Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Uma história para ler e colorir!

Em tempos de ficar em casa com as crianças, o melhor é proporcionar-lhes momentos de leitura, aumentam a imaginação e trazem sempre um bela reflexão!

Para dar continuidade a este espaço dedicado às histórias e contos, hoje partilha um novo texto para lerem com os mais pequenos. E, de forma a tornar esta história mais divertida, ela encontra-se ilustrada, com desenhos que podem ser coloridos, após a leitura.

Aqui fica: Em casa, sim… Doente, não!!!

Em casa, sim... Doente, não!.pdf

contos histórias (1).jpg

 

Mãe, posso cozinhar?

Diálogo entre mim e um/a estudante de 2º ciclo:

«Estudante: _ Hoje sou eu que vou fazer a sobremesa.

Eu: _Já sabes cozinhar?

Estudante: _Pouca coisa… mas já está na hora de eu começar a aprender mais alguma coisinha…»

 

Há alguns tempos atrás, a televisão portuguesa, mostrou-nos programas de grande audiência em que as crianças apresentavam os seus dotes culinários, na confeção de pratos e sobremesas, bastante elaboradas. Tenho a certeza que, aí por casa de muitas famílias se perguntavam como era possível crianças tão novas mexerem assim nas facas afiadas, nos fogões a altas temperaturas e em tantos perigos, tudo em simultâneo!?

Com isto, não quero dizer quais as atitudes mais certas ou erradas nas cozinhas dos portugueses, pretendo apenas, ajudar na indecisão de algumas famílias para definirem onde as crianças podem ajudar na cozinha, de acordo com a sua idade. Esta forma de educação é tão preciosa como todas as outras e portanto, não deve ser descurada!!

Aqui fica uma pequena orientação:

crianças_cozinha.jpg

 

Para um apoio ao Estudo, em casa!

Manter crianças e jovens em casa, ao longo de vários dias, em quarentena é, de facto, muito desafiante para as famílias. O hábito de manter relações sociais, a falta de contacto com o exterior, pode gerar birras e aborrecimentos para quem cresce. 

Para além disso, este distanciamento forçado do sistema de ensino poderá trazer também uma desmotivação pelo estudo. 

Aqui, neste blogue, ao longo dos anos, tenho deixado materiais que poderão ser úteis neste momento, como complemento ao estudo.

 

Assim, deixo aqui os links, de forma organizada… basta escolherem o que precisam:

 

_ Fichas de estudo de Inglês

https://educarcomvida.blogs.sapo.pt/pequenas-fichas-em-ingles-188627

https://educarcomvida.blogs.sapo.pt/fichinhas-de-ingles-para-ferias-120238

 

_ Desenhos para colorir, jogos de palavras …

https://educarcomvida.blogs.sapo.pt/partilha-de-fichas-para-ferias-163909

 

_ Fichas de leitura

https://educarcomvida.blogs.sapo.pt/as-fichas-de-leitura-e-as-apresentacoes-130823

 

_Histórias para leitura

https://educarcomvida.blogs.sapo.pt/tag/historias&contos

 

_ Incentivos e Vales 

https://educarcomvida.blogs.sapo.pt/tag/incentivos

 

_ Fichas para os mais pequeninos

https://educarcomvida.blogs.sapo.pt/trabalhar-e-divertir-para-a-pequenada-116401

 

Captura de ecrã 2019-07-02, às 19.32.59.png

 

A janela para o isolamento: as novas tecnologias.

Diálogo entre mim e um/a estudante de secundário:

«Eu: Se passares a vida a ver TV os teus pais desligam-na.

Estudante: Já fizeram pior…

Eu: Então?

Estudante: Tiraram-me a ficha de alimentação do PC, porque eu estava a passar as minhas férias de verão todas em frente ao computador a jogar e minha mãe chateou-se…»

 

Cada vez mais, as férias de verão, ou as férias mais curtas, são mote para os estudantes deixarem um pouco os livros e dedicarem-se ao que mais gostam de fazer. O problema acontece quando aquilo que eles mais gostam de fazer é apenas uma coisa e remete-se simplesmente ao uso do computador ou tablet/telemóvel, para jogar, ver vídeos, redes sociais...

Os investigadores, entendidos nestas matérias, afirmam que um estudante deveria passar, apenas, duas horas por dia frente a estes ecrãs. No entanto, esta média está muito longe de ser cumprida e, cabe às família e a todos os educadores orientarem e limitarem a utilização destes equipamentos, de forma tão descontrolada e desregrada.

Cada vez mais é necessário:

  • Limitar os jogos tecnológicos apenas algumas horas, no final de semana;
  • Limitar o uso dos telemóveis e tablet diariamente;
  • controlar o acesso a páginas e sites;
  • Controlar a utilização das redes sociais;
  • Controlar a partilha de imagens e fotos;
  • Incentivar a comunicação interpessoal entre grupos e pares;
  • Incentivar a opção por variados jogos de mesa e ao ar livre;
  • Incentivar a leitura de livros e revistas e jornais…

propostas.jpg

 

Incentivos e Vales para crianças!

Mais uma vez, deixo aqui, alguns Incentivos e Vales, para oferecerem às vossas crianças… Isto porque, uma psicologia positiva, é imprescindível. Os mais pequenos sentem o reconhecimento dos adultos pelo seu esforço e empenho e ficam mais motivados e responsáveis.

Estes reconhecimentos não precisam de ser dispendiosos, muitas vezes, basta uma palavra de carinho e incentivo… se quiserem que essa palavra fique lembrada por mais tempo, então, podem imprimir os documentos, que aqui deixo em anexo, e entregam um dos incentivos, ou um dos Vales, que mais se adequam. Assim, tornam o momento mais especial e significativo!

Incentivos e Vales.pdf

palavras.jpg

 

Quais os objetivos do Pré-escolar?

O ensino pré-escolar pode ser facultado por instituições públicas ou privadas, sendo que toda a criança tem direito legal a frequentar este ensino numa instituição pública perto da sua residência.

Sem fazer qualquer distinção entre público e privado, lembro apenas que todas as instituições pré-escolares têm um Plano Curricular de Educação que deve seguir os parâmetros das orientações curriculares para a educação pré-escolar definidas pelo Ministério da Educação. Este Plano deve ser do conhecimento dos pais da criança, para melhor conseguirem acompanhar o seu desenvolvimento.

Em traços gerais, os Planos Curriculares de Educação, devem ter em linha de conta os seguintes objetivos:

  • Trabalhar no desenvolvimento harmonioso da criança, nas componentes: física, intelectual, artística e moral;
  • Desenvolver a imaginação, a criatividade e o sentido crítico;
  • Promover a autonomia com base numa liberdade responsável;
  • Desenvolver relações de confiança, de cooperação, de amizade e de diálogo; 
  • Educar para o multiculturalismo, para a tolerância e para o respeito;
  • Desenvolver a capacidade de Aprender a Aprender e a curiosidade intelectual;
  • Exercitar a memória, a atenção e o pensamento;
  • Motivar para o trabalho em grupo e para a capacidade de iniciativa;

pre escolar (1).jpg

 

A importância de ir para a pré-escola.

Há anos atrás as crianças pequenas de 4 e 5 anos mantinham-se em casa até entrarem para a escola, ou com a mãe ou com os avós, por exemplo. Mais tarde assumiu-se que, se frequentasse o pré-escolar a criança teria mais facilidade de adaptação à escola.

Atualmente, estudos indicam que existem ainda mais vantagens para as crianças se integrarem no ensino pré-escolar, pois facilita os processos de sociabilização e apresenta vários efeitos positivos a maior longo prazo, como por exemplo, a prevenção no abandono escolar e na exclusão social.

Assim, no pré-escolar as crianças começam por desenvolver uma nova capacidade intitulada de Aprender a Aprender, ou seja, vontade e curiosidade pelo saber, gosto pelo conhecimento e predisposição para a aprendizagem. Em simultâneo surge o desenvolvimento de novas competências sociais de cooperação e interação com crianças das mesmas idades.

No pré-escolar as crianças aprender a brincar em conjunto, a fazerem amizades e a executarem tarefas em conjunto, aprendizagens que se apresentarão de muito valor nos próximos anos.

Qual a vossa opinião sobre o assunto?

pre escolar.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D