Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

AGENDA CULTURAL PERMANENTE:

HISTÓRIA

 

Quinta das Lágrimas:

Para os estudantes de 3ºciclo a História está-lhes bem presente na memória, quando se fala da Tragédia de Inês de Castro e na sua paixão por D. Pedro. Quem visita a Quinta das Lágrimas entre no século XIV e vive a lenda de que foi ali que Inês chorou pela última vez, ao ser trespassada pelos punhais dos três fidalgos aos quais o pai de Pedro, o Rei Afonso IV, ordenara a sua morte. O sangue que então derramou ainda hoje dá cor às pedras da fonte que nasceu das suas lágrimas. Também a Rainha Santa Isabel deixou memórias na Quinta, há mais de setecentos anos atrás. Vejam com os vossos olhos esta lenda!

Rua António Augusto Gonçalves – Coimbra

www.quintadaslagrimas.pt/

 

Castelo e Palácio de Guimarães:

De entre os mais variados Castelos Portugueses, que devem ser visitados e conhecida a sua história, destaco o Castelo de Guimarães como símbolo do Berço de Portugal e como pertinência para alguns conteúdos temáticos da disciplina de História, lecionada nas nossas escolas.

Este Castelo tem como singularidade a sua grandeza de origem medieval cujas raízes remontam ao século X. Ao lado do Castelo podemos visitar também o Palácio de grande riqueza histórica, nas várias visitas guiadas existentes. Toda a cidade de Guimarães está ‘vestida’ de uma História que vale a pena conhecer.

Oliveira do Castelo – Guimarães

www2.cm-guimaraes.pt/

 

Castelo de Óbidos:

Pela singularidade de existir uma cidade dentro de muralhas, vale a pena visitar Óbidos, seja nas suas épocas festivas: Festival do Chocolate e Óbidos vila Natal, seja num dia banal em que se caminha pela História de Portugal numa beleza incomparável de paz e serenidade, em que natureza e sociedade vivem em completa harmonia.

Óbidos: Leiria

www.obidos.pt/

lagrimas1.jpg

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D