Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

JOGOS PEDAGÓGICOS: Fazer amoeba/slime

Alguns jogos que podem ser divertidos e educativos em simultâneo, podem educar para as emoções, podem melhorar o desenvolvimento físico, podem exercitar capacidades intelectuais. Por estas razões, hoje traga-vos uma proposta de uma atividade pedagógica que pode ser realizada em famílias e/ou por educadores/as.

A amoeba ou slime é uma massa viscosa e fácil de moldar que melhora e apoia no desenvolvimento das capacidades criativas, ajuda na motricidade fina e promove algum relaxamento aquando do seu uso.

Estas amoeba ou slime pode ser comprado, ou feito de forma caseira:

Como fazer amoeba:

1 pacote pequeno de bicarbonato de sódio ou boráx

1 tubo de cola branca normal

Tinta guache da cor que pretender

Água mineral

  1. Num recipiente de vidro verta a cola branca. A quantidade irá depender de quanta amoeba pretende fazer.
  2. Num copo com 150 ml de água, adicione 3 colheres de sopa de bicarbonato de sódio ou boráx até diluir bem.
  3. Despeje a tinta de guache no recipiente com a cola branca, até que atinja a tonalidade cor desejada.
  4. Pegue no copo de água com bicarbonato de sódio ou boráx e verta, aos poucos, no recipiente de cola branca e mexa.
  5. Quando a mistura descolar do recipiente e das mão, está a chegar ao ponto certo… a amoeba. Está pronta!

(Este é um método de amoeba retirado da internet, lá poderá encontrar outros de acordo com os gostos da pequenada)

Aproveitem estas férias para colocar ‘mãos à obra’!!!

jogos pedagogicos (4).jpg

 

 

O amigo imaginário: quando e porquê?

Por cá já escrevi sobre a importância do brincar para as crianças, pois dessa forma elas aprendem a conviver e a lidar com situações reais diárias, desenvolvendo novas conexões cerebrais, novos comportamentos e diferentes emoções.

Em paralelo com estas brincadeiras de faz de conta, pode surgir a existência de um amigo imaginário, ou seja, alguém presente na imaginação da criança que não existe verdadeiramente, mas que nestas brincadeiras participa e está presente muitas vezes, este amigo imaginário poderá ser uma, ou mais pessoas, ou até um animal.

A presença deste amigo imaginário pode ocorrer pelos 3 anos e desaparecer, naturalmente, pelos 6 anos de idade, esta forma de imaginação surge como um apoio à criança, no combate ao stress e à solidão, uma vez que, este se torna uma presença segura, em momentos de maior medo, fazendo a criança sentir mais segurança e conforto, em algumas situações.

Por estas razões as famílias não devem ficar preocupadas com tal situação, podem até utilizar este amigo imaginário para melhorar a comunicação de sentimentos e ansiedades, perguntando o que o amigo diz ou sente… para além disso, não se deve ridicularizar ou desmentir a existência, devem respeitar o tempo para que tal existência se desvaneça…

crianças (1).jpg

 

Proposta de tarefas...

Agosto vai ser fixe!

Tal como em anos anteriores, partilho uma atividade diferente para cada dia, deste próximo mês de agosto.

Para que as crianças e adolescentes já não digam mais: "não tenho nada para fazer!"

Para além disso, assim as férias não se resumem apenas: a jogar no telemóvel!

agosto.jpg

Em formato pdf (para imprimirem): 

Agosto vai ser fixe.pdf

 

 

A importância do 1º ciclo.

Para a maioria das crianças que frequentam o 1º ciclo estudar não passa de fazer os trabalhos de casa e rever, de forma ligeira, a matéria antes das avaliações. Também, nestas idades, a vontade de brincar é bem maior do que todas as outras necessidades e, estudar não parece ser de grande valor. No entanto, aos poucos as famílias, em conjunto com a escola, devem começar a explicar a importância do estudo e do conhecimento para uma vida mais digna e consciente.

Para além de tudo isto, aquelas crianças que apresentam dificuldade a alguma das disciplinas base devem receber atenção especial e um apoio adicional, isto porque estas disciplinas serão fundamentais para sustentar os anos futuros. É muito importante que um estudante dê início ao 2º ciclo com as melhores bases de conhecimento, por exemplo, na língua portuguesa e na matemática, pois estas irão sustentar as variadas disciplinas que se irão ramificar e complementar.

Sabemos que, uma criança que apresente mais dificuldades no 1º ciclo terá mais dificuldades nos anos letivos seguintes, contudo, sabemos também que estas dificuldades podem ser superadas mais rapidamente quando são detetadas precocemente…assim, estudar no 1º ciclo é um presságio para consolidar um bom aluno no futuro!

conceitos (1).jpg

 

Só quem convive com crianças pequenas sabe!

Só quem convive com crianças de 3, 4 ou 5 anos reconhece algumas situações, tão específicas, e que fazem desta idade uma descoberta maravilhosa.

Há poucos anos, foi-me proposto um desafio pedagógico com crianças dessas idades. Após ter experienciado tal privilégio posso partilhar:

Só quem convive com crianças pequenas é que sabe…

 

  • O que é assistir a uma discussão sobre qual é o dia da semana em que estamos;
  • O que é receber um abraço tão inesperado, mas tão doce e sincero;
  • Que se pode resolver todos os problemas com os pedidos de desculpa;
  • O que é ouvir toda uma longa frase e, por vezes, não perceber sequer metade da informação;
  • Conseguir trocar umas lágrimas por um sorriso apenas com simples gestos;
  • Que basta uma divertida brincadeira e não há um dia mau;
  • Que todas as atividades e jogos se resumem ao espetacular;
  • Esquecer tudo enquanto cantamos e fazemos gestos;
  • Sentir a recompensa da dedicação a cada minuto que passa…

crescer.jpg

 

Histórias & Contos:

de onde vem a beleza?

Hoje volto a partilhar mais uma história, daquelas que fica guardada no separador de Histórias e Contos para ser lida e relida... é uma história tão simples que mostra a beleza, a humildade, a solidariedade... 

Bem, têm mesmo de ler para descobrir. 

Boas leituras!

De onde vem a beleza.pdf

contos histórias.jpg

 

Dia Internacional do Brincar!

Mas que dia tão belo de comemoração…. dia internacional do brincar… só de pensarmos neste conceito, lembramo-nos de tantas coisas boas: da nossa brincadeira preferida… dos nossos tempos de criança…. do sorriso de uma criança a brincar… da magia que a brincadeira nos traz…

Neste dia, vamos lembrar a importância de brincar para as crianças de hoje, é preciso ter tempo para brincar, para aprender no brincar com o outro, para aprender a brincar sozinho/a…

Queridas famílias hoje lembrem-se do quanto é importante a vossa criança Brincar!!! Feliz dia!

brincar e aprender.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D