Com um olhar pluridimensional sobre a EDUCAÇÃO, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida... este é um convite para conversar sobre educação.

16
Jan 19

Quando chega o momento de estudar para a disciplina de Português, muitos estudantes têm dificuldade em definir qual a matéria gramatical que devem estudar.

A partir do segundo ciclo (5ºano), os estudantes já aprenderam grande parte da gramática, embora ela seja mais aprofundada ao longo dos seguintes anos letivos.

Se precisa auxiliar, um estudante, na realização desse estudo concretize exercícios com ele, sobre classes e subclasses de palavras:

  • Pronomes;
  • Adjetivos;
  • Verbos;
  • Advérbios;
  • Determinantes;

Esta será matéria que deverá sempre ser revista e memorizada. Para além destas classes e subclasses de palavras, outros temas da gramática, estudada na matéria anterior, deve também ser relembrada.

 

Imagem relacionada

(imagem retirada da internet)

publicado por Maribel Maia às 10:46

14
Jan 19

Uma das primeiras aprendizagens gramaticas lecionadas na escola, já no 1º ciclo são as representações gráficas, como por exemplo a pontuação.

Esta aprendizagem deve ser bem assimilada, pois precisaremos dela ao longo de toda a vida académica e ao longo de toda a vida pessoal e social…. para escrevermos estes Blogues, nada como utilizar a pontuação correta e adequada…

Para ensinar ou relembrar:

gramatica.jpg

 

 

publicado por Maribel Maia às 11:09

11
Dez 18

Para facilitar os apontamentos, as notas e os esquemas realizados em aula, ou em casa, no momento de estudo, as abreviaturas são uma mais valia para uma escrita rápida e fluída que acompanhe o pensamento e a reflexão.

Algumas destas abreviaturas são criações particulares e pessoais de quem escreve diariamente, outras são técnicas e associam-se a áreas específicas do conhecimento… no entanto, podemos encontrar um grupo de Abreviaturas mais usadas no meio escolar.

Cá ficam algumas, em anexo:

abreviaturas.jpg

 

publicado por Maribel Maia às 13:59

10
Dez 18

Parece uma arte, esta capacidade de resumir informação recebida em sala de aula, ou em qualquer outra palestra, com uma rapidez e subtileza na escrita, guardando-se informações preciosas para mais tarde recordar.

Assumo que, ao longo dos meus anos de estudante, aprimorei muito esta técnica e as minhas notas e apontamentos são, para mim, documentos preciosos de informação e apoio à memória.

Sendo uma mais valia para o estudo, aqui deixo algumas sugestões de: Como tirar notas?

  • O mais importante é saber selecionar o essencial
  • Na aula, basta fazer anotações no caderno e no manual a lápis
  • Usar abreviaturas e omitir artigos faz poupar tempo no estudo
  • Copiar formular, esquemas e sínteses
  • Escrever de forma rápida mas legível
  • Setas, balões e sublinhados apoiam estas notas

Não devem esquecer que, estas notas pouco irão apoiar o estudo da matéria se não forem várias vezes lidas, entendidas e memorizadas, antes das habituais avaliações!

Resultado de imagem para post its

publicado por Maribel Maia às 13:31

03
Dez 18

Se analisarmos os dados fornecidos pelo ministério da educação, segundo as provas de aferição de 2016, os alunos apresentam elevadas dificuldades gramaticais, esta situação apresenta-se cada mais elevada quanto maior é o grau de ensino.

De forma geral, os estudantes das nossas escolas devem desenvolver um conhecimento gramatical nos seguintes temas:

  • Representação gráfica: ortografia e pontuação;
  • Sintaxe: frases simples e complexas e função sintática;
  • Classes e subclasses de palavras: análise morfológica (verbos, adjetivos, pronomes, etc);
  • Palavras e formação de palavras;
  • Recursos expressivos;
  • Técnicas de Expressão e Comunicação;

Nem todos estes temas são parte integrante da matéria de língua portuguesa do 1º ciclo, contudo a partir do 2º ciclo em diante todos eles são lecionados, em cada ciclo, de forma mais aprofundada.

Assim, proponho que os estudantes realizem uma revisão da gramática e a realização de exercícios sempre que estudam esta disciplina. Para além disso, os encarregados de educação que puderem adquirir uma gramática, já com o novo Acordo Ortográfico, de forma a apoiar este estudo, devem fazê-lo.

gramática.jpg

(imagem retirada da internet)

publicado por Maribel Maia às 10:36

27
Nov 18

A escola é, sem dúvida, um ambiente educativo por excelência, não apenas porque compreende em si a educação formal, mas também, porque todo o seu meio frequentado por crianças, jovens e adultos, durante longas horas, proporciona nos alunos momentos de experiências e aprendizagens únicas e basilares para toda a vida. Assim sendo, os encarregados de educação devem relembrar quais as regras e valores a serem cumpridos e defendidos em ambiente escolar e, que mais tarde, se prolongarão pelos vários lugares sociais.

Hoje, deixo por cá o Decálogo da Educação em Valores (retirado da internet), como regras a seguir por cada estudante, na sua escola. O encarregado de educação pode ler com ele(s) estes Valores explicando e exemplificando cada um deles… podem deixar uma cópia em lugar central de estudo para ser frequentemente relembrado.

Vamos educar para o Respeito, para a Tolerência, para a Solidariedade.... na escola....

Decálogo da educação em Valores.pdf

 

publicado por Maribel Maia às 11:06

12
Nov 18

Diálogo entre mim e um/a estudante de 2º ciclo:

«Eu: _Então, essas notas?

Estudante: _Sinto que foi injusto… tirei Bom e Muito Bom e a professora deu-me um 4. Eu acho que merecia um 5…»

 

Uma das minhas ações constantes, com os estudantes é rever com eles as fichas de avaliação realizadas, perceber qual a matéria consolidada, quais os erros efetuados e dialogar com o estudante de forma a perceber as razões das respostas erradas. Podendo, desta forma, direcionar melhor a intervenção e perceber qual a evolução que está a ocorrer.

Assim sendo, hoje é esta a minha dica:

  • Não se limitem a assinar as fichas de avaliação;
  • Revejam as respostas erradas e corrijam-nas;
  • Questionem sobre as dificuldades do teste;
  • Perguntem se era a avaliação esperada;
  • Conversem sobre o que poderia ser melhorado;
  • Felicitem pelos bons resultados obtidos;
  • Proponham novas metas e resultados;

 

Para os estudantes as fichas de avaliação são do mais assustador e precioso que têm, ao longo do ano, são elas que ditam conquistas e fracassos e que exigem a maior responsabilidade e concentração, portanto, devem ser valorizados pelo encarregado de educação.

ficha_ava.jpg

(imagem retirada da internet)

 

publicado por Maribel Maia às 11:24

07
Nov 18

No final da leitura de uma Obra, o estudante deve ser capaz de se pronunciar sobre dois pontos chave:

  1. O sentido global do livro, o assunto que ele versa, a intenção do autor e o público a que se destina;
  2. O que pensa e o que sentiu ao ler a obra, se gostou ou não e porquê, o que mais agradou, o que mais impressionou quanto nos assuntos abordados, como a forma de escrita do autor.

 

Se o estudante conseguir dialogar e expressar-se desta forma sobre a Obra, então, será extremamente fácil realizar a sua apresentação oral perante a turma… basta deixar a vergonha, por um pouco, fora da sala de aula.

Para ajudar, em anexo, deixo a minha proposta para as Apresentações Orais.

 

APRESENTAÇÃO ORAL OBRA (1).pdf

 

apresentação livro.jpg

 

 

publicado por Maribel Maia às 10:49

26
Set 18

Chegamos ao final deste mês de setembro e as famílias já têm, praticamente, a agenda repleta de anotações e lembretes sobre a escola e algumas sobre as atividades extraescolares. Hoje lembro que, não é apenas a vocês que a agenda auxilia, o(s) vosso(s) estudante(s) também devem ter uma agenda escolar.

Se ainda não compraram a agenda escolar para o estudante, ainda vão a tempo dessa aquisição. As agendas escolares organizam-se de acordo com o ano letivo e por isso têm o seu início em setembro, portanto encontram-se disponíveis, por estas alturas, com os mais variados formatos.

A agenda do estudante deve ser organizada e atualizada pelo próprio, pode calendarizar avaliações, trabalhos… pode organizar horas de estudo e pode conter informações e datas mais pessoais. Esta é uma rotina que, para algumas crianças, pode começar já no 1ºciclo, mas imperativo no 3º ciclo.

Cabe ao encarregado de educação/família, apoiar e incentivar a esta responsabilização por toda a organização de estudo!

 

Este ano letivo tive a oportunidade de fazer uma análise à agenda da Porto Editora – Este é o Teu Ano… Claro que tenho sempre uma apreciação crítica… partilho convosco:

Esta Agenda apresenta-se de forma atraente, principalmente, para os estudantes de  1º, 2º e 3º ciclos… é mais do que uma agenda porque contempla outras anotações e propostas, que a torna diferente. 

No final tem um pequeno resumo das matérias escolares o que poderá ser de boa ajuda. Na minha opinião, estes resumos deveriam estar mais definidos de acordo com o ciclo estudado… no meu ideal poderia ser uma agenda para cada ciclo de estudo, mais adaptada às idades e às matérias escolares!

 

DSC_0124.JPG

 

 

Boas anotações!!! 

 

 

publicado por Maribel Maia às 10:35

09
Ago 18

Como no 1º ciclo já se aprende a língua inglesa, em algumas escolas, aqui ficam fichas muito simples para quem está a iniciar esta nova língua… brincar…colorir e aprender….

Divirtam-se!!!

 

inglês_2018.pdf

 

publicado por Maribel Maia às 10:36

Janeiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
15
17
19

20
23
24
25
26

27
28
29
30
31


subscrever feeds
pesquisar
 
mais sobre mim
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Instagram
@educarcomvida
blogs SAPO