Com um olhar pluridimensional sobre a EDUCAÇÃO, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida... este é um convite para conversar sobre educação.

12
Dez 16

 Na maioria das vezes, os educadores procuram as causas para as várias situações pedagógicas… para a Disgrafia não é exceção, pois torna-se mais fácil descobrir o tratamento após o encontro da causa. Neste caso não são assumidos pelos investigadores apenas uma causa, mas várias, seja por alguma carência de motricidade ou de equilíbrio que torna a criança com dificuldade de ajuste espacial. Seja por problemas emocionais ou da própria personalidade, por fim, seja pelas metodologias de ensino não serem as mais adequadas a este processo pedagógico de aprendizagem da escrita. Tal como escrevi no Post anterior, o profissional que acompanha o estudante fará o melhor diagnóstico e o melhor acompanhamento.

Com tudo isto note-se que, um estudante Disgráfico não é naturalmente detentor de menor inteligência, nem essa é causa para fundamentar tal distúrbio, assim sendo, todos os estudantes, independentemente das suas necessidades, competências e capacidades deve ser entendido como único e potenciador do seu próprio sucesso escolar. 

disgrafia-e-disortografia-6-638.jpg

 

publicado por Maribel Maia às 14:34

Junho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
Instagram
blogs SAPO