Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

A importância de uma agenda escolar

Quando as crianças entram no 1º ciclo começam a desenvolver um novo grau de autonomia, no entanto ainda precisam do apoio da família e dos educadores para se orientarem no estudo e nos trabalhos de casa.

 Mas, a partir do 5º ano estes apoios devem ser menores e os estudantes devem tornar-se capazes de reter as suas rotinas, as suas responsabilidades, memorizar os trabalhos a fazer e as datas de testes.

Essa responsabilidade deve ser apenas do estudante, que deve informar os seus pais sobre datas e prazos, de forma contínua e a família deve fazer dessa responsabilidade uma exigência permanente.

Para ajudar esta emancipação, o estudante deve ter uma agenda escolar, constantemente atualizada, que pode incluir-se na mochila ou permanecer na secretária de estudo para consulta diária.

Estas agendas deverão torna-se uma necessidade para o aluno e pode adquiri-las nas mais variadas lojas comerciais, algumas são direcionadas para estudantes e bem divertidas… opções de escolha não faltarão!

aulas (1).jpg

 

 

Inquietude: Passar de ano com várias negativas.

De uma forma muito básica, pela legislação, alunos com três negativas, incluído nelas a disciplina de Português e Matemática, não deveriam concluir o ano escolar, ficariam retidos. No entanto, muitos são os comentários nas redes sociais e entre os alunos também, a referirem com protesto que existe quem tenha concluído o ano letivo com estas negativas ou mais ainda!

Assumo que, cada caso é especial e as facilidades têm, na maioria dos casos, um motivo e justificação específico e que, como desconheço, não posso opinar como válido ou não.

Mas, penso que, apesar disso… e num blogue pessoal… posso deixar a minha opinião sobre o tema e também ler a opinião dos meus leitores.

Este assunto torna-se, para mim, uma inquietude, por duas razões:

1º - Pelo que converso com os estudantes, eles assumem isto como um desrespeito e uma injustiça perante o esforço e empenho que tiveram, ao longo de todo o ano letivo;

2º - Porque deveriam existir outras formas de apoiarem estes alunos, que certamente precisam de ajuda, ao longo de todo o ano, como várias estratégias concertadas entre vários profissionais de ensino, facilitar nunca será o melhor caminho de desenvolvimento e aprendizagem…

 

Para mim, o facilitismo em nada permite que um estudante se desenvolva e se prepare para o mundo social e profissional que irá encontrar futuramente, quando se fizer jovem e adulto. 

 

Lerei as vossas opiniões, sobre este assunto, com a maior das atenções!

avaliação escolar (1).jpg

 

O Fim de um Ano Letivo especial?

Este ano escolar começou numa aparente normalidade, mas repentinamente, em março tudo se transformou… os alunos deixaram de ir para a escola de um dia para o outro e as aulas passaram a acontecer online, entre síncronas e assíncronas. Tudo necessitou de ajustes e de adaptações… todos os intervenientes no ensino viram-se a braços com um desafio gigante!

Não me parece que tenha sido um ano letivo muito produtivo em aprendizagens, embora com o esforço e empenho de todos, faltaram computadores, acesso a internet, motivação e ficaram muitas dúvidas por esclarecer! 

Agora o ano letivo chega ao fim… já por cá refleti sobre todo o processo, já propus dicas para estudar em casa, já refleti sobre uma diferente forma de avaliação… Mas, agora que o ano letivo termina, outra questão se coloca: e em setembro?

De facto, o que colocou em casa todos os estudantes foi o COVID – 19, mas este ainda não está controlado… não existe tratamento… nem vacina… e perspetivas para que em setembro as aulas recomecem com a normalidade habitual parece desvanecer-se… então, como começará o próximo ano letivo?

Manter este ensino à distância, não me parece o mais acertado, porque ficará muito por aprender… no entanto, para recomeçar o ensino presencial, novas regras e comportamentos terão de ser ajustados. Estarão as escolas preparadas para tal desafio?

Haverá a tentativa de colmatar as falhas decorridas do ano letivo que acaba, ou continuaremos a reinventar um ensino adaptado à situação, onde a pressa é inimiga da perfeição?

férias.jpg

 

Dicas para começar bem o novo Ano Letivo!

Os estudantes viveram intensamente estes últimos meses de férias de verão, com muita diversão, muita preguiça e pouco estudo, certamente!

Mas este mês já começa a solicitar novas rotinas e um novo contacto com o ensino formal. No iniciar deste setembro, os manuais escolares já devem estar em casa, o material escolar já deve estar em lista para aquisição, ou mesmo já comprado, é sempre conveniente perceber que material ainda está útil para iniciar um novo ano letivo.

Como sabemos, o ano letivo só começa a meio deste mês, mas será importante começar com novas rotinas, já nestes primeiros dias de setembro. Neste sentido, aqui ficam as minhas cinco propostas para começar bem o novo Ano Letivo:

 

Defina horários mais restritos de deitar e levantar

A grande maioria dos estudantes, ao longo das férias, desenvolveu o novo hábito de deitar tarde e levantar próximo da hora de almoço. Estes horários não se adequam aos dias de aulas, onde deve ser precisamente o contrário, portanto, como esta nova rotina é difícil para eles, convém começar rapidamente. Comece por definir horários para refeições, para deitar e levantar e exija que sejam cumpridos. Assim, quando chegarem os primeiros dias de aulas não terão estudantes mal humorados e ensonados pela casa e pela escola.

 

Defina horas de estudo

Alguns estudantes, no decorrer destas férias, já têm dúvidas se ainda sabem escrever e contar corretamente… é de grande importância que comecem a estudar algumas horas por semana, antes mesmo do início do ano letivo. Portanto, crie um horário de estudo para o estudante, pode optar por imprimir algumas fichas da internet, ou selecionar exercícios dos manuais do ano anterior. As propostas de estudo podem também passar pela leitura e pelo relembrar de algumas matérias em que o aluno tenha mais dificuldade.

Exercícios que serão sempre importantes: gramática de Português e língua estrangeira; matemática (cálculos e resolução de problemas), composições e leitura…

 

Restrinja a utilização de ecrãs

Eles passam horas entre telemóveis, tablets, TV… são as conversas nas redes sociais, os vídeos do youtube e as séries e filmes consumidos até à exaustão…

Para além de não ser muito benéfico passar muitas horas em frente a estes ecrãs, também contribui para a sedentarização e a falta de motivação para outros desafios diários. Se, ao longo destas férias, não controlou tanto esta utilização, agora terá mesmo de ser. Defina horários mais restritos e supervisione atentamente. Com a inclusão dos pontos que referi anteriormente, também não haverá tanto tempo disponível para esse uso pouco controlado.

 

Oriente para a finalização dos TPC’s de férias

Esta proposta direciona-se, principalmente, para os estudantes de 1º ciclo que, normalmente trazem orientações dos professores para a realização de fichas e trabalhos que devem ser realizados em tempo de férias. Alguns alunos tendem a deixar um pouco para depois e acabam por se esquecerem de os realizar. Agora é a altura indicada para rever estes trabalhos, corrigir e verificar o que ainda não foi feito, de forma a que fiquem prontos antes do início do novo ano letivo.

 

Repense, reflita e organize as atividades extra curriculares

A maioria dos estudantes tem atividades de educação/formação que ocorrem fora dos tempos escolares. Agora é o momento indicado para refletirem, em família, sobre elas. É importante questionarem quais as que devem acabar/começar, se estão adequadas, se não serão sobrecarga para o estudante… para além disso, é importante organizar horários e definir estratégias de organização familiar. Assim o estudante começará o ano letivo mais confiante nas suas rotinas e motivado para todas as atividades, dentro e fora da escola.

notas.jpg

 

Separadores para capas ou cadernos escolares!

Por esta altura, a alguns dias do início do novo ano letivo, todos os cadernos ou capas já devem ter sido adquiridos e preparados.

Para aqueles estudantes que têm cadernos muito parecidos ou que pretendam personalizar um pouco mais estes materiais, deixo aqui capas, para imprimirem e colarem na primeira página de cada caderno (de acordo com a disciplina), ou no início da cada separador de disciplina, para quem optou pela capa de argolas.

Este ano está completamente dedicado aos emojis…. Espero que gostem:

 

capas_2_3ciclos.pdf

capas_1ciclo.pdf

 

Captura de ecrã 2018-09-10, às 10.39.52.png

 

Que seja um bom (re)começo!!!!

As férias e este mês de agosto aproximam-se rapidamente do final… já são muitas as famílias que se deparam com novos desafios para o próximo ano letivo. Por cá prepara-se o arranque de mais um ano de estudo! Organiza-se material, desenvolvem-se novos documentos… reflete-se sobre novos desafios para este Educar(Com)Vida…

Por isso, em setembro poderão aguardar pelas novidades neste blogue, por vários documentos de apoio ao estudo, que anualmente partilho… e por muitas mais dicas e conselhos… aqui fica o desejo, juntamente com vocês, de iniciar um novo ano letivo repleto de bons momentos e agradáveis desafios!

Não deixem de visitar…

 

HPIM2137.JPG

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D