Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Promover uma autonomia escolar, desde cedo!

«A professora pediu o meu e-mail… socorro que tenho de tomar conta das minhas coisas e dos recados…»

Quando as crianças começam a estudar no 1º ciclo são os pais que têm de orientar e de saber quais as datas dos testes, quais os TPC’s e o que se deve estudar… no entanto, progressivamente, a criança deve tornar-se autónoma, sendo que, a partir do 5º ano deve ser estimulada a ter estas capacidades:

  • Saber as datas de testes e de entregas de trabalhos;
  • Saber definir com os colegas os trabalhos de grupo e as tarefas;
  • Saber que TPC’s estão marcados e apontar, sempre, no caderno diário;
  • Saber as notas e avaliações a cada disciplina;
  • Saber o que estudar e quando estudar;
  • Definir um plano de estudo quando existem muitas tarefas escolares diferentes;

A sua ajuda é importante, mas sempre neste sentido… para motivar o estudante, no início de cada ano letivo, ofereça-lhe uma agenda escolar…

propostas.jpg

 

Dia do Estudante

24 de março

Já todos fomos estudantes… alguns ainda o são…outros ainda se recordam perfeitamente… ser estudante é profissão complexa, não há salário, mas as avaliações são constantes, há muitas férias, mas muitos fins-de-semana e feriados de estudo… não há promoções, mas um futuro a conquistar!

Tenho grande orgulho por todos os estudantes que, dia após dia, lutam pela procura do conhecimento e pelo desejo de saber!

Parabéns Estudantes!

Associação de Pais e Encarregados de Educação Visconde de Leceia: Dia  Nacional do Estudante!!

(imagem retirada da internet)

Dia do Pai!

É tão bom quando uma criança vê no pai o seu herói… depois cresce… e o seu pai permanece o seu maior herói!!

A estes Pais que são eternos heróis, nas palavras, nos gestos e na educação! Muito obrigada!

Tenham um dia muito feliz junto dos vossos maiores fãs!

família.jpg

 

Meditar ajuda a estudar!

Diálogo entre mim e estudante de 3º ciclo:

“Eu: _Como estão a correr as tuas aulas?

Estudante: _ Bem… a professora faz meditação connosco, antes de começar a aula, ela manda-nos sentar numa postura direita e fechar os olhos (…) para ficarmos mais calmos e resulta…

Eu: _ Isso é muito fixe!

Estudante: _Pois é!”

 

Muitas pessoas são adeptas da meditação com objetivos diferentes, não tenho por hábito utilizar a meditação, no entanto, merece o meu maior respeito e parece-me que poderá ser utilizada como técnica de apoio ao estudo e à concentração e que, de forma geral, poderá apoiar a aprendizagem do Saber Ser.

Os profissionais que defendem esta prática habitual da meditação referem que oferece às crianças e jovens de idade escolar benefícios importantes, tanto a nível pessoal como social, deixo aqui alguns destes benefícios:

  • Aumenta a atenção e concentração;
  • Reduz ansiedades;
  • Melhora a consciência de si;
  • Melhora comportamentos de hiperatividade e agressividade;
  • Diversas melhorias físicas e psicológicas.

 

Estas técnicas cuidam da postura física, aumentam a consciência corporal e ensinam para um controlo maior da respiração, permitindo momentos de reflexão e introspeção para sentimentos e pensamentos.

Por todas estas razões, alguns professores começam a utilizar esta técnica nas suas aulas, para além disso, algumas famílias poderão também utilizar esta técnica em suas casas, para momentos de estudo, procurando auxiliar a concentração e atenção.

concentração.jpg

 

Os esquecidos livros de fichas!

Diálogo entre mim e estudante de 3º ciclo:

“Eu: _ Tens usado o livro de fichas da disciplina?

Estudante: _Não…

Eu: _ Então fazes em casa… para estudar.

Estudante: _ Eu acho que perdi esse livro, como não o uso…”

 

No início do ano letivo, quando as famílias vão comprar os manuais, junto com estes acrescentam-se uns livrinhos com muitas fichas, referentes às matérias do manual e as famílias adquirem porque não sabem ao certo se o professor da disciplina o irá solicitar, ou não, ao longo do ano letivo.

Com o decorrer dos meses, alguns desses livrinhos ficam esquecidos nas prateleiras lá de casa, os professores não os usam na escola, ou raramente mandam os exercícios para trabalho de casa, então os alunos assumem como se aquele pequeno livro não tivesse nenhuma utilização…. Este torna-se tão insignificante que, por vezes, fica perdido pela casa.

Pois bem, a minha opinião é bem diferente sobre esses pequenos livros, mas importantes, sempre que se aproxima a data da ficha de avaliação eu solicito que o estudante, depois de estudar bem a matéria, realize as fichas lá contidas que correspondem à matéria lecionada.

Por norma, esses livros trazem exercícios parecidos às fichas de avaliação e funcionam como um treino extra e uma forma de se perceber se a matéria está, de facto, apreendida.

Portanto, caras famílias, vamos revalorizar estes livros de fichas, utilizá-los antes das avaliações e em tempo de férias, etc., como um verdadeiro apoio ao estudo!

disciplinas.jpg

 

Educar para a Inclusão

Diálogo entre mim e uma criança do ensino Pré-escolar:

«_ Criança: Preciso do cor de pele.

_Eu: Podem ser muitas cores, todos nós temos cores de pele diferentes…»

A maioria da sociedade luta, diariamente, para combater a discriminação, a desigualdade e os estereótipos. Penso que, a melhor forma de alcançar este objetivo é educar as novas gerações para a inclusão, a solidariedade e para a liberdade com respeito pelos outros.

Assim sendo, desde a idade pré-escolar, as crianças devem ser confrontadas com a diferença numa educação e formação direcionada para um espírito crítico de respeito e aceitação do outro, como diferente na sua condição e opinião, mas igual no direito e na dignidade.

É imprescindível ensinar que a discriminação e a crítica racial ou social são erradas, é necessário explicar que existem crianças com tons de pele diferentes, com necessidades especiais e com ideias diferentes e, acima de tudo, que o normal é sermos todos diferentes logo, é preciso aceitar e respeitar o outro, tal como é!

Podemos realizar com estas crianças, mais pequenas, vários jogos de inclusão, para que melhor interiorizem e aprendam.

No próximo Post deixarei sugestões de alguns atividades que poderão ser trabalhadas com vista à educação para a Inclusão.

educação responsabi (1).jpg

 

Aprender de forma autodidata!

Que o professor não sabe explicar…que essa matéria não dei na escola… não é desculpa! Atualmente, todos nós devemos e podemos ser um pouco autodidatas e isso deve ser despertado em quem cresce!

O conceito autodidata significa que uma pessoa tenha a capacidade de desenvolver um estudo sobre determinado assunto, ou tema, sem o apoio de um professor ou orientador. Ou seja, individualmente a pessoa pesquisa a informação que pretende, em várias fontes, analisa e interpreta, apenas através do seu esforço e dedicação.

Não são apenas os adultos que têm esta capacidade, as crianças, com a sua curiosidade natural fazem-no imensas vezes. Assim, basta direcioná-las para as melhores aprendizagens, para os conhecimentos mais uteis na vida e incentivando à realização deste processo como paralelo a uma aprendizagem escolar.

Aprender é assim… autonomia, vontade, curiosidade e mente aberta! Educar é assim… promover tudo isto de forma livre mas apoiada…

aprendizagem.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D