Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

A família fiscalizadora

Alguns estudantes apresentam, desde os primeiros anos de escola, uma grande responsabilização pelas tarefas escolares, pela organização do estudo e do material escolar. Outros estudantes vão desenvolvendo estas competências, ao longo dos anos letivos, de acordo com o seu próprio crescimento e desenvolvimento e com algumas orientações familiares e escolares…

E ainda, outros estudantes, apresentam-se sempre algo mais descuidados, despreocupados com as solicitações escolares e com preguiça para tais responsabilidades. Para esses, a família terá sempre de ter um papel mais controlador e fiscalizador, procurando educar para uma responsabilidade pessoal necessário, não apenas em contexto escolar, como nos mais variados contextos sociais, presentes e futuros.

 Assim, esta forma de fiscalização, que mais não é do que uma orientação constante e ativa, para confirmar que um dos principais papeis, de quem cresce está a ser bem concretizado, deve passar por:

  • Rever os cadernos escolares a cada semana ou quinzenalmente, para que tenham as matérias em dia, sumários escritos, tudo organizados e cuidados;
  • Apoiar no agendamento das datas de avaliações e esquematizar tempos de estudo;
  • Verificar se foram realizados todos os TPC’s, recorrer aos cadernos, onde estes estão anotados, para confirmar a existência, ou não destes;
  • Controlar as horas de estudo efetivo, como sabemos, muitos estudantes estão sentados na secretária e apenas ‘fingem’ estudar;
  • Definir e corrigir exercícios de estudo, sempre que necessário;
  • Fazer perguntas sobre a matéria a estudar para o teste, confirmando a clareza do estudo;
  • Marcar, com o Diretor de Turma reuniões individuais para se inteirar do comportamento e empenho do estudante;
  • Controlar descanso, alimentação e hábitos de vida saudável que apoiem a crescimento e desenvolvimento…

familia (1).jpg

 

A importância das vídeo aulas

Muitas vezes, os estudantes sentem que o momento em sala de aula não foi o suficiente para adquirir todo o conhecimento necessário na aprendizagem da nova matéria.

Existem vários recursos disponíveis para auxiliar este processo de aprendizagem, um deles são, efetivamente, as novas tecnologias… nestas, hoje, destaco as vídeo aulas, que podem ser facilmente encontradas na internet, com vídeos tutoriais, com professores que ensinam matérias específicas, com documentários, exercícios realizados passo a passo, com claras explicações… basta, para isso, que o estudante consiga selecionar, com alguns cuidados, qual o vídeo mais adequado ao conhecimento que precisa obter, visualizar um ou mais vídeos e depois, fazer exercícios do seu próprio caderno/manual e perceber se está a adquirir melhor os conhecimentos.

Existem também algumas plataformas digitais, disponibilizadas pelas editoras dos manuais escolares, que também disponibilizam alguns vídeos, para os cliente que pagam mensalidade.

Este método apoia muito o estudo, já que se torna um apoio muito próximo do contexto sala de aula, pois capta a atenção auditiva e visual. Basta escolher, com cuidado os conteúdos a visualizar.

estudo.jpg

 

Como se faz o Speaking em Inglês?

A avaliação oral de uma língua estrangeira implica a realização de alguns exercícios de conversação e explicação de algum tema ou ideia.

Estes exercícios tornam-se cada vez mais aprofundados, com o desenvolvimento da aprendizagem da nova língua, isto implica que o estudante tenha de se preparar antes, estudando e treinando a sua dicção e assimilando novos conceitos, novo vocabulário e novas regras gramaticais.

Para uma avaliação oral em língua estrangeira, podem ser solicitadas conversações, da seguinte forma:

Individual ou em pares:

  • Cada estudante faz uma breve apresentação individual (nome, idade, etc;)
  • São apresentadas várias imagens e os estudantes devem escolhe-las, apresentando razões para tal, numa conversa simples;
  • É-lhes apresentado uma imagem que deve descrever o mais detalhadamente possível;
  • É sugerido um tema sobre o qual devem dar a sua opinião;

 

Os estudantes podem fazer alguns treinos, em casa, com o apoio de alguém que consiga entender a língua estrangeira estudada, orientando e verificando as falhas no diálogo. Muitas vezes os estudantes ficam em grande nervosismo, por serem mais tímidos nestas apresentações orais, quando assim é, o treino anterior é fundamental!

v_estudar.jpg

 

Testes com escolhas múltiplas! Dicas para escolher melhor…

Diálogo entre mim e um/a estudante de secundário:

Eu: _Como correu o exame nacional?

Estudante: _Mais ou menos, errei muitas escolhas múltiplas… tanto para mim, como para a maioria dos meus colegas, elas pareciam que estavam todas certas, era muito difícil escolher…»

 

Nas mais variadas avaliações, sejam fichas sejam exames, as escolhas múltiplas apresentam-se como algo aparentemente simples, que depois se transforma numa dificuldade de escolha e numa enorme exigência de tempo e de reflexão.

Para te ajudar a perceber melhor como escolher entre quatro ou cinco hipóteses, o melhor é teres em atenção estes seguintes itens:

 

  • Lê com muita atenção o enunciado da pergunta, as respostas até podem estar todas certas, mas existe uma que mais se adequa aquela pergunta, em específico;
  • Começa por excluir as que estão, obviamente erradas, eliminando hipóteses e ajudando à eleição da correta;
  • Atenção que, a maioria das vezes, se começares a ponderar muito e a assinalar/riscar/assinalar…, provavelmente vais baralhar-te e vais escolher a errada;
  • Não faças ‘à sorte’ vais falhar, certamente;
  • Cuidado com o tempo que despendes a pensar sobre uma resposta, se estiveres muito indeciso segue a prova e no final voltas à pergunta, podes não ter tempo para tudo;
  • Se estás a preparar-te para um exame nacional, resolve várias escolhas múltiplas de exames anteriores, vai ajudar-te a compreender a forma de resposta;
  • Muito cuidado com a leitura e correção no final da ficha, muitas vezes, é vais alterar as certas…

 

Deixo uma nota final: mesmo a avaliações que sejam apenas de escolha múltipla, é necessário estudar bastante… não assumas que será fácil!

nota (2).jpg

 

Ai…ai…. Os verbos!!!

Parece-me que, as maiores dificuldades no estudo da língua portuguesa prendem-se com a exigência da gramática. Sendo os verbos algo difícil de entender e memorizar, nos primeiros momentos de estudo. Mas, é de lembrar que estes conhecimentos serão necessários para todos os anos letivos escolares, desde o 1º ano ao 12ºano. Para além disso, saber escrever e falar corretamente é uma excelente competência que todos nós deveríamos procurar adquirir.

Hoje, para ajudar nesta tarefa, trago uma pequenina explicação sobre os verbos no indicativo, pois alguns estudantes confundem-nos facilmente.

Presente do Indicativo: refere-se a um facto atual, algo que indique situações permanentes ou habituais.

Pretérito Imperfeito: exprime uma ação passada mas habitual ou repetida, ou seja, é um passado que permaneceu algum tempo.

Pretérito Perfeito (simples): indica uma ação passada mas não habitual, ação momentânea no tempo.

Pretérito Mais-que-perfeito (simples): refere-se a uma ação que ocorreu antes de outra ação já passada.

Futuro (simples): algo que irá ou poderá acontecer mais tarde, que consideramos ser possível acontecer.

verbos.jpg

 

Como estudar com internet?

Parte II

Se no Post anterior escrevi sobre a utilização da internet para realizar um trabalho escolar, hoje venho dar continuidade ao mesmo tema, mas direcionando-o para o estudo individualizado e a procura de informação, ou o retirar de dúvidas escolares.

Para estudar a internet pode ser uma ajuda fornecendo-te:

  • Vídeos explicativos de um dado tema;
  • Vídeoaulas;
  • Pequenos documentários;
  • Explicações em slides, com exemplos;
  • Resumos de matérias que sairá nos testes;
  • Exercícios em PDF ou online, com as respetivas soluções;
  • Exames nacionais de anos anteriores para treino.

Nunca te esqueças de selecionar a informação que procuras e avaliar a fonte/site sobre a sua credibilidade. Para além disso, nunca ligues as tuas redes sociais enquanto estudas com o computador, pois já sabes que te vais distrair….

bons alunos (1).jpg

 

Como estudar com internet?

Parte I

Uma ferramenta fundamental, em nossas casas, a internet… oferece o mundo num pequeno ecrã!

Por isso, os professores começam a solicitar pesquisas, trabalhos e reflexões sobre temas que incluam a pesquisa de informação, é óbvio que todos os estudantes acabam por optar pela facilidade da internet.

No entanto, para usar a internet como fonte de informação correta e de interesse escolar, não basta entrar no primeiro site que se encontra, é necessário ter alguns cuidados: saber selecionar, ler tudo com calma e definir o que se ter mesmo saber/conhecer. Tudo isto requer aprendizagem e competência.

Para ajudar a melhorar tudo isto, deixo por cá umas orientações básicas:

  1. Define muito bem qual o tema e esquematiza o que é necessário pesquisar;
  2. Procura em vários sites e lê alguns parágrafos para confirmar se está de acordo com o que procuras;
  3. Imprime ou guarda numa pasta do computador os artigos que consideraste, de facto, importantes.
  4. Guarda os links e endereços eletrónicos, tanto para conseguires voltar ao site, se for necessário, como para colocar na Bibliografia do trabalho.
  5. Lê agora tudo o que selecionaste, estrutura bem o trabalho e escreve pelas tuas palavras, cada capítulo.
  6. No final do trabalho acrescenta a Bibliografia por ordem alfabética.

bons alunos.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Blogs Portugal