Com um olhar pluridimensional sobre a EDUCAÇÃO, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida... este é um convite para conversar sobre educação.

07
Set 18

Porque as novidades não param, por estes lados, hoje inauguro uma nova rubrica neste Blogue, assim, todas as semanas teremos um Post com uma frase inspiradora para nos ajudar a refletir para, por um momento, lembrarmos a importância das particularidades de educar, crescer, aprender, entender… Hoje é o primeiro …Com Vida…

Espero que seja do agrado de quem gosta de visitar este Educar(Com)Vida!

36.jpg

 

publicado por Maribel Maia às 09:39

03
Set 18

Estamos quase, quase a começar um novo ano escolar e com ele muitas novidades surgem… E, neste blogue não haverá exceção, também por cá existem novidades.

A partir deste momento o Educar(Com)Vida tem um novo logótipo, uma imagem que já se mantinha na minha fotografia de perfil, mas que agora surge com uma nova dimensão, dando mais identidade a este projeto.

Como podem ver, o desenho que aqui apresento como logótipo é uma menina desenhada, este desenho foi realizado por uma criança de seis anos e eu sou a pessoa retratada no desenho, este foi-me dado com muito carinho e, por isso, guardo com muita estima, como outros desenhos e objetos oferecidos por quem cresce!

Por este pequeno relato já percebem melhor a escolha da imagem, para além disso este é um desenho cheio de cor e vida, tal como pretendo que este blogue o seja, tal como gostaria que a minha vida sempre o fosse… para rematar o laranja que aparece no vestido da menina desenhada é uma cor que muito gosto e a cor das Ciências da Educação… no centro está o coração bem pintado… educar não poderia ser feito de outra forma que não de coração… e é também de coração que aqui escrevo e partilho as minhas opiniões, as minhas orientações e inquietudes!

Assim, é com todo o gosto e carinho que vos apresento o logótipo deste Educar(Com)Vida que hoje se oficializa!!!

logo_exp2.jpg

 

publicado por Maribel Maia às 09:45

26
Jul 18

Hoje é dia dos Avós, aquelas pessoas de sabedoria intemporal que educam as crianças com a calma de quem sabe que demorará a crescer…. Com o carinho de amor incondicional…. E com a alegria de quem volta a reconhecer o valor de ser criança!

Quem de nós adulto, não guarda na memória o/s seu/s avós…. Os melhores cozinheiros/as, os melhores contadores/as de histórias e os melhores nas brincadeiras!

Por tudo isto, hoje é dia de festa, de convidar os avós para um lanche/jantar, de lhe dar muitos mimos, um postal repleto de palavras amorosas e um abraço delicioso!

Bom Dia dos Avós!!!

 

m000169005.jpg

(imagem retirada da internet)

publicado por Maribel Maia às 09:20

05
Jul 18

Para os mais pequeninos, em idade pré-escolar, ou em início escolar, deixo por cá uns desenhos que ajudam a desenvolver as competências de utilizar o lápis a carvão e os lápis de cor, de forma geral auxilia o desenvolvimento da motricidade fina. Ajuda também a desenvolver rotinas de trabalho, de concentração e imaginação.

Basta que os encarregados de educação imprimam o documento e orientem a os pequenos para este trabalho divertido.

No documento, em anexo, irá encontrar desenhos com:

  • números para ligar;
  • tracejados para ligar;
  • criar linhas;
  • labirintos.

 

 

trabalhar e pintar (1).doc

 

 

publicado por Maribel Maia às 10:39

10
Nov 17

Tantos textos de Ruben Alves que aprecio e me identifico.... hoje partilho este bocadinho:

33e03-rubemalves.jpg

 

 

publicado por Maribel Maia às 11:56

17
Ago 17

Porque existem muitas formas de educação que se devem transmitir de forma transversal, seja em dias de escola ou em dias de férias, hoje, em vez de escrever um texto sobre Saber Ser, deixo-vos uma imagem que retirei da internet, mas que considero serem excelentes dicas de educação para a igualdade e para o respeito!

Partilho convosco:

Igualdade-2.png

 

publicado por Maribel Maia às 11:22

24
Nov 16

Diálogo entre mim e um/a estudante de 3º ciclo:

«Estudante: _A escola não me interessa muito, quero ser futebolista.

Eu: _ E depois vais para televisão dizer barbaridades?

Estudante: _ Não… tenho de saber outras línguas e assim…

Eu: _ Depois é uma vergonha se nem sabes falar português…

Estudante:_ Não pode ser…

Eu: _ E para saberes gerir o teu dinheiro, tens de saber de matemática?!

Estudante: _Pois…

Eu: _Vês como a escola vai ser sempre muito importante na tua vida, seja como for!?»

 

Perceber o quanto a escola e a formação é importante para a vida de qualquer ser humano deve ser incutido desde a mais tenra idade nas nossas crianças, não apenas para desenvolver uma promissora vida profissional, mas também como apoio a uma vida pessoal e social de maior riqueza e conhecimento.

O animo e incentivo para o conhecimento deve ser cultivado por todas as pessoas que têm o papel de educadores. Neste sentido, desenvolver a motivação em cada estudante é, sem dúvida, o maior e mais importante pilar no despertar do gosto e motivação pela escola.

Segundo um estudo recente do Observatório de Inserção Profissional dos Diplomados da Universidade Nova de Lisboa (OBIPNOVA), em Portugal os detentores de cursos superiores têm «salários mais altos, maior possibilidade de arranjar emprego e mais rápidas progressão salarial. Calcula-se que a frequência num mestrado em Portugal represente um ganho salarial de 300 mil euros ao longo da carreira profissional.» (In Diário Económico:2013).

images (13).jpg

 

publicado por Maribel Maia às 13:54

27
Out 16

faz-me feliz…

 

  • Guardar na carteira os desenhos oferecidos, como se fossem os presentes mais belos;
  • Responder quando o estudante me chama de mister ou de mãe, porque me reconheço, um pouco, em qualquer um destes papeis;
  • Esquecer do tempo e dos problemas enquanto aprendo uma nova brincadeira;
  • Quando nas conversas ultrapasso qualquer profissão e sou apenas a amiga em quem se pode confidenciar inquietações;
  • Repararem no novo corte de cabelo ou no pequeno detalhe visual que mudei;
  • Ao cruzarem-se na rua correm para mim em busca de um abraço, da mesma forma que corro para eles;
  • Aprender mil vezes mais do que ensino…
  • Porque tudo isto vale muito mais do que o dito ‘trabalho’!

 

jogos texto.jpg

 

publicado por Maribel Maia às 10:48

07
Jul 16

O meu gosto pela leitura sempre se revelou mais durante as férias de verão, o tempo livre levava-me a pegar num livro, como quem não sabia bem se o queria ler, e depois de começar, passava horas a ler, com o desejo de chegar ao fim da aventura.

Aos pais cabe-lhes um papel incentivador, apoiando a leitura, sendo um exemplo, enquanto leitor e, acima de tudo ajudar na escolha dos livros, que podem ser comprados ou emprestados pela Biblioteca mais próxima.

Aqueles que estão em dúvida sobre que livros escolher, podem ler um Post anterior, onde realizo algumas propostas: http://educarcomvida.blogs.sapo.pt/livros-para-jovens-quais-4536.

 

10646669_1104454082915710_8802326417108154608_n.jpg

 

publicado por Maribel Maia às 14:07

12
Mai 16

Diálogo entre mim e um/a estudante de 3º ciclo:

«_Eu: Para onde vais nas férias?

_ Estudante: Para casa dos meus avós, eles vivem longe, no campo…

_ Eu: E gostas?

_ Estudante: É espetacular… temos piscina, baloiço… podemos fazer o que quisermos…»

 

Escrever sobre educação é também escrever sobre afetos, sobre inteligência emocional, sobre sentimentos compreendidos. Escrever sobre tal tema implica lembrar dos Avós… aqueles que sabem bem educar no afeto, no carinho e no respeito… aqueles que maior alegria não têm, do que, a de que partilhar o seu tempo com o(s) seu(s) neto(s).

Muitas das vezes os pais afirmam que eles mimam em quantidade excessiva, que tudo permitem e que isso pode prejudicar a educação de quem cresce. Em minha simples opinião, permitam-me discordar… para as crianças o papel de avô/avó está bem definido: são quem os mima e são amor pleno e constante… todas as permissões são apenas deles e só podem ser pedidas a eles… é uma relação individualizada… única! E aprende-se tanto: o conceito de tempo, de diferenças geracionais, de tradições, de família…

Os avós sabem contar histórias como mais ninguém, sabem ensinar jogos tradicionais como se fossem prémios valiosos, sabem demonstrar amor como verdade!

images PC).jpg

 

publicado por Maribel Maia às 13:58

Setembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
13
15

16
18
20
22

23
24
25
26
27
28
29

30


subscrever feeds
pesquisar
 
mais sobre mim
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Instagram
@educarcomvida
blogs SAPO