… viver, intensamente, um dia repleto de magia e sorrisos.  Assim, se puder concretizar esta viagem de sonho, não hesite… ficará na memória de todos!

Eu, pessoalmente, gostaria muito de visitar o Parque Disney, mas ainda não tive oportunidade… no entanto, conversei com algumas crianças que tiveram essa experiência e os testemunhos são sempre muito positivos, mesmo as crianças que o fizeram ainda bem pequenas, guardam leves recordações… 

Este ano o Parque Disney celebra os seus 25 anos de existência, estando com promoções e ofertas, para saber mais ou ficar maravilhado, basta visitar o site oficial, de onde eu retirei esta pequena informação:

 

«Os sonhos tornam-se realidade no Parque Disneyland®, onde os contos de fadas ganham vida em cinco terras mágicas (Main Street, U.S.A®; Discoveryland®; Fantasyland®; Adventureland® e Frontierland®). Venha descobrir espetáculos incríveis, atrações surpreendentes, desfiles deslumbrantes e encontros inesquecíveis com personagens Disney – com um brilho especial para celebrar o nosso 25º Aniversário.» (in: disneylandparis.pt).

 

E claro, partilhem por cá as vossas experiências!

 

Resultado de imagem para disneyland

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D