Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Sentença escolar: suspensão às aulas…

Estudante: «_Na minha escola, se tivermos três ou mais participações numa ou em diferentes disciplinas, vamos a Conselho de Turma e podem mandar-nos para casa…»

Como todos sabemos, viver em sociedade implica um contrato social de direitos e deveres que devem ser respeitados por todas as pessoas. Nas escolas também existem direitos e deveres a serem assegurados, e claro, num lugar repleto de crianças e jovens a aprenderem a ser gente, estes direitos e deveres estão, constantemente, a serem colocados em causa e a serem extrapolados.

Alguns alunos apresentam-se mais difíceis em cumprir regras e apresentam um comportamento mais perturbador em sala de aula, o que desencadeia participações e anotações por parte dos professores, que posteriormente serão debatidas com o Diretor de Turma e em reuniões de Conselho de Turma, sempre que surja essa necessidade. Estas reuniões poderão trazer algumas medidas disciplinares sancionatórias, como forma de integração pedagógica… de todas elas, a mais controversa é, sem dúvida, a suspensão do aluno…

«Artigo 28º - Lei n.º 51/2012

2- São medidas disciplinares sancionatórias:

  1. a) A repreensão registada;
  2. b) A suspensão até 3 dias úteis;
  3. c) A suspensão da escola entre 4 e 12 dias úteis;
  4. d) A transferência de escola;
  5. e) A expulsão da escola.»

Na minha opinião, a suspensão do aluno não se apresenta como boa medida educativa ou que direcione para uma integração pedagógica. Não me parece que, privando o aluno da frequência das aulas e da aprendizagem seja o melhor caminho… substituir essa sanção pelo apoio escolar extra, por outras atividades cívicas, morais e éticas, talvez assim a escola consiga demonstrar que não pretende desistir de formar o aluno, embora ele não esteja a ter o melhor comportamento… algo de grande relevância na sociedade atual…

Caros leitores, terão alguma opinião sobre o tema que gostariam de partilhar e assim, enriquecer esta reflexão?   

escola2.jpg

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Blogs Portugal