Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Mutismo seletivo em crianças

Acredito que, nem todos os leitores deste blogue saibam de que se trata este Mutismo Seletivo, algo que pode afetar crianças, jovens e adultos sendo que, em adultos, é designado por Fobia Social.

Para que as famílias possam estar alerta, deixo aqui um pequeno esclarecimento sobre o conceito:

Mutismo Seletivo enquadra-se nas questões de distúrbio psicológico e carateriza-se pela recusa da criança em falar em algumas situações ou com algumas pessoas, no entanto, apresenta estas mesmas capacidades em outras situações diferentes. Estas criança demostram capacidades em conversar com os elementos da família mais chegados, com outras crianças e até com os animais de estimação. Este conceito está associado, principalmente, a crianças mais tímidas, mais ansiosas ou introvertidas.

 

Para além destas características, as crianças podem apresentar as seguintes dificuldades:

  • Dificuldade em manter contato visual;
  • Não costumam sorrir em público ou permanecem com expressões vazias;
  • Movimentam-se de forma rígida;
  • Não são capazes de lidar com situações nas quais deveriam falar normalmente, como saudações, despedida ou agradecimentos;
  • Tendem a ter uma preocupação mais exagerada com as coisas quando em comparação com o população em geral;
  • Costumam ser mais sensíveis ao ruído e a locais com muitas pessoas;
  • Apresentam dificuldade em falar sobre si ou em expressar sentimentos.

(In: https://www.infoescola.com)

Este Mutismo Seletivo pode ser tratado por psicólogos, através da terapia cognitivo-comportamental, ou por outros profissionais adequados. No entanto, para melhor recuperação as famílias devem estar alerta e não confundirem estes casos com simples situações de timidez.

Por tudo isto, vale a pena lembrar!!!

mundo.jpg

 

O peso do conhecimento - a mochila!

Quando se inicia a escola ficamos ligados às mochilas para muitos e muitos anos, elas levam os livros, os cadernos, o material escolar, os lanches, a roupa de desporto e tanto quanto mais couber. Estes objetos andam sempre às costas de segunda da sexta a todas as horas e em todos os intervalos. Por isso deve ser motivo de reflexão e atenção.

Muitas escolas têm cacifos de apoio aos alunos, para guardarem os seus pertences e deixarem assim as mochilas mais leves. No entanto, todos os anos letivos ficamos preocupados com o peso que esses sacos têm de levar… Penso que isso é bastante visível no 7º ano de escolaridade, quando as disciplinas aumentam e por consequência livros e cadernos também.

Na procura de um alívio, neste sentido, alguns manuais estão divididos em dois ou três volumes, para que o aluno possa ter menos umas páginas para carregar. As famílias, às vezes, optam pelo formato trolley para que se tenha apenas de puxar, mas a postura continua a não ser a mais correta e as escadarias são sempre uma realidade.

Contudo, não podemos, simplesmente, deixar os estudantes terem falta de material porque não podem com todos os livros escolares às costas.

De forma a melhorar essa situação relembro alguns conselhos:

  • Junto dos professores assuntem quais os livros dispensáveis em alguns dias;
  • Utilizem um caderno para duas disciplinas;
  • Separem a roupa de desporto noutro saco;
  • Lembrem que os livros de fichas nem sempre são necessários;
  • Adquiram material leve;
  • Usem um porta-lápis extra para Educação Visual;
  • Arquivem fichas e testes, em casa, quando já não são necessários;
  • Revejam a mochila e pertences em cada período, retirando o que já não é necessário;
  • Recordem que é necessário uma limpeza e organização constante de mochilas, malas e estojos;

mochila.jpg

(imagem retirada da internet)

Lista de material para 1º ciclo:

Quando as crianças iniciam, pela primeira vez a escola, a aprendizagem de toda uma nova experiência não é apenas para ela, é também para as famílias que passam a lidar com um cem número de novas rotinas, novas responsabilidades e novas vivências.

Dentro de tudo isto, algo simples, mas que preocupa muitas famílias é o material escolar que irão precisar de adquirir para o ano letivo. Bem, não vale a pena o desespero! As escolas irão facultar a lista com todos os materiais necessário para o ano letivo.  Basta seguir as compras de forma regrada e procurando não comprar materiais muito caros, para não gastarem mais do que o pretendido.

Se têm alguma curiosidade, ou precisam de uma base de orientação sobre a lista destes materiais, deixo aqui uma dessas listas, certamente não será igual à que receberá na escola do seu educando, mas será muito próximo, portanto, partilho esta pequena orientação. 

material escolar1.jpg

 

Aprender a organizar os seus brinquedos

As férias não devem ser vistas pelos estudantes como momentos de puro ócio, em que nada é necessário fazer. Algumas tarefas domésticas e responsabilidades devem ser partilhadas e definidas, por todos os elementos da família. Mesmo as crianças mais pequenas devem ter algumas tarefas destinadas, nem que seja apenas arrumar os brinquedos.

Para ensinar os pequeninos a organizarem e arrumarem os seus pertences, pode seguir estas dicas:

 

  • Tenha um lugar definido na casa para os brinquedos;
  • Tenha armários ou caixas simples para que a criança possa usar;
  • Crie momentos para arrumar, uma ou mais vezes, por dia;
  • Faça da arrumação um jogo divertido;
  • Ofereça pequenas recompensas pelo bom trabalho;
  • Elogie e respeite muito o esforço e empenho na tarefa.

pre escolar.jpg

 

Diversão Rápida…

... para crianças!

Está agora no trabalho, e o(s) seu(s) filho(s) já reclama(m) de não ter nada de diferente para fazer, além de jogar telemóvel e ver TV… Pois, não é nada saudável nem imaginativo. No entanto, pode não ter muito tempo para pensar em algo diferente e simples para propor!!

Se esse é o seu caso, em anexo, deixo umas páginas simples que basta imprimir, agora mesmo, e levar para casa: são fichas com caça palavras, labirintos e outras atividades para realizar e colorir… simples e eficaz!

As imagens foram recolhidas da internet e compiladas num só documento, se pretender mais fichas de trabalho como estas basta realizar um pesquisa pela internet e encontrará, estas e outras fichas propostas!

As fichas adequam-se a crianças entre os três anos de idade e o 1º ciclo… basta abrir o ficheiro, escolher as que melhor se adaptam à sua criança e clicar em PRINT…

fichas de trabalho_2020.pdf

 

dicas férias.jpg

 

A história de Uma Menina Traquina…

Estamos em férias e já é oportuno voltar a partilhar mais uma das minhas Histórias & Contos.

Desta vez o Educar(Com)Vida apresenta a história de Uma Menina Traquina de cinco anos que consegue deixar os nervos em franja do seu Anjo da Guarda…

 

Quero que este Conto seja feito ‘a duas mãos’… eu escrevi a história, mas serão os vossos pequenos os ilustradores… basta imprimir, desenhar e pintar!!!

No final a família ficará com uma história única e personalizada!

Quem quiser partilhar o resultado final… ficarei muito feliz em ver a originalidade dos vossos ilustradores/as!!!

A menina traquina.pdf

 

Boas leituras!

contos histórias (3).jpg

 

Peddy Paper: Imprima e divirtam-se!

Por cá, tenho partilhado alguns Peddy Paper que poderão encontrar no separador deste blog: Partilha de Documentos.

Este ano volto a apresentar, mais um novo Peddy Paper escrito por mim, com o seguinte tema: Alimentação Saudável.

 

Para experimentar faça download do documento, em baixo, imprima um por equipa ou estudante e siga as regras:

 

Requisitos:

Pode ser realizado em casa, ou noutra instituição, desde que os participante possam ter ao seu alcance livros e acesso à internet, para pesquisas, assim como o acesso a todos os lugares da casa onde se encontram a realizar o Peddy Paper, devem ser facultadas canetas, lápis e lápis e cor/marcadores.

Pode ser feito em grupo ou individualmente, pode ser em família, com apenas duas crianças, ou numa pequena festa, divididos em pequenos grupos e misturados por idades.

Avaliação:

Serão classificados com melhor nota os grupos (ou criança) que mais rápido conseguir elaborar todas as propostas num menor tempo possível. Sendo que, o adultos(s) que avaliará os resultados pode sempre adaptar as regras de realização, antes do início do jogo.

O grau de exigência na avaliação deve ter em conta a idade dos participantes, sendo que para participar basta que um membro do grupo saiba ler corretamente.

PeddyPaper_2020.pdf

peddy paper.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D