Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Notas para Composições: Tipos de Texto

No final da tua ficha de avaliação, na disciplina de Português, lá se apresenta o grupo que te propõe a escrita de um texto… para isso tens várias orientações, o assunto que deves seguir e o Tipo de Texto.

Podes ter, então, vários Tipos de Texto:

Texto Narrativo: tem três momentos fundamentais: introdução, desenvolvimento e conclusão, que deves sempre seguir. Para além disso, no teu texto, tem em conta o seguinte:

  • A ação: os acontecimentos;
  • O tempo: onde decorrem os acontecimentos;
  • O espaço: locais onde estes decorrem;
  • As personagens: quem intervém na ação;
  • O narrador: aquele que relata toda a ação.

 

Texto Descritivo: para escreveres um texto descritivo deves ter em atenção que a descrição das personagens, dos objetos, dos espaços e de tudo o que envolve o teu texto deve estar bem caracterizado e a sua descrição deve ser bem clara e desenvolvida.

Texto Instrucional: não é um tipo de texto tão solicitado, mas é bem conhecido por todos nós. São aqueles textos que nos orientam na realização de algo, com ordens ou conselhos, como por exemplo, uma receita de bolos, a orientação para a construção de um origami, ou o livro de instruções de um equipamento.

 

Texto Conversacional: tal como o nome indica será um texto que tem por base conversas, onde podes distinguir:

  • um diálogo: troca de palavras entre as personagens;
  • um monólogo: quando alguém fala para si próprio;

 

Texto Expositivo: quando te solicitam para que escrevas um texto expositivo, deves ter o cuidado de apresentar um conjunto de informações sobre um determinado assunto que te foi pedido. Por exemplo, se te for pedido que escrevas um texto expositivo sobre baleias, deves escrever sobre as características e comportamentos das baleias, o mais detalhadamente que consigas.

No Post seguinte, haverá mais informação sobre o assunto!

portugues.jpg

 

 

Descrição Oral sobre um Objeto Sentimental

No estudo das línguas, é necessário ensinar e avaliar a oralidade, a forma como se expressa na língua, como comunica, como pronuncia… Portanto, na escola, ser oralmente avaliado a uma das disciplinas de Português, Inglês, Espanhol,… é algo a que os alunos estão habituados.

As propostas de avaliação são diferentes e tornam-se mais complexas conforme os anos de aprendizagem da língua vão aumentando.

A apresentação à turma de um objeto sentimental, através da sua descrição e enquadramento pessoal pode ser uma das propostas, muitas vezes, vinda do professor de Português.

Para ajudar e orientar esta apresentação, deixo algumas dicas:

 

  • Escolha do objeto:

Não procures um objeto comum a muitos dos teus colegas, como o telemóvel… perde muito em originalidade. Seleciona algo bem pessoal, por exemplo, um objeto usado num desporto que pratiques, numa arte que aprendes; um objeto que te acompanhe desde a infância; um prémio recebido; algo oferecido por alguém especial….

  • Responde às seguintes perguntas:

 

Onde compraste, recebeste?

Tua idade quando adquiriste?

Idade do objeto?

Características os objeto?

Qual o valor sentimental e porquê?

Onde está guardado?

O que significa quando o usas, ou observas?

Algum sonho (futuro) que o objeto te traga?

 

  • No momento da apresentação:

As perguntas anteriores já devem estar todas organizadas num texto simples e coerente, previamente memorizado. Como vais falar sobre algo pessoal, não será difícil esta memorização. Nesta apresentação não te demores mais de 5 minutos.

De acordo com as orientações do professor, podes fazer um powerpoint para te orientar, com mais fotografias e títulos, nunca com todo o texto que irás dizer.

Leva o objeto contigo e mostra-o aos colegas e ao professor, assim que comeces a apresentação, volta a pegar nele se precisares de mostrar alguma característica específica, deixa-o sempre em lugar de destaque enquanto decorre a tua apresentação. Procura usar as tuas palavras e não somente ler o que escreveste.

No final, pergunta se entenderam e se querem fazer alguma pergunta… por fim agradece! 

estudar linguas.jpg

 

As disciplinas de Religião e Moral

Não querendo seguir pelo caminho da crítica reflexiva sobre este tema, pretendo com este texto apenas, esclarecer e alertar para as opções curriculares da nossa escola atual.

O Estado Português assume ser detentor de uma Educação Laica, quer isto dizer que as nossas escolas devem permanecer na liberdade, no que diz respeito à religião e às crenças. Por esta razão, no ensino não está consagrado a obrigatoriedade de frequentar disciplinas de educação religiosa. Estas disciplinas apresentam-se apenas como opções, não obrigatórias, no plano curricular atual.

Neste sentido, cabe à família, no início do ano letivo, definir se pretende incluir, no plano de estudos, uma das seguintes alternativas: a disciplinas de Educação Moral e Religiosa Católica ou a disciplina de Educação Moral Religiosa Evangélica, ambas com uma carga horária semanal de um tempo letivo (60min/45min).

De forma muito simples, os objetivos gerais destas disciplinas serão facultar aos estudantes a opção de integrarem na sua educação escolar, uma educação religiosa e moral. Algumas famílias complementam o ensino da religião com outras formações extra curriculares, como o exemplo da Catequese, ou os Escuteiros.

Atualmente, debate-se sobre a existência, ou não, de tais disciplinas nas escolas... respeito a opinião de cada família, que devem fazer a sua escolha de forma muito ponderada e refletida, até porque é uma escolha e não uma imposição!

Na minha opinião, seja na escola, ou fora dela, ensinar valores e moralidade, refletir sobre questões éticas, conversar sobre Amor e Respeito… é de extrema importância para quem cresce, seja em que situação for… e é também urgente!!!

c2e4473d9d599a5b4cd932d2d45ae007.jpg

 

Estudar gramática para o teste…

Quando chega o momento de estudar para a disciplina de Português, muitos estudantes têm dificuldade em definir qual a matéria gramatical que devem estudar.

A partir do segundo ciclo (5ºano), os estudantes já aprenderam grande parte da gramática, embora ela seja mais aprofundada ao longo dos seguintes anos letivos.

Se precisa auxiliar, um estudante, na realização desse estudo concretize exercícios com ele, sobre classes e subclasses de palavras:

  • Pronomes;
  • Adjetivos;
  • Verbos;
  • Advérbios;
  • Determinantes;

Esta será matéria que deverá sempre ser revista e memorizada. Para além destas classes e subclasses de palavras, outros temas da gramática, estudada na matéria anterior, deve também ser relembrada.

 

Imagem relacionada

(imagem retirada da internet)

Tens de Ir Estudar! – Trabalho diário

estudante.jpg

 

Alguns estudantes incorrem no erro de assumirem o trabalho diário escolar como pertencente apenas à escola, e em casa reservam o momento do estudo apenas para realizar os trabalhos de casa e se existirem… e apenas estudam para o teste no dia anterior.

Esta atitude está realmente errada, o sucesso escolar depende do empenho e dedicação do estudante e é pedra basilar na construção de efetivas aprendizagens.

Certamente é necessário ter em linha de conta algumas especificidades do estudantes que podem dificultar a aprendizagem ou a concentração. Mas, de uma forma geral o estudante deve estudar diariamente em casa, alguns dias sozinho, outros dias com um apoio/orientação (explicador/pais/irmãos…).

Este trabalho diário deve contemplar a realização dos TPC’s e de alguns trabalhos de pesquisa que sejam solicitados na escola. Seguidamente é necessário verificar na agenda se existem testes, ao longo da semana, para se realizarem resumos ou exercícios da matéria.

Se estas etapas anteriores não existirem realiza-se um estudo da matéria dada de duas ou três disciplinas diferentes. A matéria deve ser estudada através do livro da disciplina e dos apontamentos retirados na aula, (refletir sobre a realização dos apontamentos poderá ser tema debatido posteriormente).

Neste ponto é importante lembrar a necessidade de uma boa e adequada gestão do tempo.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
Blogs Portugal