Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Melhorar comportamentos sociais!

Para as crianças mais pequenas, por vezes, incentivar aos bons comportamentos e à aprendizagem de regras sociais pode ser uma tarefa mais difícil, para as famílias ou para os educadores. Neste sentido existem algumas estratégias e formas de orientar na melhoria destes comportamentos.

Para quem está sem ideias, cá fica uma proposta simples, deixo uma tabela em PDF, em anexo, que basta imprimir (uma para cada criança que poderá ser utilizada por cinco semanas).

No final do dia o adulto deve conversar com a criança sobre o seu comportamento e atribuir-lhe um dos smiles da legenda. Para além disso, podem acordar com ela que, se conseguir conquistar X número de smiles de comportamento excelente terão acesso a um privilégio, deverá ser definido entre vocês. Este privilégio não precisa de ser algo dispendioso ou complexo, pode ser, por exemplo:

  • Ouvir uma história, antes de dormir;
  • Fazer um jogo em família;
  • Fazer um passeio;
  • Receber um jantar especial;
  • Ficar acordado, até mais tarde, num dia específico;
  • ….

Quando existir a necessidade, também pode acordar alguma tarefa que a criança goste menos, sempre que ela receba mais de um X número de smiles de comportamentos desadequados.

Tabela_cuidar.pdf

crescer.jpg

 

 

Para um apoio ao Estudo, em casa!

Manter crianças e jovens em casa, ao longo de vários dias, em quarentena é, de facto, muito desafiante para as famílias. O hábito de manter relações sociais, a falta de contacto com o exterior, pode gerar birras e aborrecimentos para quem cresce. 

Para além disso, este distanciamento forçado do sistema de ensino poderá trazer também uma desmotivação pelo estudo. 

Aqui, neste blogue, ao longo dos anos, tenho deixado materiais que poderão ser úteis neste momento, como complemento ao estudo.

 

Assim, deixo aqui os links, de forma organizada… basta escolherem o que precisam:

 

_ Fichas de estudo de Inglês

https://educarcomvida.blogs.sapo.pt/pequenas-fichas-em-ingles-188627

https://educarcomvida.blogs.sapo.pt/fichinhas-de-ingles-para-ferias-120238

 

_ Desenhos para colorir, jogos de palavras …

https://educarcomvida.blogs.sapo.pt/partilha-de-fichas-para-ferias-163909

 

_ Fichas de leitura

https://educarcomvida.blogs.sapo.pt/as-fichas-de-leitura-e-as-apresentacoes-130823

 

_Histórias para leitura

https://educarcomvida.blogs.sapo.pt/tag/historias&contos

 

_ Incentivos e Vales 

https://educarcomvida.blogs.sapo.pt/tag/incentivos

 

_ Fichas para os mais pequeninos

https://educarcomvida.blogs.sapo.pt/trabalhar-e-divertir-para-a-pequenada-116401

 

Captura de ecrã 2019-07-02, às 19.32.59.png

 

Estudar com o irmão… rotina ou impossibilidade?

Diálogo entre mim e um/a estudante de 2º ciclo:

«Eu: _A tua irmã é mais nova do que tu! Já anda na escola?

Estudante: _Sim….

Eu: E tu ajudas a tua irmã a fazer os TPC’s?

Estudante: _Não, como ela não anda em Explicações/ATL e eu ando… ela quando chega a casa vai fazer os trabalhos de casa e eu vou brincar, porque já os fiz e também preciso de brincar…»

 

Deste diálogo posso retirar duas informações muito importantes para reflexão:

1ª – muitos são os irmão que ajudam os mais novos a realizarem os trabalhos da escola, ou a tirarem dúvidas, mas penso que, a maioria não tem muita disponibilidade e paciência para fazer os seus trabalhos e, ainda, dedicar tempo aos trabalhos do(s) irmão(s)… ficando esse apoio para outros elementos da família ou para os Explicadores/ATL’s.

2ª – a necessidade das crianças e a ansia pelos momentos de brincadeira e pelo tempo livre é sempre muito grande, principalmente, depois de um longo dia de escola, aos quais se acrescentam outras atividades extracurriculares e que, em muito, ocupam o tempo diário da criança… claramente, é de lembrar que brincar também é saudável e importante para o desenvolvimento. Destas brincadeiras não estou a incluir jogos de consolas, nem horas em frente aos ecrãs.

 

3ª – explicar a matéria e orientar nos TPC’s, de forma geral, são planos difíceis para toda a família (pais, irmãos)… todos já estão cansados das suas rotinas diárias e, no final de um dia atarefado, o à vontade com o familiar, pode despoletar zangas e birras. Por norma, ou são rotinas muito bem estruturadas em família, ou nem sempre decorre da melhor forma.

Com qual das três reflexões mais se identificam? Por aí, os irmãos ajudam ao estudo?

tpc.jpg

 

FlashCards: memoriza a brincar!

Já os dias de estudo vão longos e os estudantes continuam a necessitar de memorizar vários conceitos e definições.

Para que esta forma de memorização se torne mais divertida e eficaz, podem optar pela técnica do FlashCards, em termos educativos significa aprendizagem rápida, que se baseia na repetição e na associação.

Quem pretender optar por esta estratégia, basta cortar pedaços de cartolina do mesmo tamanho, tipo Cartas de Uno, de seguida escrever uma pergunta de um lado e no inverso a resposta, podendo-se associar imagens, desenhos, cálculos, etc…

Agora com este jogo simples já preparado, basta começar a jogar: o estudante irá procurar responder às perguntas corretamente, vai eliminando as cartas às quais consegue responder e mantendo as que tem errado, até que tudo fique memorizado… pode treinar vários dias até sentir a assimilação completa.

Outros jogos didáticos podem ser utilizados com estes simples cartões de cartolina, basta imaginação!

Por vezes, tornar o estudo mais divertido pode ajudar o estudante a sentir-se mais capaz e mais motivado para o estudo!

memorizar.jpg

 

Aplicações para Estudantes

Porque a grande maioria dos estudantes já têm um telemóvel de última geração e utilizam-no constantemente, para jogar e para estar nas redes sociais, também podem utilizá-lo como um apoio ao estudo.

Para isso, estão disponíveis no mercado as mais variadas aplicações, pagas e não pagas para quem pretende utilizar o telemóvel como um auxiliar de aprendizagem.

Hoje, deixo-vos algumas propostas de aplicações gratuitas que podem instalar, como um apoio diário ao estudo, sem citar nomes ou marcas, aqui ficam:

 

  • Uma agenda escolar, que deve estar sempre atualizada e que ajudará a lembrar momentos de estudo e datas importantes;
  • Dicionários, de acordo com as línguas que estão a estudar, existem muitas ofertas de aplicações de dicionários offline;
  • Aplicações que abrem PDF ou programas de office, para que o estudante possa, rapidamente, receber documentos/fichas no seu telemóvel;
  • Aplicações com programas de treino das várias disciplinas escolares, com diferentes graus de dificuldade;
  • Aplicações com exercícios de matemática;
  • Horário Escolar, basta preencher com o teu horário e assim podes consultar rapidamente;
  • Aplicações com música tranquila para ajudar na concentração;

 

Por aí, mais propostas????

pesquisa.jpg

 

Um desabafo… ou uma inquietude…

Este é um Post que, durante muito tempo, me fez ponderar sobre a possibilidade de o escrever, ou de o guardar apenas no pensamento… mas acabou por acontecer, sem muitos alongamentos! Assumam-no como uma das minhas inquietudes….

 

Existem famílias que têm dificuldade em assumir que o/a seu filho/a pode apresentar algum problema de desenvolvimento e seguem a vida ignorando essa possibilidade…

Pois!!! Quem por cá lê pode ter dificuldade em acreditar que isso seja uma realidade, se ainda não conheceu nenhum exemplo mas, na minha opinião/experiência, existem casos assim…serão poucos… mas não deveria ser nenhum…

Com este texto, não quero criticar ninguém, quero apenas alertar todos os encarregados de educação e famílias para a necessidade que as crianças têm em serem devidamente acompanhadas, nas suas especificidades ou dificuldades.

O apoio e os profissionais adequados são o caminho mais rápido para o sucesso da criança, enquanto ser humano. Portanto, se têm alguma desconfiança sobre o desenvolvimento cognitivo, físico ou emocional de uma criança ou jovem, procurem apoio, procurem diagnósticos e profissionais competentes… por vezes, uma simples ajuda faz uma grande diferença!

educarvida.jpg

 

Acompanhe o dia a dia escolar!

Existem cuidados muito simples que a família pode ter para com o seu estudante e que, em muito pode promover a interação e o apoio escolar. Muitas vezes, os pais reclamam que o seu filho não faz um feedback do seu dia de aulas, nem partilha a maioria das experiências, o que pode levar as famílias a sentirem-se rejeitadas perante este quotidiano escolar.

Cada estudante é diferente e isso é necessário respeitar, no entanto, de uma forma geral, existem alguns conselhos que poderão ajudar nesta mediação entre casa e escola.

Aqui ficam:

  • Exija respeito e autonomia;
  • Não permita que falte às aulas ou que chegue atrasado;
  • Guarde a hora de jantar para uma conversa em família, onde todos explicam como foi o dia;
  • Vá às reuniões de escola e marque reuniões com o diretor de turma sempre que considere necessário;
  • Peça para que lhe explique alguma matéria nova aprendida na escola;
  • Oriente para a realização dos TPC’s e para a organização de estudo para os testes;
  • Analise as fichas de avaliação e conversem sobre elas;
  • Promova a leitura e a cultura, dando o exemplo;
  • Estimule para as amizades e para as atividades extra escolares;
  • Controle os tempos em frente aos ecrãs;
  • Escute todos os detalhes de uma situação e converse calmamente, antes de definir um possível castigo ou recompensa.

 

Mais alguns conselhos para acrescentar?

família.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D