Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Falta cultura geral aos estudantes portugueses!

As Provas de Aferição transparecem existir falta de cultura geral nos alunos das escolas portuguesas, diz a opinião pública. Através das provas de aferição dos alunos de alguns anos de escolaridade, verifica-se que a grande maioria apresenta dificuldades em realizar exercícios físicos e de raciocínio e, de uma forma geral, o Governo Português, refere que estas dificuldades são fruto de uma falta de cultura geral dos alunos, nos diversos anos escolares.

Com este Post, a minha intenção não se prende com a crítica a estes dados ou com estas elações. O objetivo é deixar algumas sugestões que poderão aumentar o conhecimento geral, com isso aumentar a cultura e a capacidade racional e física.

É de notar que algumas destas sugestões terão preços mais elevados de que outras, até porque, como bem sabemos o acesso à cultura em Portugal é paga e tem poucos apoios financeiros.

Assim, ficam algumas sugestões para todos os ‘bolsos’ e que devem fazer com os estudantes:

  • Façam experiências químicas/físicas em casa, podem fazer uma breve pesquisa na internet, ou comprar kits previamente preparados;
  • Leiam diariamente, podem requisitar livros na biblioteca ou comprar;
  • Visitem mais museus, galerias e exposições;
  • Viagem mais…antes de viajar definam o que fazer, onde ir, através do mapa do local/nacional;
  • Assista a concertos de música (inclua vários géneros musicais);
  • Vá mais vezes o teatro;
  • Explique fenómenos naturais e converse sobre momentos históricos com a mesma naturalidade e frequência com que conversa sobre outros assuntos;
  • Defina o visionamento de alguns documentários, em família;
  • Selecione filmes que acrescentem reflexão moral e ética;
  • Crie curiosidade sobre algumas situações e façam uma investigação/pesquisa na internet em conjunto;
  • Inclua uma atividade extracurricular desportiva/cultural, etc;
  • Promova as brincadeiras e os passeios ao ar livre;
  • Explique conceitos políticos e de cidadania;
  • Promova a interação entre estudantes das mesmas idades;

Que mais acrescentariam a esta lista, com o intuito de melhorar a cultura geral de quem estuda (dos/as futuros cidadãos)?

vida ensina (1).jpg

 

Dia de Halloween

Dia do Halloween é comemorado, em Portugal , no dia 31 de outubro. Muito embora no nosso país não exista muito essa tradição, o Halloween, ou Dia das Bruxas é celebrado um pouco por todo o mundo, mas é uma data especial em países como os Estados Unidos da América, Irlanda, Canadá e Reino Unido.

Os símbolos deste dia são as abóboras, bruxas, aranhas, morcegos e velas, entre outros. Neste dia à noite as crianças mascaram-se de forma assustadora e percorrem as ruas, batem às portas para pedirem guloseimas. Quando a porta abre dizem "doçura ou travessura?". Se as pessoas não lhes derem doces ou guloseimas, as crianças têm permissão para fazer uma travessura.

Através das aulas de Inglês nas nossas escolas, esta iniciativa ganha, cada vez mais, adeptos em Portugal.

Como este ano voltou o feriado no dia 1 de novembro, a maioria das crianças vai pedir para ir com os amigos pelas ruas, mascarados para recolherem as maravilhosas guloseimas. Será uma atividade muito divertida, contudo as crianças devem sempre levar um adulto que oriente, proteja e ajuste as travessuras.

Por aí, as vossas crianças vão-se mascarar e percorrer as ruas vizinhas???

 

halloween-wallpaper-6.jpg

 

FÉRIAS: a importâncias das visitas culturais

A maioria das férias de verão são passadas na ausência dos pais, que têm muito menos dias de férias e que procuram o melhor lugar para deixar os seus filhos nestes longos períodos… contudo, todos os estudantes anseiam os momentos em família, sejam as férias, ou os fins de semana… seja pela atenção que recebem, pelos passeios e pela partilha de experiências…

Nestes momentos, sempre que a família conseguir, é importante realizarem momentos culturais em conjunto, (visitas a museus ou exposição, idas ao parque ou ao jardim zoológico, participação em concertos, viagens a lugares diferentes, dentro ou fora do país…) são tantas as ofertas, basta um pouco de imaginação e os habituais cuidados financeiros em cada família. Estes são momentos especiais, de muita aprendizagem inconsciente e de elevado desenvolvimento racional e emocional! Boas férias em família…  

images (20).jpg

 

 

A Aprendizagem Não se Esconde na Escola

Grande parte dos estudantes gosta de incluir nas suas rotinas e passeios de fim de semana, visitas a espaços sociais ou culturais, seja na companhia da família ou dos amigos.

O convívio social, o contacto com lugares geográficos diferentes, com tradições e culturas heterogéneas, ou gerações dispares, proporcionam maior sensibilidade para a inclusão, solidariedade e respeito.

A visita a espaços culturais e artísticos, como exposições, teatro, cinema, concertos, etc… são momentos fortemente potenciadores de desenvolvimentos de competências, proporcionando uma aprendizagem rica, rápida e descontraída em crianças, jovens e adultos.

Os estudantes adquirem em todas estas experiências artísticas conhecimento advindo dos seus cinco sentidos e do contacto direto com a realidade, tornando os saberes de mais fácil memorização e entendimento. Como nos afirma Andreia Valquaresma & Coimbra, na revista Educação Sociedade & Culturas, (2013) «(…) o potencial da educação artística no desenvolvimento da criatividade, considerando a sua inclusão nos curricula educativos como fundamental, uma vez que a arte introduz uma diferenciação qualitativa única, que promove o acesso a uma visão singular da realidade e potencia o processo de complexificação das estruturas cognitivas».

Interessa lembrar também que, nem sempre proporcionar estas vivencias aos estudantes tem de ser tarefa financeiramente dispendiosa, todas as Câmaras Municipais proporcionam aos seus cidadãos  agendas culturais a valores simbólicos ou mesmo gratuitos, assim como, muita oferta cultural e artística apresenta descontos para estudantes… basta alguma motivação e atenção por parte dos encarregados de educação na procura e incentivo a estas atividades.

frase-nunca-pare-de-aprender.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D