Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

10 coisas para Não fazer com os seus filhos

Porque as crianças precisam de ouvir a palavra Não para poderem crescer saudáveis e para confiarem nos adultos que as educam, aqui ficam dez propostas que não deve fazer ao seu filho:

 

  • Não o compare a outras crianças;
  • Não lhe crie o hábito de dormir na sua cama;
  • Não aponte apenas críticas negativas;
  • Não o deixe horas em frente aos ecrãs;
  • Não o exponha nas redes sociais;
  • Não permita que coma ou beba fast food rotineiramente;
  • Não permita faltas de respeito;
  • Não ignore irresponsabilidades;
  • Não ceda a todos os pedidos;
  • Não ignore sentimentos e emoções.

familia (2).jpg

 

Precisamos abrandar o ritmo da vida e ensinar as crianças a fazê-lo

Vivemos num mundo repleto de horários e tarefas a cumprir, o stress e o que temos para fazer invade-nos a mente o dia inteiro… se vivemos assim como adultos, as crianças vivem assim com os adultos! Partilham estas ansiedades das rotinas repletas de atividades e acontecimentos, onde o ‘não ter nada para fazer’ parece um conceito malfadado que prejudica as pessoas de bem…

Com isto temos dificuldade em colocar as crianças em momentos de tranquilidade, silêncio, reflexão e meditação… assim, quando chegam às escolas e precisam de atenção, silêncio e concentração, não o conseguem fazer, não foram educadas nem sensibilizadas para tal tarefa e para tal importância.

É necessário que as crianças vivam com famílias que tenham tempo para ser família… para conversar, para brincar, para discutir sobre temas importantes e também para estar em silêncio, numa análise e avaliação pessoal.

Quando as crianças têm medo do escuro, que traz o silêncio e a tranquilidade, é porque não conseguem apreciar este momento de paz e tranquilidade, então, provavelmente, esta criança não está tranquila, nem aprendeu a tranquilizar-se e tirar partido desses momentos.

O desenvolver de tais capacidades e o proporcionar de tais momentos deve começar nos primeiros anos de vida, encontrando alguns momentos para controlar a respiração, o pensamento, a mente… o acalmar, fazer silêncio, relaxar…

vida.jpg

 

Sabe que o seu filho tem contas ‘só para friends’ nas redes sociais?

Diálogo entre mim e um/a estudante de 3º ciclo:

«Eu: _Afinal quantas contas de Instagram tens?

Estudante: Só tenho duas… uma oficial e outra para os ‘friends’…há quem tenha mais!

Eu: _Para que precisas de duas contas?

Estudante: _Há coisas que só quero partilhar com os amigos»

 

Com o passar dos anos e pelas conversas que tenho com estudantes, tenho percebido que os gostos pelas redes sociais são enormes, mas que não são iguais às dos adultos eles, por exemplo, não gostam de facebook e utilizam bem mais o instagram, o que mais gostam de partilhar são fotos individuais ou com amigos e estão horas em conversas, através destas redes.

Como eles partilham muitas coisas que consideram privadas, tanto em comentários com em conversas, acabam por criar uma ou mais contas, para além das que são conhecidas pelos pais e demais familiares.

Nós sabemos que todos os pais vão às contas dos filhos, muitas vezes até têm as passwords, estão atentos às publicações e às amizades, é claro que, eles também sabem… por mais que isso seja feito de forma muito discreta! Então, criam uma nova conta, onde selecionam muito bem as amizades e onde partilham coisas que consideram mais privadas, como amizades, namoros, situações que acontecem na escola, ou no grupo de amigos.

Nesta(s) outra(s) conta(s) não precisam de apagar conversas, nem comentários, como fazem nas contas ditas ‘oficiais’, e tornam-na um ‘quase diário sagrado’ onde só chega quem querem.

Esta situação não me parece alarmante, no entanto, as famílias devem estar atentas às redes sociais ‘ditas oficiais’ e devem também estar alerta para estas práticas comuns… sempre com grande descrição e com respeito pela privacidade, pela qual eles tanto lutam!  

jovens (1).jpg

 

Dia 1 de junho: Dia Mundial da Criança

«_ Antes era o único dia em que comíamos batatas fritas na escola… agora nem isso…» dizia-me uma estudante de 3º ciclo, ao reclamar que tinha testes nesse dia.

«_ Já tens pouco de criança, és bem mais adolescente…» respondi eu… resposta pronta que uso, sempre que lhes quero lembrar que a responsabilidade deve vir com a idade e com a vontade de crescer!

Mas, na verdade fiquei a pensar sobre o assunto e sobre como está deturpado este Dia Mundial da Criança, porque o objetivo não é comprar mais um presente, oferecer mais um momento de brincadeira, ou permitir que se comam guloseimas.

Este Dia deveria ser lembrado por inúmeras outras razões: ainda continuam a existir crianças que sofrem condições desumanas, que passam fome, que vivem em guerra, que sofrem de violência, que são escravos do trabalho! Situações que a humanidade não pode continuar a permitir, ou apenas a lamentar… como se estivesse demasiado longe…como se os outros é que têm de agir…

Hoje é Dia de toda a humanidade refletir sobre os Direitos das Crianças e ponderar sobre a melhor forma de os assegurar, a cada menino e a cada menina!!!

1 junho.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Blogs Portugal