Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Quando uma atividade ocupa muito tempo?

Diálogo entre mim e um/a estudante de secundário:

Eu: _ O desporto ocupa muito do teu tempo?

Estudante: _ Sim, tenho treino quase todos os dias e jogos aos fins-de-semana…

Eu: _ Isso não te prejudica nos estudos?

Estudante: _Um pouco… fico com pouco tempo e não consigo fazer diretas para estudar…»

 

O desporto ou qualquer outra atividade extracurricular é uma forma de desenvolvimento e aprendizagem bastante importante e saudável. No entanto, por vezes é levado muito a sério pelos estudantes, o que os faz dispensar muitas horas por dia nessa atividade. Mais tarde ou mais cedo, os receios de que a atividade retire tempo ao estudo surgirá!

Pela minha visão, se existir muita motivação e boa capacidade de gestão, tudo se consegue com esforço, dedicação e imensa responsabilidade, não havendo a necessidade de abandonar algo tão prazeroso e importante para o estudante.

O apoio da família equilibrado com a exigência de bons resultados escolares é também uma mais valia para os momentos de grande exigência e também uma constante necessidade.

Como se diz: ‘é difícil, mas não é impossível…’

Existem, por aí, leitores com experiência nesta situação que queiram partilhar a sua opinião?

educação responsabi.jpg

 

5º ano, será um ano difícil?

Diálogo entre mim e um/a estudante de 1º ciclo:

«Eu:_ Sentes-te preparado/a para o ano? Para o 5ºano?

Estudante: _Não….

Eu: _ Então?

Estudante: Vai ser tudo muito diferente…

Eu: _ Pois é… vais ter mais disciplinas e professores…

Estudante: _ Quantas são as disciplinas? ….»

 

Em Portugal, a passagem do 1º ciclo de estudos para o 2º ciclo, é das que comporta maiores diferenças escolares e que exige maior adaptação, senão vejamos:

  • De apenas um professor passam a vários professores;
  • Transitam para uma nova escola, de maiores dimensões;
  • Adaptação aos novos horários;
  • Adaptação a novas disciplinas;
  • Fazem-se novos amigos;
  • Exigem-se novas rotinas…

 

Para uma criança com uma média de idade de 9/10anos é, realmente, um desafio constante os meses de setembro e outubro… depois tudo se torna numa rotina controlável e pacifica.

Portanto, cabe aos encarregados de educação demonstrarem maior apoio escolar e emocional nestes primeiros meses letivos, procurando apoiar uma boa integração junto de professores e colegas.

Depois cada criança cria as suas próprias estratégias de adaptação: procura amigos ou familiares mais velhos que já frequentam a mesma escola. Juntam-se com os amigos do ensino primário, para partirem ‘juntos à descoberta’… etc… etc…

E para vocês ou para os vossos filhos… foi difícil esta adaptação? Já estão numa ansiedade para o setembro que aí vem?

Imagem relacionada(imagem retirada da internet)

Universidade Júnior: não te esqueças de participar!!!

É mais um ano que, aqui no blogue, relembro a existência do projeto da Universidade do Porto e da sua importância, para crianças e jovens, que procuram orientação académica e profissional…

Universidade Júnior 2018

«Estamos a preparar a 14.ª edição da Universidade Júnior. Este verão esperam-te novas atividades de descoberta daquela que é a Universidade mais procurada no país.
Junta-te aos milhares de jovens que vêm de Norte a Sul, ilhas e estrangeiro e, durante uma ou mais semanas, participa num sem número de atividades que te permitem experimentar o ambiente académico e conviver com estudantes universitários, recém-licenciados, jovens investigadores e professores.

As inscrições para os cursos de verão 2018 deverão abrir em finais de abril/início de maio.

A Universidade Júnior é um programa único a nível nacional, pela sua diversidade temática e dimensão, dirigido aos alunos do ensino básico (a partir do 5.º ano) e secundário.»

(in: https://universidadejunior.up.pt/noticia.php?n=universidade-junior-2018)

Ujunior.jpg

 

 

Como tirar apontamentos?

Os apontamentos são objeto de desejo entre os estudantes, conhecemos os que tiram bons apontamentos e que todos pedem cópias e aqueles em que pouco ou nada se percebe do que foi escrito.
Esta técnica parece, portanto, muito próxima da arte de bem escrever, organizar e sintetizar e que auxilia, em muito, o processo de estudo.
Para quem deseja aperfeiçoar esta técnica, ao longo desta semana, todos os dias, irei deixar algumas dicas que poderão direcionar este saber:

  • Apontamentos das Aulas
  • Apontamentos de uma obra literária
  • Apontamentos do manual escolar
  • Apontamentos em pesquisas

Venham visitar o Blogue e ler mais sobre este assunto! 

apontamentos1.jpg

 

Depois da escolha.. o caminho! Orientação Vocacional

Diálogo entre mim e um/a estudante de secundário:

«Eu: _ Já definiste qual o curso que queres?

Estudante: _ Não, sei que quero ir para uma das faculdades do Porto... mas ainda estou indeciso entre as engenharias ou a saúde...»

Eu: _ Já viste as médias de entrada?

Estudante: _ Sim.. mas essas não me preocupam... tenho notas para entrar em qualquer um dos cursos!... Acho que só vou decidir mesmo no dia…»

 

A partir do 9ºano o pensamento sobre a vocação vai desabrochando, com mais ou menos insegurança, com mais ou menos naturalidade e, para os estudantes que já definiram a sua opção formativa não devem ficar por aqui, novos passos devem ser tomados e novas questões respondidas:

  • Qual o curso profissional e/ou qual a universidade?
  • Quais as localizações geográficas do curso pretendido?
  • Quais os requisitos e médias de acesso?
  • Quais os exames nacionais necessários?
  • Qual o Plano de Estudos do curso escolhido?
  • Quantos anos será o curso e que caminho terá de ser seguido?
  • Que saídas profissionais?
  • O que dizem os profissionais que já exercem tal profissão?
  • Quais serão os maiores desafios?

A definição concreta de tais escolhas apoia também o estudo diário do aluno pois, funciona como incentivo e estímulo para seguir objetivos e alcançar projetos de vida. 

 

mafalda.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D