Com um olhar pluridimensional sobre a EDUCAÇÃO, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida... este é um convite para conversar sobre educação.

29
Abr 19

Começa agora o 3º Período e, embora seja curto, muito ainda há para agendar e estudar… são os exames nacionais para o 9º ano e Secundário… são as Provas de Aferição que, sem contar para avaliação, deixam os alunos numa ansiedade…

Para não esquecerem nenhuma data e para prepararem o estudo com cuidado, deixo os documentos em ficheiro, para imprimirem e agendarem:

 

P.S.:(atenção que as datas do ensino secundário foram alteradas, este é o calendário atual)

 

Exames_secundário2019 (1).jpg

exames_provas Básico2019 (1).jpg

 

exames_provas Básico2019.jpg

Exames_secundário2019.jpg

 

publicado por Maribel Maia às 15:02

24
Mar 19

 

Hoje é o Dia Nacional do Estudante, 24 de março...

Para celebrar o dia,

para lembrar a importância do estudo

e para divertir um pouco, aqui ficam (de novo) Os Mandamentos do Estudante:

Mandamentos do Estudante.jpg

 

publicado por Maribel Maia às 10:56

04
Mar 19

Numa das minhas contínuas pesquisas para refletir e escrever neste Blog, encontrei estes dez ‘Direitos essenciais do Leitor’, apresentados na Obra de Daniel Pennac: Como um romance.

  1. Direito de não ler
  2. Direito de saltar páginas
  3. Direito de reler
  4. Direito a não acabar um livro
  5. Direito de ler seja o que for
  6. Direito à emoção (doença textualmente transmissível)
  7. Direito a ler onde quer que seja
  8. Direito a ler apenas algumas passagens dos livros
  9. Direito a ler em voz alta
  10. Direito a ficar em silêncio após a leitura

 

 

Estes ‘Direitos’ devem ser apresentados e refletidos com os jovens leitores, de forma a motivá-los para uma leitura recreativa, de prazer e gosto. Só assim se estimulam novos leitores assíduos!

Resultado de imagem para direitos do leitor

publicado por Maribel Maia às 11:00

11
Fev 19

E passa-se um mês após o período letivo e os estudantes começam a olhar para o calendário a contabilizar os dias que têm testes… ou os dias em que não têm testes, já que estes apresentam-se todos quase em simultâneo.

Depois são dias e noites de estudo em contagem decrescente, para mais umas semanas sem avaliações.

Na minha opinião, parece-me pouco produtivo quando existem mais de dois testes por semana. Compreendo que os professores têm as suas limitações nesta área, passando-se a exigência totalmente para o aluno que deve trabalhar arduamente em algumas semanas.

Para minimizar esses stresses, lembro que é muito importante organizar o estudo antecipadamente, utilizando uma agenda constantemente atualizada.

Para além disso, os resumos da matéria devem ser realizados ao longo das semanas de estudo, porque não se estuda apenas um a dois dias antes do teste!

Por aí, opiniões sobre este tema?

HPIM2135.JPG

 

publicado por Maribel Maia às 12:06

06
Fev 19

Quantos dos meus livros escolares têm anotações nas suas margens realizadas por mim, com letrinha miudinha e escrito a lápis, com imensas abreviaturas e chamadas de atenção? A partir do ensino básico, praticamente, todos…

Esta prática habitual dos estudantes apoiam a memorização e a compreensão da matéria, tanto no momento da aula como posteriormente, em casa, no estudo.

Com a prática esta competência melhora e torna-se apoio fundamental. Por isso, cá ficam algumas dicas para realizar anotações:

  • Escrever palavras ou conceitos que resumam o conteúdo do parágrafo;
  • Usar abreviaturas como códigos para pequenas observações;
  • Usar sinais de pontuação para exprimir desacordo ou dúvidas;
  • Cruzar informações com outras matérias ou autores, fazendo referência a nomes ou páginas;
  • Utilizar post-its e sublinhadores para marcar páginas e temas importantes;
  • Não escrever em material que não nos pertence…

 

É de notar que, no momento de estudo, estas anotações sejam percetíveis e façam sentido ao estudante, só assim serão apoio concreto!

HPIM2053.JPG

 

publicado por Maribel Maia às 13:36

04
Fev 19

«Em dois anos, o Governo pretende que os atuais 240 centros de formação para adultos passem a ser 300 e com o nome “Centro Qualifica”. O aumento da oferta, um projeto conjunto dos ministérios da Educação e do Trabalho e Solidariedade Social, pretende aumentar a escolaridade dos adultos, fazendo com que metade da população ativa consiga concluir o Ensino Secundário, avança a agência Lusa.

"Portugal tem uma das populações ativas com menos qualificações”, referiu o secretário de Estado da Educação, João Costa, sublinhando que existem três milhões de adultos que não concluíram o Ensino Secundário: “Não são apenas adultos em idade avançada, também existem muitos jovens adultos que, há 15 anos, deixaram a escola.”

O Governo vai lançar um concurso para abrir mais 30 Centros Qualifica até ao final deste ano e outros 32 centros em 2017.» (In: A página agosto de 2016).

 

Sem querer me direcionar para cores ou ideias partidárias… tudo que seja um apoio a quem pretende continuar a estudar e a desenvolver os seus conhecimentos é do meu inteiro agrado! Fico, portanto, no desejo que seja uma mais valia, concreta, para os adultos do nosso país e que se continue a investir na Educação de Adultos!

No entanto, parece-me que, a maioria da formação desejada/procurada por adultos implica empresas de formação privada, com outras e mais variadas ofertas??!!!

Que experiência relatam??? 

Imagem relacionada(imagem retirada da internet)

publicado por Maribel Maia às 10:42

30
Jan 19

Se aqui escrevi sobre a gramática, como fazendo parte integrante da maioria das avaliações na disciplina de Língua Portuguesa, relembro que a por norma uma ficha de avaliação a esta disciplina organiza-se, da seguinte forma:

 

  1. Texto para ler;
  2. Perguntas de interpretação e compreensão, do texto inicial;
  3. Exercícios gramaticais (funcionamento da língua);
  4. Composição sobre um tema predefinido (produção de texto).

 

De acordo com o ano letivo que o estudante frequenta, a complexidade destas fichas de avaliação tornam-se maiores, com mais do que um texto de interpretação, exercícios de gramática mais complexos e produção de textos com maior número de caracteres.

Para agendar as fichas de avaliação, não esqueçam de imprimir o documento partilhado, em partilha de documentos escolares neste blogue!!!!

avaliação_esc.jpg

publicado por Maribel Maia às 10:52

28
Jan 19

Por vezes os estudantes apresentam dificuldades nos números e por consequência na matemática e nos cálculos. Por esta razão, nunca é demais alertar para mais uma dificuldade de aprendizagem que poderá afetar o estudo, a Discalculia.

Esta é diagnosticada como sendo uma Perturbação Específica de Cálculo, resultado de uma desordem no sistema de processamento de raciocínio lógico-matemático.

Os estudantes com esta perturbação demonstram dificuldade em memorizar números, contar objetos ou organiza-los por tamanhos, etc. Normalmente, é detetado em idade escolar, quando é exigido à criança que conclua este género de raciocínio lógico.

De forma esquematizada, os sinais que podem gerar alerta, são:

  • Dificuldade em resolver problemas matemáticos;
  • Fraca memória apenas para números;
  • Dificuldade em assimilar resoluções de problemas;
  • Dificuldade em responder a cálculos mais complexos e específicos;

Para esta perturbação é muito importante salientar que, a maioria dos casos que sejam, devidamente identificados e intervencionados com estratégias de aprendizagem alternativas, as dificuldades são atenuadas e superadas.

Para esclarecer algumas dúvidas sobre este tema poderá visitar o site: www.discalculia.pt/

Resultado de imagem para discalculia

(imagem retirada da internet)

publicado por Maribel Maia às 10:56

16
Jan 19

Quando chega o momento de estudar para a disciplina de Português, muitos estudantes têm dificuldade em definir qual a matéria gramatical que devem estudar.

A partir do segundo ciclo (5ºano), os estudantes já aprenderam grande parte da gramática, embora ela seja mais aprofundada ao longo dos seguintes anos letivos.

Se precisa auxiliar, um estudante, na realização desse estudo concretize exercícios com ele, sobre classes e subclasses de palavras:

  • Pronomes;
  • Adjetivos;
  • Verbos;
  • Advérbios;
  • Determinantes;

Esta será matéria que deverá sempre ser revista e memorizada. Para além destas classes e subclasses de palavras, outros temas da gramática, estudada na matéria anterior, deve também ser relembrada.

 

Imagem relacionada

(imagem retirada da internet)

publicado por Maribel Maia às 10:46

14
Jan 19

Uma das primeiras aprendizagens gramaticas lecionadas na escola, já no 1º ciclo são as representações gráficas, como por exemplo a pontuação.

Esta aprendizagem deve ser bem assimilada, pois precisaremos dela ao longo de toda a vida académica e ao longo de toda a vida pessoal e social…. para escrevermos estes Blogues, nada como utilizar a pontuação correta e adequada…

Para ensinar ou relembrar:

gramatica.jpg

 

 

publicado por Maribel Maia às 11:09

Maio 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
14
16
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


arquivos
2019:

 J F M A M J J A S O N D


2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds
pesquisar
 
mais sobre mim
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO