Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

O meu método de estudo não funciona!

Por vezes os estudantes referem estudar para as avaliações e, no entanto, apresentam resultados abaixo do espectável, essas situações devem ser alvo de análise e diálogo entre a família e o estudante. Pode existir um leque de situações que levem aos maus resultados. Algumas vezes alterar ou adaptar o método de estudo poderá ser um caminho para melhorar as avaliações.

No quadro seguinte o estudante poderá analisar se o seu estudo se enquadra numa destas situações e a proposta de melhoria:

 

  • Não resulta:

- Fazer resumos

Proposta: lê a matéria e explica-a a alguém, o melhor que conseguires. Repete o processo até conseguires explicar toda a matéria de forma fácil.

 

  • Não resulta:

- Fazer exercícios

Proposta: não estás a compreender a matéria, ou não realizas os exercícios suficientes, procura o apoio do teu professor para retirar dúvidas e indicar quais os exercícios a realizar.

 

 

  • Não resulta:

- Ler o livro e os apontamentos.

Proposta: as leituras nem sempre são suficientes para compreender e memorizar a matéria, inclui no estudo resumos e exercícios.

 

  • Não resulta:

- fazer resumos e exercícios antes da Avaliação.

Proposta: precisas de mais dias de estudo, estudar apenas um dia antes da Ficha de avaliação, normalmente, não traz bons resultados.

 

  • Não resulta:

- Estudo muito, mas não obtenho bons resultados.

Proposta: Provavelmente estão a faltar bases de matérias de anos anteriores que não entendeste ou já não te lembras, o teu professor poderá ajudar-te a perceber quais as dificuldades e a planear um estudo adaptado às tuas necessidades.

Algumas das tuas dificuldades prendem-se com algo que não esteja aqui descrito? Se assim for, podes deixar nos comentários e eu tentarei realizar uma proposta adequada à situação descrita… ou, enviem-me um email, se pretenderem um apoio mais pessoal!!

 

partilhas escolares.jpg

 

Como memorizar a matéria?

A escola atual exige que os estudantes recorram, continuamente, à memorização de conceitos e conteúdos disciplinares. Assim, para começar o estudo é importante a realização de bons resumos e esquemas.

Mais próximo do dia do teste é necessário começar este processo de memorização. Para fazer uma boa memorização dos conteúdos, podem seguir estas sugestões:

  1. Compreender muito bem a matéria estudada;
  2. Começar o estudo descansadamente e sem pressas;
  3. Utilizar muitas entradas sensoriais e várias formas de associação;
  4. Ler a matéria pausadamente, em voz alta;
  5. Utilizar cores e sublinhadores;
  6. Voltar a escrever a matéria num esquema sucinto;
  7. Explicar a matéria a uma pessoa imaginária.

Por aí, algumas dicas que funcionam bem convosco?

dicasP.jpg

 

O que sai no teste de Português?

As fichas de avaliação de línguas, procuram avaliar a capacidade de interpretação, a gramática e o desenvolvimento da escrita. Por esta razão, as fichas de avaliação são sempre semelhantes, na sua estrutura. Portanto, posso assinalar umas pequenas dicas globais para o momento de realizares o teu teste:

Perguntas de interpretação:

Deves ler o texto, na integra, de forma bastante atenta. De seguida lê as perguntas associadas ao texto. Agora, volta a ler o texto, parágrafo a parágrafo, sublinhando o que te parece mais importante para responder às questões. Por fim, inicia a resposta às perguntas, tendo sempre em atenção que deves fazer respostas completas.

Exercícios de gramática:

Os exercícios que saem no teste, certamente, já os fizeste parecidos em sala de aula, portanto, só estarás preparado para os resolver se tiveres exercitado muito bem, em casa. Esta parte do teste revela muito o teu estudo e dedicação à disciplina.

Poderás ter exercícios de gramática com:

  • Sintaxe;
  • Classes e subclasses de palavras;
  • Tempos verbais;
  • Recursos Expressivos;
  • Tipos de Texto;

Escrita:

Escrever é algo que se aprimora com o treino, deves escrever textos livres sobre assuntos que gostes, de forma a melhorar essa capacidade. A leitura diária também te ajudará muito no aumento do vocabulário.

Nas fichas de avaliação o tema é sempre direcionado, portanto, fugir ao tema desconta valores. Utiliza frases curtas, tendo em atenção a pontuação e os tempos verbais. Tem sempre o cuidado de não repetir palavras.

Como é solicitado um número médio de palavras, para teres uma pequena orientação, considera  dez palavras por cada linha, depois, no final contas as palavras com mais calma.

Deixa uma linha em branco e no final da escrita colocas o título mais adequado ao teu texto.

Se tens dificuldade em ter ideias para a construção do texto, escreve primeiro, numa folha de rascunho, vários tópicos com o que deve ser dito e pela ordem de ideias, vai ajudar-te muito a elaborares o texto final.

aulas.jpg

 

Vais fazer um debate na escola? Umas dicas…

Quando os estudantes começam a ficar mais crescidos, alguns professores procuram desenvolver, um pouco mais, a capacidade reflexiva, crítica e argumentativa, através de momentos de debate, sobre temas controversos e socialmente importantes. Por exemplo, na disciplina de Filosofia do secundário, muitos dos professores optam por alguns destes momento como forma de aprendizagem/avaliação.

Os estudantes devem preparar-se para o debate, com um estudo e reflexão prévia sobre o assunto em questão. Quando este debate é em grupo, antes do confronto, os estudantes são orientados para a posição a tomar e são formados grupos de trabalho, deve seguir-se uma organização de ideias:

Cada grupos de trabalho deve fazer uma pesquisa sobre o tema, preparando a sua defesa e a sua acusação sobre o tema e, todos esses argumentos, devem reunir apontamentos de orientação ao grupo.

Para mais um apoio a estes debates, em anexo, deixo um documento com indicações de palavras-chave que poderão utilizar, no decorrer desta acesa troca de argumentos.

conetores.png

 

 

Prepara-te para uma Apresentação Oral com a Autoscopia!

Uma das práticas correntes das nossas escolas é solicitar aos estudantes que realizem uma apresentação oral sobre um determinado tema, por exemplo, um livro, um filme, um assunto…

Para tal, podem utilizar alguns materiais didáticos como os projetores, distribuir informação aos colegas, etc.

Para estas apresentações orais é necessário que o estudante tenha bons conhecimentos do que está a explicar e que tenha boa capacidade de comunicação, para enfrentar toda a turma e, simultaneamente, ser avaliado pelo professor.

Para os estudantes mais inseguros e com mais dificuldades, deixo a sugestão:

  • antes destas apresentações devem fazer, em casa, vários treinos em autoscopia. A autoscopia é uma metodologia que propõe uma simulação de apresentação oral filmada, para seguidamente ser analisado o vídeo, pelo próprio, ou por outros, para refletir e melhorar as competências em comportamento e verbalização, potenciando uma autoaprendizagem. Assim, o estudante pode avaliar-se e refletir com outras pessoas sobre a sua postura e situações a melhorar, tornando-se mais seguro no momento da Apresentação…

f1e14f7d8189723672761e6325087b25.jpg

 

Como fazer o teste?

Em sala de Aula!

Todos os estudantes convivem com o método mais comum de avaliação – os testes. No entanto, nunca é demais relembrar algumas pequenas dicas de realização das famosas Fichas de Avaliação, sempre com o objetivo de melhorar as qualificações finais.

 

Primeiro conselho e de máxima importância:

 

Todos os estudantes devem rever o teste, após receberem a avaliação, percebendo quais os erros e falhas, sempre com o objetivo de melhorar, tanto no conteúdo de escrita, como na forma de o fazer! Ou seja: Avalia-te!

 

Seguem-se mais algumas propostas:

 

  1. Quando o professor te entrega o teste, começa por lê-lo na totalidade, antes de escreveres, para te esclarecer melhor sobre as respostas gerais;
  2. Se preferires, começa pelas perguntas mais difíceis, ou mais demoradas, para não sentires a pressão do tempo;
  3. Se bloqueares em algum exercícios, não te distraias em consecutivas tentativas de resposta, avança para a pergunta seguinte;
  4. Depois segue para as perguntas mais fáceis e, quando acabares, volta a tentar resolver as que tinhas dúvidas;
  5. Antes de entregares o teste, relê-o na totalidade, corrige o que for necessário e verifica se não te esqueceste de nenhuma resposta.
  6. Procura não deixar perguntas em branco, mesmo com dificuldades tenta responder o melhor que conseguires, parte de uma resposta também tem valor;
  7. Quando o teste tem textos longos, lê-os várias vezes e com muita atenção, sublinha o que for necessário;
  8. Se tens dúvidas em alguma pergunta ou te parece confuso, pede o apoio do professor, é claro que ele não te dará respostas, mas poderá oferecer alguma orientação;
  9. Lembra-te que a pressa será sempre a tua inimiga;
  10. Não te distraías com os colegas e com pedidos de respostas;
  11. Mantém sempre a calma, porque se a matéria ficou bem estudada, o teste correrá bem!

notas.jpg

 

 

 

Boa sorte!

Como és avaliado nas aulas?

Muitos estudantes consideram na sua avaliação apenas as fichas de avaliação que realizam, ao longo dos períodos e ao longo do ano, para ponderarem sobre as suas notas finais. Mas, não se podem esquecer que, a participação em aula, a realização dos TPC’s, a demonstração de atitudes e valores, a responsabilidade… tudo isso conta para uma avaliação completa e correta.

Deves levar tudo isto em linha de conta, sempre que pensas na tua avaliação e na forma como desves estar/comportar dentro da escola!

Para melhor compreenderes como és avaliado, a cada disciplina, de uma forma geral e simples, podes ter em conta os seguintes critérios e valores:

avaliação.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D