Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Sentimentos Natalícios…

Diálogo entre mim e um/a estudante de 1º ciclo:

«Eu: _E tu, o que recebeste no Natal?

Estudante: _Nada… não havia dinheiro…»

 

Esta conversa aconteceu comigo, há mais de dez anos, e confesso que a guardo até hoje como uma das mais significativas e perturbadoras conversas que tive com uma criança… e que em todos os anos me faz pensar nisto do Natal, da família, do consumo, da partilha…

Todos nós sentimos que esta época natalícia tem maior valor para a pequenada, que vibra com todos os momentos… as férias, a família, os presentes, os doces… e tanta coisa bela!

Acredito também que, para quem educa não é fácil fugir do atual conceito de consumismo que a sociedade ainda sustenta fortemente… eu mesma apenas mudei o meu conceito radicalmente quando tive este diálogo com esta criança… agora as minhas conversas, com estudantes, sobre o Natal centram-se na família, na alegria da festa e pouco nas prendas dadas ou recebidas.

Assumo que sou católica e que o nascimento de Jesus é, para mim, motivo de festa, alegria e família… contudo acredito que, em todas as casas, crentes e não crentes, se pode relembrar às crianças o verdadeiro sentido do Natal, valorizando-se os sorrisos partilhados, os abraços do pai, da mãe, dos tios, dos amigos… tendo gestos de ternura para com conhecidos e desconhecidos e mesmo, porque não, gestos de ajuda a quem mais precisa…

Considero que não devemos deixar passar uma data tão importante como esta sem falar de AMOR e de PARTILHA às nossas crianças…. e o desejo de que todas elas tenham os mesmos direitos!

395265_404121883001022_522925817_n.jpg

 

10 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
Blogs Portugal