Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Faltar às aulas para estudar

Quando existem muitas avaliações próximas e os alunos sentem que não tiveram tempo suficiente para estudar sentem-se impelidos a faltarem a algumas disciplinas para melhor se preparem para a avaliação, normalmente, no próprio dia.

Nem todos os encarregados de educação permitem esta situação, até porque serão informados da falta e deverão proceder à sua posterior justificação.

Na minha opinião, se o estudo, até ao dia da avaliação, foi pouco ou nenhum, não se conseguirá melhorar o resultado da avaliação, quer se estude mais algumas horas, ou não.

Para além disso, todas as disciplinas são importantes, não se devem fazer opções por grau de importância entre elas.

No entanto, cabe ao encarregado de educação ter a capacidade e a imparcialidade de decidir em cada situação específica, de forma a apoiar sempre o estudo e a aprendizagem do seu educando e, nunca permitir que tal aconteça sem o seu conhecimento e consentimento…

fichas avaliação.jpg

 

 

Estratégias para um bom Trabalho de Grupo

Parte I

Como já referi no Post anterior, os trabalhos de grupo podem apresentar inúmeras vantagens para os estudantes, se forem elaborados de forma correta. Enumero algumas das vantagens:

  1. Desenvolve a capacidade de trabalhar em equipa;
  2. Melhora a capacidade de discutir e aceitar ideias diferentes;
  3. Proporciona o gosto pela imaginação e pela criatividade;
  4. Desperta um interesse e curiosidade específica pela matéria a estudar;
  5. Favorece a organização de ideias e métodos;

No entanto, algumas dificuldades na elaboração e no desenvolvimento dos trabalhos de grupo estão sempre presentes, como o gerir capacidades e tempos e o definir métodos e estratégias. Por esta razão, para famílias e estudantes, cá deixo algumas sugestões:

  • Escolham bem os elementos de grupo com quem irão realizar o trabalho e se não se identificam com os elementos, no próximo trabalho alterem os elementos que compõem o grupo;
  • Estudantes até 2º ciclo, devem ter alguma orientação de um adulto, ao longo da execução do trabalho, contudo a partir do 3º ciclo, tal não será muito necessário;
  • As reuniões de grupo, fora da sala de aula devem ser na biblioteca da escola ou da cidade, se optarem por outro lugar deve ser bastante calmo e sem muitas distrações;
  • O trabalho não deve ser subdividido, para que cada um leve para casa e faça a sua parte, porque nunca irão perceber a matéria na totalidade e irá ficar claro numa possível apresentação oral;
  • Não estendam o trabalho para os últimos dias da entrega, pois algo tende sempre a correr mal, a faltar tempo para a sua execução completa;
  • Terminem o trabalho de grupo dois ou três dias antes do prazo de entrega, para haver tempo de retificação, se necessário;
  • Apresentem o ponto de situação ao professor que solicitou o trabalho e peçam ajuda/orientação sempre que necessário;
  • Se algum elemento não participou no trabalho, deve ser referido ao professor da disciplina, esclarecendo claramente a situação;

Mais algumas sugestões a acrescentar?

trabalhos grupo (1).jpg

 

Comunicação Oral… como desenvolvê-la?

Quando as crianças e jovens se veem confrontados com a necessidade de participar em grupo, ou em sala de aula, surge também a necessidade de um à vontade, com a utilização do discurso e a necessidade de apresentar elevada capacidade de expressão oral, só assim, estes estudantes serão bem sucedidos no momento de apresentarem as suas próprias ideias e opiniões.

Para desenvolver estas competências aqui ficam algumas estratégias a serem desencadeadas, seja individualmente ou em grupo:

 

Individualmente:

  • Relato dos acontecimentos em sala de aula;
  • Síntese de uma atividade realizada;
  • Relato de um acontecimento quotidiano ou especial;
  • Exposição oral da matéria dada;
  • Reconto de livros ou filmes;
  • Síntese de experiências;

 

Grupo:

  • Criação de debates;
  • Exposição de ideias em grupo;
  • Realização de entrevistas;
  • Construção de alguns ‘Brainstorming’ (chuva de ideias);
  • Representação de teatros/musicais/danças;

Estas estratégias realizadas dentro ou fora da sala de aula facultam novas capacidades de expressão oral, diminuindo os níveis de ansiedade e stress, quando o estudante é confrontado com a necessidade de se exprimir perante uma plateia ou audiência maior do que o habitual.

Resultado de imagem para teatro infantil

(imagem retirada da internet)

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Blogs Portugal