Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Fevereiro:

O mês em que tudo mudou…

Surgiram umas férias forçadas devido ao aumento da pandemia… a escola voltou a fechar! Agora os alunos serão, de novo, ensinados à distância! Com isso muitas dificuldades surgirão e muitas dúvidas…

Se os alunos não se empenham, serão de novo prejudicados neste processo online, onde tudo é mais difícil… é mais difícil tirar dúvidas, é mais difícil estar atento, é mais difícil estar motivado, é mais difícil ser avaliado!

Não percam o foco e a determinação, recorram a outras formas de aprendizagem, para complementar a vossa formação… e não desistam de lutar por um ano escolar com muito sucesso!

 

fevereiro.jpg

 

Dias de confinamento… numa espécie de férias escolares…

As escolas fecharam e, por ordem do Governo, as aulas online não se mantiveram, portanto, tornam-se umas férias forçadas, a meio de um período letivo… onde já se avizinhavam várias avaliações!

Nesta espécie de férias escolares, assumo que deve existir tempo para brincar e para serem crianças/adolescentes/jovens… Mas, estes estudantes já foram prejudicados no ano letivo anterior… mesmo sendo ‘alguns dias’… isto trará consequências de ensino/aprendizagem escolares no futuro…

Mas, por cá, gosto mais de procurar soluções do que evidenciar problemas… Portanto, quero apenas sugerir algumas propostas para não deixarem os estudantes completamente alheios ao processo interrompido:

  • Defina uma a duas horas de estudo, por dia, durante os dias de semana, para que as matérias não fiquem esquecidas;
  • As disciplinas com maior dificuldade devem ser revistas e pode aproveitar-se para rever matérias que não foram adquiridas em anos anteriores;
  • A leitura de livros deve ser incluída nas rotinas do estudante;
  • Quem tiver a possibilidade, deve manter as explicações online;
  • Procurar alternativas ao exercício físico, parece algo supérfluo, mas é imprescindível para manter a mente ativa;
  • Aproveitem os livros de fichas como material de estudo;

Como estão a decorrer estas ‘férias’ para os vossos estudantes? Querem partilhar?

 

conceitos.jpg

 

As vídeo aulas ajudam a estudar?

Cada vez mais se utiliza a internet para tudo… para comunicar, para brincar, para divertir… também podemos usá-la para estudar! Existem documentários muito explicativos, existem fichas para imprimir, exercícios para fazer online e também existem as vídeo aulas.

Estas vídeo aulas são a gravação de uma aula sobre uma determinada matéria em vídeo, que podem ser facultadas pelo próprio professor da disciplina, como podem ser pesquisadas, livremente, na internet. Os formatos podem ser variados, desde a voz/imagem de um professor, esquemas interativos, fotografias/imagens, ou mesmo uma junção destas várias opções.

Ao utilizar este método de ensino à distância, o estudante pode tornar-se mais autónomo na procura de conteúdos a estudar e tem mais um recurso didático para a fixação de conteúdos.

Aprender com este método pode ser mais simples e motivador! Não podemos olhá-lo como um único recurso à aprendizagem, mas sim como um bom complemento a esta. Portanto, sempre que surgir alguma dificuldade em aprender determinada matéria, os estudantes, podem recorrer a estas vídeo aulas como mais uma ajuda e apoio ao estudo.

pesquisa.jpg

 

O ‘cantinho’ do estudante

Diálogo entre mim, e um/a estudante de 3º ciclo:

«Eu: _ Tens um lugar para estudar, em casa?

Estudante: _É no meu quarto, ao lado da cama tenho uma secretária com gavetas.... e às vezes vou para o Pufe para memorizar a matéria… e assim….

Eu: _Foste tu que decoraste?

Estudante: _Sim…»

 

Conheço estudantes que não têm um lugar específico, em casa, para o seu estudo diário… Optam por ficar, umas vezes na sala, umas vezes no quarto, ou na cozinha… isto significa que, sempre que tiverem de dar início ao estudo terão de juntar todo o material necessário ao estudo e, sempre que se esqueçam de algo irão interromper o estudo para ir buscar o material em falta.

A existência de um único espaço físico de estudo deve ser algo fundamental em casa de cada estudante. Uma secretária com os materiais necessários de apoio e complemento, com gavetas de arrumação e boa iluminação, é algo bastante recomendado.

Para além disso, deve ser um lugar com poucos barulhos e sem TV, para não perturbar… sendo que, o estudante não deve ter próximo outros elementos que despertem interesses maiores, como por exemplo, telemóveis, brinquedos, etc…

E, que material deve existir nesse espaço físico? Vejam neste Post!

estudar exige.jpg

 

Outubro:

O mês do comportamento: dentro e fora da escola!

Neste mês já as rotinas se interiorizaram e já tudo está normalizado. No entanto, deve ter especial atenção aos comportamentos dos estudantes, principalmente, de idades mais novas. Podem surgir as fobias escolares, ou as situações de bullying…. Pode denotar-se desmotivação no estudo ou alguma incapacidade de desenvolver métodos de estudo.

Para alguns estudantes é necessário ensinar responsabilidades na realização dos TPC’s, na calendarização das fichas de avaliação e na organização do estudo… em tudo isto é imprescindível uma adaptação às características de cada estudante.

Este é também o mês em que surgem as primeiras avaliações, tanto em fichas como em trabalhos… portanto, o estudo tem de começar a bom ritmo!

outubro.jpg

 

 

O ‘Equipamento’ de estudo!

Tal como referi no Post anterior, é imprescindível que, cada estudante, tenha o seu espaço físico onde possa estudar sossegada e confortavelmente!

Para proporcionar melhor apoio ao estudo, devem existir alguns materiais adequados à idade e ao ano letivo de cada estudante.

De uma forma geral, poderei assinalar, aqui, algumas propostas de materiais que poderão selecionar:

  • Canetas coloridas, lápis carvão, lápis coloridos, borracha, afia e corretor;
  • Post’it, sublinhadores, agrafador, fita cola e cola;
  • Caderno ou folhas para apontamentos e resumos;
  • Régua, transferidor e compasso;
  • Capas ou bolsas para organizar folhas, fotocópias e fichas;
  • Dicionários, gramáticas e outro material de consulta;
  • Todos os livros e cadernos escolares;
  • Calculadora e computador (quando necessário);
  • Agenda atualizada com datas de testes e trabalhos;
  • ….

Recordo que é necessário exigir o cuidado e responsabilidade com todo este material, tanto no tratamento como na arrumação, faz parte integral da educação!

Acrescentariam algo mais a esta lista, de acordo com o vossa experiência?

escola.jpg

 

Nova rubrica…

Aproveito este mês de setembro para referir que, a partir deste mês, haverá uma nova publicação mensal, até agosto do próximo ano.

A cada início de um novo mês apresentarei algumas orientações de apoio aos estudantes… Isto porque a vida escolar corre a um ritmo acelerado e, em meses diferentes, novos desafios se encontram…

Fica o  convite: venham ler e comentar, começa já amanhã com: Setembro – o regresso às aulas.

novidades.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D