Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Estudar com a escola na TV

Diálogo entre mim e um/a estudante de 1º ciclo:

Eu:_ Gostaste das aulas da telescola?

Estudante: _ A de Português quase era para dormir, mas a de Matemática até gostei…»

 

Alguns pais das crianças e jovens de hoje foram alunos da telescola, mas essa forma de ensino em nada se comparava à telescola dos dias de hoje.

A telescola dos dias de hoje, entra na casa de cada aluno, oferece um conjunto de matérias para dois anos letivos simultâneos, por vezes até mais e esta é a resposta do Governo para que os estudantes continuem a aprender tendo de ficar em casa.

Esta não é a única forma de aprendizagem, cada escola adotou outras medidas complementares de ensino, todas continuam a enviar trabalhos para o email e outras incluem vídeo aulas através da internet, para além disso, os alunos são convidados a realizarem trabalhos como complemento à avaliação.

No entanto, as matérias dadas através desta telescola não está em consonância com a matéria lecionada pelas escolas, o que traz um grande desfasamento entre esta formação e está a levar algumas escolas ao não incentivo da atual telescola.

Para todos os alunos que assistem diariamente à telescola, aqui ficam algumas orientações:

 

  • Assiste às aulas de preferência sozinho;
  • Retira toda a distração das proximidades, como por exemplo o telemóvel;
  • Responde às perguntas em voz alta;
  • Não te preocupes em escrever tudo, algumas propostas de TPC’s passam muito rápido... Para os que têm tv cabo, voltam atrás no final;
  • Anota as dúvidas no caderno e depois retira-as com a família ou com o teu professor;
  • Nos intervalos não fiques sentado, faz alongamentos e caminha um pouco;
  • Procura concentrar-te e estar atento, o melhor que conseguires…

 

E aí em casa, já desenvolveram novas estratégias para esta telescola?

estudoemcasa-partilha (6).jpg

 

Alunos de 11º e 12º voltam às salas de aula!

É já nesta segunda feira que os alunos de 11º e 12º anos voltam a sentar nas cadeiras das salas de aula, para iniciarem o 3º Período, de forma presencial. Até agora os seus estudos foram realizados em casa, através de vídeo aulas, estudo individual e trabalhos de pesquisa.

Mas, ainda falta mais de um mês para acabarem as aulas e estes alunos têm de estar preparados para realizarem os Exames Nacionais, estes Exames são de grande influência para quem pretende dar continuidade aos estudos no ensino superior, o que exige muito estudo e concentração.

Assim, neste período curto de tempo, estes estudantes terão de aproveitar as aulas presenciais para tirarem dúvidas sobre as matérias, deste ano letivo e dos anos letivos anteriores, para além disso têm de ter todos os cuidados de saúde necessários, pois a possibilidade de contágio por COVID – 19 ainda é uma realidade. Tudo isto pode despertar uma maior ansiedade e nervosismo a alunos, famílias e professores e que deve ser gerida da melhor forma possível.

Portanto, para os estudantes que hoje voltam às aulas e para as suas famílias, aqui ficam mais algumas dicas:

  • Escolhe muito bem os Exames Nacionais a que te propões e de acordo com o que pretendes no futuro, eles podem permitir ou impedir o acesso a determinados cursos universitários;
  • Faz uma tabela com toda a matéria já estudada e define a que mais precisa de revisão;
  • Elabora uma lista de dúvidas e questões para serem esclarecidas nas aulas;
  • Mantém-te atento nas aulas, como serão poucas, aproveita-as ao máximo;
  • Adquire os livros de preparação para exame, se sentires necessidade de mais resumos ou de mais exercícios;
  • Elabora um plano de estudos para realizares em casa e cumpre-o sempre;
  • Recorre a explicações individuais se sentires dificuldades no estudo.
  • Respeita as regras de distanciamento físico, para te protegeres e protegeres os teus colegas;
  • Presta atenção às novas orientações/regras que terás de seguir e mostra-te responsável;
  • Quando chegares a casa deixa o calçado à porta, coloca a tua roupa para lavar e toma um banho;
  • Cuida da tua alimentação, exercício físico e horários de sono, é fundamental para aprenderes e memorizares com facilidade;

Votos de um Bom Regresso, para todos/as!!! Sempre em segurança!!!

ensino (1).jpg

 

Como és avaliado nas aulas?

Muitos estudantes consideram na sua avaliação apenas as fichas de avaliação que realizam, ao longo dos períodos e ao longo do ano, para ponderarem sobre as suas notas finais. Mas, não se podem esquecer que, a participação em aula, a realização dos TPC’s, a demonstração de atitudes e valores, a responsabilidade… tudo isso conta para uma avaliação completa e correta.

Deves levar tudo isto em linha de conta, sempre que pensas na tua avaliação e na forma como desves estar/comportar dentro da escola!

Para melhor compreenderes como és avaliado, a cada disciplina, de uma forma geral e simples, podes ter em conta os seguintes critérios e valores:

avaliação.jpg

 

Tens de mudar de escola!

Podem ser pelas mais variadas razões mas, por vezes, as crianças ou jovens têm de se adaptar a uma mudança de escola e isso, implica perderem os colegas de vários anos, os professores e muito do que o fazia sentir seguro.

Em algumas situações nada há a preocupar, porque o estudante já é crescido, foi a opção dele e adapta-se com facilidade. Como existem casos muito variados, deixo aqui pequenas orientações, que poderão sempre ajudar:

  • Façam um primeiro (re)conhecimento da escola, com poucas pessoas e com tempo antes de começarem as aulas;
  • Se necessário, reúna com o diretor de turma e esclareça as suas inseguranças, as vezes que considerar necessário;
  • Crie momentos de convívio fora da escola para os novos colegas, como um lanche ou uma festinha;
  • Converse com o estudante, para perceber se tudo corre bem;
  • Inscreva-o numa atividade extracurricular oferecida pela escola e da qual ele goste;
  • Não tenha a tentação de estar sempre a ligar para saber se está tudo a correr bem;
  • Esteja atento/a nos primeiros dias às mudanças e às conversas, para aferir se tudo está a correr bem…

Boas aulas!

regresso (2).jpg

 

Horas e horas de estudo… será que resultam?

Diálogo entre mim e um/a estudante de 2ºciclo:

«Estudante: _ Podemos fazer um jogo sobre a matéria, ou assim?

Eu: _Porquê?

Estudante: _Foram testes a semana toda, estou cansado/a! Já não quero estudar mais… na segunda foi teste de ciências, na terça tive de me preparar para o teste de matemática, na quinta foi teste de inglês…. Já não consigo mais…»

 

Quando converso com os pais sobre as horas de estudo diárias que complementam os estudos na escola, seja em explicações ou em apoio a uma ou mais disciplinas, eu sublinho sempre que, na minha opinião, mais de duas horas diárias torna-se demasiado saturante para qualquer estudante, seja do 1º ciclo ou do nível secundário.

Na minha opinião, não podemos exigir um elevado grau de concentração e memorização durante mais de duas horas seguidas e, em termos práticos, quem desenvolve este trabalho com os estudantes percebe o aumento da saturação, das dificuldades e do cansaço ao longo deste período de tempo, mesmo para um estudante que não tenha tido um dia de aulas longo e/ou cansativo, a produtividade vai diminuindo muito naturalmente.

Percebo perfeitamente quando os pais, após uma manhã de aulas, deixam os estudantes uma tarde inteira no ATL, para que ele faça os TPC’s e depois estude… muitas vezes tudo isso perfaz mais de 4horas em frente aos livros escolares, com um pequeno intervalo pelo meio… considero esta situação demasiado cansativa e pouco proveitosa, que torna os estudantes desmotivados e aborrecidos quando isto permanece semana a semana.

Compreendo o desejo das boas avaliações e o interesse em se obter bons resultados escolares, contudo se as rotinas forem, efetivamente, bem geridas e estruturadas, talvez não tenhamos necessidade de estudantes tão desinteressados pelo estudo e com tão pouco tempo para serem crianças e jovens!

HPIM2059.JPG

 

 

Como Tirar Notas?

Parece uma arte, esta capacidade de resumir informação recebida em sala de aula, ou em qualquer outra palestra, com uma rapidez e subtileza na escrita, guardando-se informações preciosas para mais tarde recordar.

Assumo que, ao longo dos meus anos de estudante, aprimorei muito esta técnica e as minhas notas e apontamentos são, para mim, documentos preciosos de informação e apoio à memória.

Sendo uma mais valia para o estudo, aqui deixo algumas sugestões de: Como tirar notas?

  • O mais importante é saber selecionar o essencial
  • Na aula, basta fazer anotações no caderno e no manual a lápis
  • Usar abreviaturas e omitir artigos faz poupar tempo no estudo
  • Copiar formular, esquemas e sínteses
  • Escrever de forma rápida mas legível
  • Setas, balões e sublinhados apoiam estas notas

Não devem esquecer que, estas notas pouco irão apoiar o estudo da matéria se não forem várias vezes lidas, entendidas e memorizadas, antes das habituais avaliações!

Resultado de imagem para post its

Calendário Escolar 2018/2019

Para todas as pessoas enteressadas em saber qual o horário escolar do próximo ano letivo de 2018/2019, aqui fica tanto a imagem como um documento mais completo, em excel, para quem pretender guardar nos seus documentos ou imprimir!

calendário escolar.jpg

 

Documento em excel: 

Calendário-Escolar-2018-2019.xlsx

 

 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D