Com um olhar pluridimensional sobre a EDUCAÇÃO, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida... este é um convite para conversar sobre educação.

23
Jul 18

É verdade que a maioria dos estudantes não querem estudar nas férias, querem brincar, descansar e divertir-se. Penso que, nestas férias que são tão longas, existe tempo para tudo.

No entanto, este estudo deve ser adaptado à necessidade de cada estudante e ao ano letivo, até porque alguns estudantes trazem trabalhos escolares para férias e não é nada pedagógico que os façam de uma só vez, ou no início ou no final das férias.

O que mais importa é que guardem alguns dias para o estudo. Para tal podem comprar livros de estudo em férias, que as editoras colocam à venda. Podem fazer uma pequena lista de livros para ler. Escolher algumas fichas de estudo retiradas da internet, fazer um trabalho escolar sobre uma matéria. Podem solicitar a escrita de textos e composições, e charadas matemáticas.

Deve ter-se sempre em atenção que, se alguma disciplina não ficou muito consolidada no ano anterior, no verão esta situação pode ser melhorada para que o próximo ano letivo seja um sucesso!

images.jpg

(imagem retirada da Internet)

publicado por Maribel Maia às 10:28

12 comentários:
Sim, se estudarem um bocado nas férias até faz com que não se aborreçam com tanto tempo livre.
Marta Elle a 23 de Julho de 2018 às 10:34

Também! E é um estudo mais tranquilo, sem resultados obrigatórios, o que pode dar mais gosto em fazê-lo!
Maribel Maia a 23 de Julho de 2018 às 10:37

Da minha experiência de mãe, isso resulta bem no primeiro ciclo, até porque trazem orientações dos professores para lerem alguns livros ou TPC de férias.
Depois disso, cada vez é mais difícil fazê-los estudar nas férias.
Mas como ler também é estudar, costumava promover a leitura.
A 3ª face a 23 de Julho de 2018 às 12:48

A leitura é um excelente exemplo, para além disso existem vários jogos didáctico que apoiam o estudo e ajudam na diversão... Depois, em casa, podem fazer a hora do conto, podem apresentar uma pesquisa interessante à família... E sempre que podem as visitas a lugares de aprendizagem também podem ajudar.
Existem alguns estudantes que poderão ter alguma disciplina em grande dificuldade e aí devem mesmo dedicar-se ao estudo específico!
Maribel Maia a 23 de Julho de 2018 às 13:35

Agora há tantos recursos que tenho alguma dificuldade em entender este desprendimento. Até APP específicas temos! Canais de documentários, acesso facilitado a livros (recordo que, nos meus tempos, para comprar livros em inglês, só mesmo no Círculo de Leitores ou livrarias específicas. E que caros eram)...

Infelizmente, na generalidade, são os pais dos bons alunos aqueles que incutem hábitos durante as férias. Muitos dos que têm dificuldades... "Mas o meu filho tem dificuldades? Até passou de ano."
P. P. a 23 de Julho de 2018 às 17:28

Claramente que a formação de quem cresce está muito relacionada com o apoio da família!
Obrigada pela partilha!
Maribel Maia a 23 de Julho de 2018 às 19:55

Oh Maribel, se a minha já não gosta de estudar durante as aulas imagina nas férias
Paula Rocha a 24 de Julho de 2018 às 11:02

Pode ler, visitar lugares culturais, fazer jogos didáticos e ela, sem se aperceber mantém-se a aprender tantas coisas importantes!!!
Maribel Maia a 24 de Julho de 2018 às 11:06

Pois estudar também faz falta mesmo em tempo de férias!!
omeumaiorsonho a 24 de Julho de 2018 às 18:20

Aprender é transversal ao tempo e ao lugar... Obrigada! Beijinhos
Maribel Maia a 24 de Julho de 2018 às 19:57

Ainda não começamos, mas daqui a uma semana ou duas, vamos rever matérias, porque faz falta...
paranoias-de-mae a 25 de Julho de 2018 às 12:29

É isso mesmo! Bom estudo!
Maribel Maia a 25 de Julho de 2018 às 17:52

Julho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
17
20
21

22
24
27
28

29
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
Instagram
@educarcomvida
blogs SAPO