Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Brinquedos e Jogos eternos!

Em plenas férias de verão, o que as crianças e adolescentes mais querem ouvir falar é em jogos e brincadeiras. Seja para aproveitarem o tempo sozinhos, com os irmãos ou amigo(s).

Hoje relembro que existem brinquedos e jogos, com os quais eu brinquei mas que ainda são pertinentes para as crianças e para as brincadeiras de hoje. Sobre este assunto refiro-me, por exemplo, aos Legos ou ao Jogo do Elástico.

Com certeza que estes brinquedos e jogos,  já muito evoluíram desde o meu tempo de criança, no entanto, ainda encontramos versões economicamente acessíveis e as mais variadas opções, no momento da compra, no caso dos jogos. Ou tentamos aprender as novas regras e nuances dos jogos que ainda se brincam.

Estes brinquedos/jogos mais tradicionais ajudam no desenvolvimento de quem cresce, pois proporciona momentos de criatividade, melhora a capacidade de abstração, auxilia no desenvolvimento da motricidade fina e da motricidade grossa e estimula capacidades intelectuais.

No caso dos brinquedos, não se esqueça que: antes de comprar deve seguir as regras europeias e deve ter em atenção as idades indicadas.

No caso dos jogos, deve lembrar-se que estamos em tempo de afastamento físico (Pandemia), portanto, não devem existir jogos com muitas crianças juntas….

 

Lembram-se de mais alguns, para além destes:

 

  • Plasticina
  • Legos
  • Jogos de tabuleiro
  • Jogo da ‘macaca’, elástico e da corda;
  • Jogo com o Pião
  • Berlindes
  • Corrida de sacos;
  • Jogo do Lenço;
  • Coleções de cromos;

brincar2.jpg

 

De onde surgiu o Educar(Com)Vida?

Este blogue já existe há alguns anos e, não me recordo se algum dia escrevi sobre o seu nome: Educar(Com)Vida… Parece-me que não! E porque mais vale tarde do que nunca, cá fica uma breve contextualização deste nome, para tal blogue:

O nome Educar(Com)Vida surgiu por várias razões, primeiro porque o blog é um convite a conversarmos e refletirmos sobre o vasto tema da Educação.

Depois porque é com a experiência, com a vida e as vivências que, de facto, aprendemos e crescemos. 

Para além disso, um blog é sempre algo pessoal, que exprime pensamentos, opiniões e aprendizagens e quando o editei, o objetivo era primordialmente esse, deixar pequenas experiências pessoais, profissionais e formativas de mim… já que dediquei tantos e tantos anos a aprender dobre Educação e a procurar as melhores estratégias para formar outros/as…

Porque nunca é demais, este Educar convida-vos a Viver, a Experimentar e Refletir  neste atual mundo da blogosfera!   

imagem_1.jpg

 

Melhorar comportamentos sociais!

Para as crianças mais pequenas, por vezes, incentivar aos bons comportamentos e à aprendizagem de regras sociais pode ser uma tarefa mais difícil, para as famílias ou para os educadores. Neste sentido existem algumas estratégias e formas de orientar na melhoria destes comportamentos.

Para quem está sem ideias, cá fica uma proposta simples, deixo uma tabela em PDF, em anexo, que basta imprimir (uma para cada criança que poderá ser utilizada por cinco semanas).

No final do dia o adulto deve conversar com a criança sobre o seu comportamento e atribuir-lhe um dos smiles da legenda. Para além disso, podem acordar com ela que, se conseguir conquistar X número de smiles de comportamento excelente terão acesso a um privilégio, deverá ser definido entre vocês. Este privilégio não precisa de ser algo dispendioso ou complexo, pode ser, por exemplo:

  • Ouvir uma história, antes de dormir;
  • Fazer um jogo em família;
  • Fazer um passeio;
  • Receber um jantar especial;
  • Ficar acordado, até mais tarde, num dia específico;
  • ….

Quando existir a necessidade, também pode acordar alguma tarefa que a criança goste menos, sempre que ela receba mais de um X número de smiles de comportamentos desadequados.

Tabela_cuidar.pdf

crescer.jpg

 

 

O Fim de um Ano Letivo especial?

Este ano escolar começou numa aparente normalidade, mas repentinamente, em março tudo se transformou… os alunos deixaram de ir para a escola de um dia para o outro e as aulas passaram a acontecer online, entre síncronas e assíncronas. Tudo necessitou de ajustes e de adaptações… todos os intervenientes no ensino viram-se a braços com um desafio gigante!

Não me parece que tenha sido um ano letivo muito produtivo em aprendizagens, embora com o esforço e empenho de todos, faltaram computadores, acesso a internet, motivação e ficaram muitas dúvidas por esclarecer! 

Agora o ano letivo chega ao fim… já por cá refleti sobre todo o processo, já propus dicas para estudar em casa, já refleti sobre uma diferente forma de avaliação… Mas, agora que o ano letivo termina, outra questão se coloca: e em setembro?

De facto, o que colocou em casa todos os estudantes foi o COVID – 19, mas este ainda não está controlado… não existe tratamento… nem vacina… e perspetivas para que em setembro as aulas recomecem com a normalidade habitual parece desvanecer-se… então, como começará o próximo ano letivo?

Manter este ensino à distância, não me parece o mais acertado, porque ficará muito por aprender… no entanto, para recomeçar o ensino presencial, novas regras e comportamentos terão de ser ajustados. Estarão as escolas preparadas para tal desafio?

Haverá a tentativa de colmatar as falhas decorridas do ano letivo que acaba, ou continuaremos a reinventar um ensino adaptado à situação, onde a pressa é inimiga da perfeição?

férias.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D