Com um olhar pluridimensional sobre a EDUCAÇÃO, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida... este é um convite para conversar sobre educação.

21
Jan 19

Cada vez mais a sociedade convida a que crianças e jovens tenham variados desafios, serem os melhores na escola, praticarem variadas atividades e passarem grande parte do tempo a estudar. Por entre as exigências destes horários, que tempo restará para que as crianças decidam, reflitam, manifestem os seus gostos e desejos?

Os vossos estudantes vão a pé comprar pão? Decidem qual a roupa a vestir? Responsabilizam-se por tarefas domésticas? Definem horas de estudo? Sabem como estudar e o que estudar? Considera que ele já tem idade para tomar algumas decisões?

Estas são apenas algumas das questões que me ocorrem e que me parecem pertinentes para auxiliar a reflexão deste tema: Autonomia.

A autonomia é um processo relacionado com o desenvolvimento emocional e caracteriza-se pela construção e consciência do seu próprio EU (self). O desenvolvimento desta complexa competência irá permitir que a criança/jovem consiga realizar escolhas conscientes e sensatas, ter preferências, decidir, apontar critérios e reflexões para as suas escolhas e desejos.

Poderemos auxiliar neste desenvolvimento autónomo? Algumas dicas no próximo Post!

Frases inspiradoras (1).png

(imagem retirada da internet)

publicado por Maribel Maia às 10:59

16
Out 18

Para os psicólogos as brincadeiras do ‘Faz de Conta’ (Jogo Simbólico) permitem um melhor desenvolvimento infantil, no que diz respeito à evolução: afetiva, cognitiva, motora e social.

Resumidamente o Jogo simbólico promove:

  • A capacidade de planear e de imaginar situações lúdicas;
  • A comunicação com o mundo do adulto, no qual adquire controle interior, autoestima e confiança em si mesma,
  • O exercício da sua imaginação;
  • A construção do mundo real, com os seus valores e ideias;
  • A capacidade de imitar, imaginar, representar sem medo da imposição do adulto;
  • A possibilidades de entrar no mundo adulto;
  • A capacidade de resolver problemas do presente e do passado;
  • Projeções para o futuro;

Estas brincadeiras de ‘Faz de conta’ podem ser uma forma de promover um contacto mais próximo do adulto com a criança que, de forma pedagógica, o educador poderá ajudar a reorganizar estruturas mentais e emocionais com tais Jogos.

É de sublinhar que ao brincar, a criança pode reviver situações que lhe causem algum desequilíbrio emocional, possibilitando a compreensão da situação em que vive e a reorganização de suas estruturas mentais.

jogo simbolico.jpg

(imagem retirada da Internet)

publicado por Maribel Maia às 11:00

03
Out 18

Quantos pais referem que as crianças deveriam nascer com ‘livro de instruções’, que por mais que tentem educar os filhos da mesma forma eles apresentam carácter e características muito diferentes, que se transformaram muito na adolescência, ou que ao longo dos anos eles mudaram bastante!!!???!!

E a verdade é apenas uma, não existem elixires como soluções únicas é infalíveis para educar, no pleno sentido da palavra…

Contudo, depois de muito ouvir, pesquisar e refletir, posso deixar algumas breves propostas, que são muito particulares enquanto opinião própria de quem convive com crianças, adolescentes e jovens há já alguns anos… e claro, com os respetivos pais/educadores deles, numa aflição constante, de quem anseia pela felicidade de quem cresce! 

 

  • Ensinar, desde tenra idade, a resolver problemas;
  • Procurando não interferir muito nas ações dos jovens, procurar estar sempre presentes e atentos;
  • Apresentar um apoio pronto, sempre que necessário;
  • Encarar as situações num sentido positivo;
  • Educar, tendo em conta as especificidades de cada indivíduo;
  • Não alimentar as preocupações em demasia;
  • Ensinar os jovens a dizer ‘Não’;
  • Usar a palavra como ato primordial;
  • Mantenha a hora de jantar como convívio familiar onde todos se escutam;

Para finalizar, é importante lembrar que na adolescência é característica normal que se procure voltar um pouco ao tempo de infância, procurando o carinho e a atenção de outras idades. E sublinhar que, embora se diga muitas vezes o contrário, os adolescentes sabem ouvir e gostam de o fazer.

Algum exemplo ou proposta, para ajudar na reflexão?

 

jovem.jpg

publicado por Maribel Maia às 10:22

24
Set 18

Os documentos que hoje partilho direcionam-se, principalmente, para os educadores, professores e famílias que pretendam trabalhar o comportamento social (dentro e fora da escola), neste início de ano letivo, ou pretendam fazê-lo mais tarde!

Estas são imagens com regras de comportamento que podem ajudar a identificar e orientar crianças mais pequenas, individualmente, em grupo ou em turma.

 

Bom trabalho!!!

 

comportamento_2_emoji-2.jpg

comportamento_emoji-3.jpg

comportamento_emojis.jpg

comportamentos e regras (1).jpg

 

 

 

(in: https://www.educacaoetransformacao.com.br  e  http://ivango.info)

publicado por Maribel Maia às 10:36

19
Set 18

Por várias vezes, neste blogue, partilhei pequenas imagens com incentivos para as crianças.

A psicologia positiva, a atitude motivacional de quem educa apresenta-se como sendo muito importante para tornar crianças e jovens mais confiantes e conscientes de si, o apoio nas dificuldades, as demonstrações de confiança e o reconhecimento do esforço é muito importante no crescimento e na aprendizagem!

Para ajudar nestas atitudes positivas e de alento deixo, em anexo, novos incentivos… basta imprimirem e oferecerem ao estudante, de acordo com a intenção ou com o reconhecimento que pretende realizar!

Depois de experimentar verá que, muitas vezes, bastam pequenas atitudes para a mudança, não é necessário dispendiosas prendas ou grandes negociações…. E tudo isto também faz parte da Educação!

incentivo1.jpg

 

incentivo2.jpg

 

incentivo3.png

(Com imagens retiradas da ineternet)

 

publicado por Maribel Maia às 10:21

14
Set 18

37.jpg

 

 

publicado por Maribel Maia às 09:48

07
Set 18

Porque as novidades não param, por estes lados, hoje inauguro uma nova rubrica neste Blogue, assim, todas as semanas teremos um Post com uma frase inspiradora para nos ajudar a refletir para, por um momento, lembrarmos a importância das particularidades de educar, crescer, aprender, entender… Hoje é o primeiro …Com Vida…

Espero que seja do agrado de quem gosta de visitar este Educar(Com)Vida!

36.jpg

 

publicado por Maribel Maia às 09:39

09
Ago 18

Como no 1º ciclo já se aprende a língua inglesa, em algumas escolas, aqui ficam fichas muito simples para quem está a iniciar esta nova língua… brincar…colorir e aprender….

Divirtam-se!!!

 

inglês_2018.pdf

 

publicado por Maribel Maia às 10:36

26
Jul 18

Hoje é dia dos Avós, aquelas pessoas de sabedoria intemporal que educam as crianças com a calma de quem sabe que demorará a crescer…. Com o carinho de amor incondicional…. E com a alegria de quem volta a reconhecer o valor de ser criança!

Quem de nós adulto, não guarda na memória o/s seu/s avós…. Os melhores cozinheiros/as, os melhores contadores/as de histórias e os melhores nas brincadeiras!

Por tudo isto, hoje é dia de festa, de convidar os avós para um lanche/jantar, de lhe dar muitos mimos, um postal repleto de palavras amorosas e um abraço delicioso!

Bom Dia dos Avós!!!

 

m000169005.jpg

(imagem retirada da internet)

publicado por Maribel Maia às 09:20

08
Mar 18

Tal como prometido no Post anterior, aqui ficam algumas propostas de técnicas de memorização. Relembro que algumas podem funcionar melhor do que outras, de acordo com as capacidades e facilidades de cada indivíduo, contudo, com o tempo e a prática, conseguem-se melhorar resultados.

 

Repetição: um método pouco motivante para os estudantes mas, em determinadas situações, eficaz, e consiste na repetição da informação várias vezes seguidas. Para tornar este método mais interessante pode optar-se por fazê-lo é jeito de canção.

 

Rimas e jogos: memorizar através da realização e jogos ou de esquemas rimáticos, poderá ser mais fácil, criando-se com a matéria uma relação afetiva e mais divertida. Funciona melhor com matérias mais simples, por exemplo, do primeiro ciclo.

 

Imagens mentais: para os estudantes que têm uma boa memória fotográfica, podem recorrer a imagens como forma de memorização. Trata-se de uma estratégia com melhores resultados em algumas disciplinas, como por exemplo a Ciências da Natureza.

 

Técnica dos espaços: de uma forma associativa, o estudante pode associar um determinado lugar ou espaço a determinada matéria, assim, ao relembrar o espaço irá relembrar a informação associada. Esta técnica funcionará bem se o estudante tiver uma boa capacidade de conhecimento espacial.

 

Elaboração progressiva: esta técnica tem por objetivo encadear as informações de tal maneira que elas sigam uma ordem lógica que nos permita recordar as informações que elas encerram. Desta forma supõe-se que a aprendizagem anterior foi claramente reconhecida e memorizada, só assim se evoluirá na memorização.

 

Palavra-Chave: esta técnica propõe que o estudante memorize várias aprendizagens para cada palavra-chave, bastando lembrar a palavra-chave para relembrar todos os outros conceitos e conhecimentos associados. Pode ser bastante útil para descrever processos, mas para enumerar listas de características ou outras informações que pretendemos decorar.

 

Técnica dos números: para os estudantes que têm grande capacidade em memorizar números, podem associar informações a números, codificando, assim, a informação. Esta estratégia deve ser utilizada em pequena escala para ser mais eficaz.

 

E para vocês, qual a técnica que melhor funciona? Que outras estratégias de memória utilizam?

memoria_16645_l.jpg

 

publicado por Maribel Maia às 10:40

Janeiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
15
17
19

20
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
mais sobre mim
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Instagram
@educarcomvida
blogs SAPO