Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

O Fim dos Exames de 4º ano: que opinião?

«Exames no final do 4.º ano já não vão realizar-se em 2016. Projecto de lei do Bloco de Esquerda deu entrada no Parlamento nesta quinta-feira e conta com o apoio da maioria parlamentar. Há aplausos de professores e pais, mas também críticas…» (In: jornal O Público, 20 novembro 2015).

 

Esta é uma notícia que muito faz refletir a comunidade educativa, embora estes Exames de 4º ano sejam um projeto com poucos anos, sempre esteve envolto em grande controversa. Não quero com isto despoletar velhas críticas  nem me posicionar partidariamente. Quero apenas partilhar a minha reflexão sobre este assunto, de uma forma geral e breve, com os meus leitores.

Na minha opinião, os estudantes de 1º ciclo devem construir bases sólidas de saberes escolares, de forma a facilitarem novas aprendizagens na mudança para o 2º ciclo e assim sucessivamente, contudo, não me parece que um único exame final possa se assumir como definição do aproveitamento de todo esse percurso de quatro anos.

No convívio com as crianças desta idade apercebi-me do nervosismo que era o dia desse exame, principalmente, porque tinham de ir realiza-lo a outra escola, para eles, desconhecida… enfrentando a situação como se os quatro anos escolares estivessem em causa num único Exame… crianças que não dormiram, que ficaram indispostas, que choraram antes, durante e depois, pela ansiedade de dois Exames: Português e Matemática… nunca consegui ficar indiferente a esta situação específica, assumo!  

Portanto, para mim, a exigência deve estar presente ao longo dos quatro anos de estudo, criando-se conhecimentos sólidos, desenvolvendo-se a curiosidade pelo saber, a opinião crítica, a imaginação e o desenvolvimento emocional, em paralelo com as disciplinas de Português, Estudo do Meio e Matemática.

 

Gostaria de ler também as vossas opiniões, numa partilha construtiva… Obrigada!

caderno2.jpg

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D