Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Os trabalhos escolares, por vezes, podem ser caros!

Ao longo do ano, os professores propõe alguns trabalhos escolares que podem exigir mais originalidade e imaginação, permitindo o uso de alguns materiais, mais ou menos comuns, para serem base de trabalhos escolares, aplicando-se, simultaneamente, conhecimentos teóricos e práticos (informação, criatividade e trabalho manual).

Estes trabalhos podem tornar-se um gasto de dinheiro acrescido para o orçamento familiar porque, muitas vezes, precisam de comprar objetos e materiais que não têm em casa. Por exemplo:

  • Cartolinas;
  • Cartão;
  • Colas;
  • Gesso/argila;
  • Madeira;
  • Esferovite;
  • Elementos químicos;
  • Telas, pinceis, tintas;

Mesmo que não seja uma orientação direta do professor, muitas vezes, os alunos têm ideias originais que gostariam muito de colocar em prática, para determinado trabalho. Logo, incentivam os pais a comprarem todo o material necessário.

Se o trabalho for realizado em grupo, os valores a gastar tornam-se mais baixos porque se podem dividir por várias famílias, se o trabalho for individual, acontece, volta e meia, a família acaba por comprar alguns objetos/materiais bem dispendiosos.

Têm experiências destas? Já precisaram de controlar estes trabalhos, para que não se tornassem um gasto maior?

trab escolares (1).jpg

 

21 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
Blogs Portugal