Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Qual é o número de palavras exigida em composições?

Quando aprendemos uma língua, uma das formas de melhor desenvolver competências nela é ter a capacidade de escrever textos, claramente, começamos por conseguir escrever pequenas frases e, com o aprofundar de vocabulário e gramática conseguimos produzir textos cada vez maiores, mais coerentes e com menos erros ortográficos.

Para o professor avaliar esta evolução, na grande maioria das fichas de avaliação inclui uma proposta de texto final com um número balizado de palavras, que vai aumentando conforme o grau de estudo onde está o aluno.

Assim, de forma geral, os textos devem conter o seguinte número de palavras:

textos.jpg

 

É bom de ler!

 

Quando nos escrevem um comentário com palavras incentivadoras, para mantermos a nossa escrita… esta partilha constante que tanto nos exige dedicação… é bom de ler!

 

Quando encontramos belos textos e reflexões noutros vizinhos blogues… que nos ensinam, que nos motivam e nos fazem crescer intelectualmente e emocionalmente… é bom de ler!

 

Quando recebemos um Destaque da equipa Sapo, ou imensas visualizações nos Mais Lidos, que nos trazem para as páginas da ribalta, aqui neste ‘Charco’…  é bom de ler!

 

Quando construímos laços de amizade e de empatia, por quem aqui partilha há anos, com toda a persistência e convicção, em enriquecedoras trocas de opiniões, ideias e reflexões… é bom de ler!

 

Quando nos traz um sentimento único de pertença e de aceitação… quando a nossa mensagem chega a mais e mais pessoas… quando nos aceitam pela partilha diferente e diferenciada… é bom de ler!

E é bom de estar!

 

Um imenso Obrigada, a todas as pessoas que:

 escrevem blogues, leem blogues, comentam blogues e partilham blogues…

blog (1).jpg

 

Diversão Rápida…

... para crianças!

Está agora no trabalho, e o(s) seu(s) filho(s) já reclama(m) de não ter nada de diferente para fazer, além de jogar telemóvel e ver TV… Pois, não é nada saudável nem imaginativo. No entanto, pode não ter muito tempo para pensar em algo diferente e simples para propor!!

Se esse é o seu caso, em anexo, deixo umas páginas simples que basta imprimir, agora mesmo, e levar para casa: são fichas com caça palavras, labirintos e outras atividades para realizar e colorir… simples e eficaz!

As imagens foram recolhidas da internet e compiladas num só documento, se pretender mais fichas de trabalho como estas basta realizar um pesquisa pela internet e encontrará, estas e outras fichas propostas!

As fichas adequam-se a crianças entre os três anos de idade e o 1º ciclo… basta abrir o ficheiro, escolher as que melhor se adaptam à sua criança e clicar em PRINT…

fichas de trabalho_2020.pdf

 

dicas férias.jpg

 

No pré-escolar ensina-se a ler?

Muitos pais apresentam-se preocupados com a educação escolar ainda na pré-escola, desejando que ao frequentarem este ensino já muito seja ensinado às crianças sobre as letras, os números, etc… pois apresentam muitos receios de que a criança se atrase no desenvolvimento e na lógica da aprendizagem…

Sobre este assunto, muito se discute e muito já se investigou… na minha opinião, o melhor ensino que um pré escolar deve ter passa pelo despertar da imaginação e da criatividade, pelo gosto em descobrir e saber. Essa motivação está nas diversas brincadeiras preparadas pelas educadoras, pois, «na educação infantil a criança precisa e necessita de brincar, porque o brincar assume um papel importante na construção do conhecimento e no desenvolvimento infantil, levando a criança a explorar o mundo à sua volta, descobrir e compreender a si mesma e seus sentimentos» (In: A Página da Educação: 2003). 

Nunca podemos esquecer que, foi necessário respeitar o tempo em que a criança começou a falar, ou seja, quando o cérebro se desenvolveu para tal atividade, o mesmo é necessário fazer para aprendizagens mais complexas, como o escrever ou o contar… até porque «experiências mostram que as crianças que chegam já alfabetizadas enfrentam problemas como cansaço, desmotivação, desinteresse, violência para com seus colegas e stress.» (In: A Página da Educação: 2003).

A sociedade deve, portanto, estar muito alerta para a necessidade do conceito Brincar, como momento de desenvolvimento cognitivo e emocional preponderante em determinados Estádios de Desenvolvimento.

14264161_845738722192406_6610137484673795455_n.png

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
Blogs Portugal