Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Dia do Pai!

É tão bom quando uma criança vê no pai o seu herói… depois cresce… e o seu pai permanece o seu maior herói!!

A estes Pais que são eternos heróis, nas palavras, nos gestos e na educação! Muito obrigada!

Tenham um dia muito feliz junto dos vossos maiores fãs!

família.jpg

 

Educar para a Inclusão

Diálogo entre mim e uma criança do ensino Pré-escolar:

«_ Criança: Preciso do cor de pele.

_Eu: Podem ser muitas cores, todos nós temos cores de pele diferentes…»

A maioria da sociedade luta, diariamente, para combater a discriminação, a desigualdade e os estereótipos. Penso que, a melhor forma de alcançar este objetivo é educar as novas gerações para a inclusão, a solidariedade e para a liberdade com respeito pelos outros.

Assim sendo, desde a idade pré-escolar, as crianças devem ser confrontadas com a diferença numa educação e formação direcionada para um espírito crítico de respeito e aceitação do outro, como diferente na sua condição e opinião, mas igual no direito e na dignidade.

É imprescindível ensinar que a discriminação e a crítica racial ou social são erradas, é necessário explicar que existem crianças com tons de pele diferentes, com necessidades especiais e com ideias diferentes e, acima de tudo, que o normal é sermos todos diferentes logo, é preciso aceitar e respeitar o outro, tal como é!

Podemos realizar com estas crianças, mais pequenas, vários jogos de inclusão, para que melhor interiorizem e aprendam.

No próximo Post deixarei sugestões de alguns atividades que poderão ser trabalhadas com vista à educação para a Inclusão.

educação responsabi (1).jpg

 

Ensinar a conversar!

Nos primeiros anos escolares existem as crianças que contam muitas coisas sobre como foi o seu dia na escola e existem outras crianças que não têm essa espontaneidade. As mais reservadas, por vezes, são fonte de preocupação para a família, porque ficam com receio de que algo possa não estar a decorrer da melhor forma, porque desconhecem anseios, medos ou ficam com dúvidas sobre o comportamento escolar.

Para as famílias que pretendam ajudar as suas crianças a conversarem mais, a exporem mais ideias, sentimentos e opiniões, aqui ficam sugestões de inícios de diálogos que levam as crianças a exprimirem-se, como mais do que um simples ‘sim’ ou ‘não’.

Tenha o cuidado de reservar uma parte do final do dia para estas conversas, mostrando-se totalmente disponível e empenhado/a em escutar atentamente o que a criança tem a dizer!

Coloque questões como:

  • Hoje o meu dia correu/não correu muito bem, porque ….. O teu dia foi melhor que o meu? (Para que lhe conte como correu o dia)
  • O teu melhor amigo/a é muito …(característica simples), tens mais amigos assim? (Para que converse um pouco sobre as amizades)
  • A/O tua professora manda sempre TPC’s, nunca se esquece! Parece-me ser muito organizado, o que achas? (para falar sobre os professores)
  • Vi que o teu almoço era arroz com frango! Estava bom? (invente a pergunta para o levar a explicar mais sobre a alimentação da escola)
  • E se fizéssemos um lanche, no fim de semana, para os teus amigos? Quem querias convidar? (Para perceber como está o processo de sociabilização e para incentivar nesse sentido)
  • Quando tinha a tua idade adorava jogar ao elástico (escolha jogo)… Também jogam esse jogo, ou outros? Ensinas-me? (Para melhorar a capacidade de sistematização e de reprodução de ideias)
  • No outro dia encontrei a Auxiliar …(nome) ela disse-me que andas um bocado distraído na escola! Porquê? (Para uma autoavaliação do comportamento)

Por aí, que questões funcionam??? Têm mais, para além destas?

educação é.jpg

 

Brinquedos e Jogos eternos!

Em plenas férias de verão, o que as crianças e adolescentes mais querem ouvir falar é em jogos e brincadeiras. Seja para aproveitarem o tempo sozinhos, com os irmãos ou amigo(s).

Hoje relembro que existem brinquedos e jogos, com os quais eu brinquei mas que ainda são pertinentes para as crianças e para as brincadeiras de hoje. Sobre este assunto refiro-me, por exemplo, aos Legos ou ao Jogo do Elástico.

Com certeza que estes brinquedos e jogos,  já muito evoluíram desde o meu tempo de criança, no entanto, ainda encontramos versões economicamente acessíveis e as mais variadas opções, no momento da compra, no caso dos jogos. Ou tentamos aprender as novas regras e nuances dos jogos que ainda se brincam.

Estes brinquedos/jogos mais tradicionais ajudam no desenvolvimento de quem cresce, pois proporciona momentos de criatividade, melhora a capacidade de abstração, auxilia no desenvolvimento da motricidade fina e da motricidade grossa e estimula capacidades intelectuais.

No caso dos brinquedos, não se esqueça que: antes de comprar deve seguir as regras europeias e deve ter em atenção as idades indicadas.

No caso dos jogos, deve lembrar-se que estamos em tempo de afastamento físico (Pandemia), portanto, não devem existir jogos com muitas crianças juntas….

 

Lembram-se de mais alguns, para além destes:

 

  • Plasticina
  • Legos
  • Jogos de tabuleiro
  • Jogo da ‘macaca’, elástico e da corda;
  • Jogo com o Pião
  • Berlindes
  • Corrida de sacos;
  • Jogo do Lenço;
  • Coleções de cromos;

brincar2.jpg

 

De onde surgiu o Educar(Com)Vida?

Este blogue já existe há alguns anos e, não me recordo se algum dia escrevi sobre o seu nome: Educar(Com)Vida… Parece-me que não! E porque mais vale tarde do que nunca, cá fica uma breve contextualização deste nome, para tal blogue:

O nome Educar(Com)Vida surgiu por várias razões, primeiro porque o blog é um convite a conversarmos e refletirmos sobre o vasto tema da Educação.

Depois porque é com a experiência, com a vida e as vivências que, de facto, aprendemos e crescemos. 

Para além disso, um blog é sempre algo pessoal, que exprime pensamentos, opiniões e aprendizagens e quando o editei, o objetivo era primordialmente esse, deixar pequenas experiências pessoais, profissionais e formativas de mim… já que dediquei tantos e tantos anos a aprender dobre Educação e a procurar as melhores estratégias para formar outros/as…

Porque nunca é demais, este Educar convida-vos a Viver, a Experimentar e Refletir  neste atual mundo da blogosfera!   

imagem_1.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D