Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Aprender sobre: A Noção do Tempo

As crianças pequenas demoram a desenvolver o seu conceito de noção de Tempo. Aos poucos, as famílias e os educadores vão ensinando este conceito tão básico e tão importante na vida de todos nós.

Se está, neste momento, a tentar desenvolver esta noção de Tempo na sua criança, ficam aqui algumas sugestões para ajudarem neste sentido.

Nunca se esqueça que as crianças são únicas no seu desenvolvimento e não realizam as mesmas aprendizagens nos mesmos momentos de vida, portanto, não faça comparações de aprendizagem com outras crianças, seja neste ou noutros temas/contextos.

Algumas sugestões, em acrescento:

  • Mantenha sempre as rotinas, de forma constante e estruturada; sempre que estas se alterem procure explicar-lhe de forma simples essas alterações;
  • Defina tempos para a realização de tarefas, opte por tempos curtos e objetivos concretos;
  • Faça comparações de tempos diferentes e mostre exemplos: planta a crescer; bolo no forno; tomar banho; arrumar; …
  • Controle o tempo definido para ver TV e para as brincadeiras e exija que seja cumprido;
  • Façam jogos que impliquem tempos limitados de ação e resposta;
  • Adquira uma Ampulheta do Tempo, se considerar um apoio a esta aprendizagem;
  • Observem os astros… o sol e as estrelas, como os maiores responsáveis pelo Tempo;

Acrescentariam sugestões???

tempo.png

 

Aprendizagem Fundamental: costurar!

Ainda dando continuidade a um texto publicado anteriormente, queria aproveitar para desenvolver um pouco mais um dos tópicos propostos, nas aprendizagens fundamentais: ensinar a costurar.

A costura ainda é olhado, por muitos, como algo relacionado apenas com o género feminino e portanto, muitas crianças e jovens (rapazes) podem demonstrar alguma resistência nesta aprendizagem. No entanto, é necessário explicar-lhes que tal ideia está completamente ultrapassada e que, cada pessoa deve ser capaz de fazer pequenos arranjos em tecidos porque isso poderá facilitar, em muito, o quotidiano de alguém feliz e independente.

Assim sendo, crianças e jovens devem aprender a:

  • Usar linhas, tesouras e agulhas;
  • Coser um botão;
  • Subir bainhas;
  • Voltar a coser algo descosido;
  • Colocar remendos;
  • Identificar e unir tecidos;
  • Utilizar pequenas máquinas de costura (se existirem em casa);

Ter estes conhecimentos simples podem resolver pequenas situações domésticas, ajudar a poupar algum dinheiro em arranjos de costura simples, ajudam a preservar o meio ambiente e diminuir o desperdício e promovem a confiança nas capacidades manuais.

Quem sabe, estas simples aprendizagens podem até espoletar o gosto por trabalhos mais aprofundados e aprimorados?!?

aprender.jpg

 

O que andam os mais novos a ler???

Pedido de Partilha!!!

Bem sabemos que, quando são as crianças/adolescentes/jovens a aconselhar as leituras a outros da mesma idade, a curiosidade fica maior e existe mais motivação para ler.

É neste sentido que relembro ao desafio da semana anterior:

Mais uma vez, volto a apelar à partilha de ideias para bons livros a ler nas férias, de preferência com sugestões para diferentes idades. Basta deixarem as vossas sugestões nos comentários!

Na próxima segunda feira, irei publicar as várias propostas de leituras que foram chegando… certamente, irá facilitar a escolha de crianças, adolescentes e jovens ou das suas famílias, nas leituras de férias!

_ O que andam os mais novos a ler?      _ Que idade têm????

 

Lei.jpg

 

Nestas férias faz: Velas aromáticas

Se, no Post anterior, partilhei a proposta de fazer uns sabonetes em casa, hoje, partilho a proposta de fazerem umas velas aromáticas em casa, também… podem servir para embelezar a própria casa ou, mais uma vez, para oferecer a pessoas especiais… em momentos especiais…

Estas atividades ajudam sempre no desenvolvimento de várias competências, como a motricidade fina, a criatividade e a imaginação… para além disso podem ser forma de reaproveitamento de materiais e um belo momento entre familiar e/ou entre amigos.

Mais uma vez, já bem, a forma de fazer que aqui partilho é simples, mas na internet existem outras tantas formas, mais ou menos originais e complexas… basta escolher!

Bom trabalho!

Deve adquirir:

Cera (pode ser de velas velhas)

Corantes para velas

Pavio

Aromas a gosto

Frascos ou recipientes à escolha

 

Modo de elaboração:

  1. Derreter a cera em lume brando;
  2. Colocar o pavio nos frascos e segurá-los de forma a que fiquem centrados;
  3. Misturar a cera derretida com o corante e os aromas a gosto;
  4. Verter para os frascos e aguardar várias horas até que arrefeça e solidifique.

ideias propostas.jpg

 

‘A minha mãe vasculha tudo no meu telemóvel…’

Nos dias de hoje, para adolescentes e jovens, os locais mais íntimos e sagrados são, de facto, os telemóveis. Lá eles e elas guardam as fotografias mais pessoais, as conversas mais intimas, as redes sociais que não partilham com a família, ‘conta dos friends’, fazem pesquisas pessoais e guardam muita informação particular.

Sem dúvida que as famílias que queiram descobrir segredos e informações privadas, irão vasculhar os telemóveis, tablets e computadores. E muitos são os pais que o fazem com regularidade… alguns jovens sabem-no perfeitamente e tratam de arranjar estratégias para manter algumas informações escondidas… e/ou… simplesmente: apagam-nas. Outros são ‘apanhados’ um pouco de surpresa e aí revelam-se alguns segredos, sendo que os estudantes sentem a sua intimidade exposta e sentem-se desrespeitados.

Ora, este é o grande dilema: até que ponto a intimidade e o respeito pode e deve ser salvaguardado, num telemóvel, com acesso ao mundo exterior e repleto de perigos, o respeito pela privacidade… onde o objeto, em si, pouco tem de privado?

Acredito que seja o dilema e a constante mediação de muitas famílias que se preocupam com as redes sociais e a exposição dos seus educandos, em relação ao respeito e à privacidade de cada um.

É, sem dúvida um tema difícil, onde não existem respostas corretas, onde é necessário uma gestão coerente e sensata de cada atitude. Existem sempre famílias mais condescendentes que não avaliam os telemóveis dos seus educandos e existem aquelas que controlam o máximo que conseguem, tal objeto.

Algo é necessário e importante assumir, o acesso à internet é o acesso a um mundo real, onde existe muito de bom e muito de mau… é necessário que, quem cresce tenha essa noção e não é estando distante desse mundo, que irá aprender a conhece-lo e a defender-se… no entanto, sem apoio e orientação é possível que, facilmente, entre em problemas difíceis e desnecessário.

Assim, cabe às famílias aprenderem a lidar muito bem com este mundo chamado de internet, precavendo-se a si e precavendo quem cresce. Para além disso, a Polícia da Escola Segura tem promovido muitas ações de esclarecimento neste sentido, em escolas e noutras instituições… não considere que já sabe tudo… vá, aprenda, discuta, leia… para conseguir, depois, ensinar e orientar!

 

jovens adolescentes.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
Blogs Portugal