Com um olhar pluridimensional sobre a EDUCAÇÃO, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida... este é um convite para conversar sobre educação.

06
Ago 18

Certamente já existe há muito tempo, mas só a alguns meses atrás me começou a inquietar e hoje optei por partilhar… as crianças e adolescentes categorizam e ordenam as amizades…. “o meu primeiro melhor amigo…o meu segundo melhor amigo…” seguindo-se, não sei quantos mais números!

Claramente que a maioria das crianças e jovens tem o seu melhor amigo/a, aquele com quem mais facilmente partilha confidências e que mais tempo lhe dedica, mas haverá a necessidade dos segundos, terceiros, quartos, etc… melhores amigos!!?!? 

Na vossa adolescência faziam esta hierarquia? Essa definição era uma necessidade?

Não é que considere algo de grave ou errado com esta situação, mas não vejo esta obrigação de elevação numérica de uma pessoa pela qual se tem grande estima e carinho. O importante é que tenhamos um núcleo de amizades em quem confiamos e que preservamos… e é importante explicar a quem cresce a importância destas relações que devemos cuidar e preservar, apenas isso!!!

amizade.jpg

(imagem retirada da internet)

publicado por Maribel Maia às 11:40

10 comentários:
Uma vez, uma miúda com 7 anos, como ainda não conhecia a palavra "inimigo" referiu-se a uns colegas como "os meus piores amigos".
Marta Elle a 6 de Agosto de 2018 às 11:56

De certa forma tem razão...
Maribel Maia a 6 de Agosto de 2018 às 11:58

Lembro-me de ter de identificar quem era a minha melhor amiga depois de uma professora ter pedido para fazer uma composição sobre o nosso melhor amigo.
Foi doloroso porque tive que escolher uma de entre várias e senti que estava a trair as outras.
Senti pânico pela eventualidade da professora ler o meu texto para a turma.
Por favor, professores, escolham outros temas!
A 3ª face a 6 de Agosto de 2018 às 16:03

Nem mais.... e lamento que as crianças e adolescentes agora façam essa distinção com tanta simplicidade...
Maribel Maia a 6 de Agosto de 2018 às 16:42

são tão poucos que hierarquiza- los é crime
CB a 10 de Agosto de 2018 às 16:58

Concordo!
Maribel Maia a 10 de Agosto de 2018 às 20:51

Cada ano de escola havia aquela amiga com quem mais falava. Como os colegas de turma mudavam, aparecia sempre outra criança com quem mais falava mais não fazia distinção com os outros amigos.
CÉLIA a 10 de Agosto de 2018 às 18:31

Pelos vistos agora fazem, e chateiam-se uns com os outros por isso... Enfim... Gente nova...
Maribel Maia a 10 de Agosto de 2018 às 20:53

Creio que os vão hierarquizando conforme os vão conhecendo e fazendo novas amizades e depois passa.
Alfa a 10 de Agosto de 2018 às 19:35

Acho que sim, até porque grandes amizades começam na adolescência!
Beijinhos
Maribel Maia a 10 de Agosto de 2018 às 20:53

Agosto 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
17
18

19
21
23
24
25

26
29
30


pesquisar
 
mais sobre mim
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Instagram
@educarcomvida
blogs SAPO