Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Férias de Verão: diversão vs estudo

Estudo:

Tal como já afirmei, estudar em tempo de férias é importante, tanto para os alunos mais empenhados, pois assim não perdem ritmos nem as motivações, como para os alunos com mais dificuldades que podem aproveitar estes momentos para adquirem conhecimentos onde não foram bem sucedidos, em tempo de aulas.

As formas de estudo não terão de ser maçadoras nem tenebrosas, por vezes, bastam algumas horas, em alguns dias da semana que, de forma produtiva, proporcionarão grande aprendizagem. Para que esta aprendizagem seja significativa, estar acompanhado e orientado por um adulto ajudará a reduzir o tempo de estudo e aumenta a concentração.

Nestas férias de verão, os alunos podem aproveitar para:

  • Ler muito e aquilo que gostam;
  • Fazer um curso de línguas;
  • Praticar artes: dança, música, pintura, etc…
  • Aprender a cozinhar;
  • Fazer um curto Erasmus;
  • Aprofundar os conhecimentos sobre um tema que gostam;
  • Aulas particulares de matemática, ou de outra disciplina;
  • Ver vídeo-aulas;

Para além destas, existem muitas outras propostas de estudo e aprendizagem, basta encontrar quais as maiores motivações ou necessidades do estudante e definir estratégias!

 

contextos educativos (1).jpg

 

Férias de Verão: diversão vs estudo

Diversão:

Este título assusta qualquer aluno que esteja, neste momento, a aproveitar as suas merecidas férias… no entanto, é preciso lembrar que estas férias são muito longas e que, facilmente, se perdem ritmos de estudo e motivação para a aprendizagem.

Com tudo isto, não quero afirmar que os estudantes devem estudar nas férias, como se estivessem em tempo de aulas, até porque os momentos de lazer proporcionam, também, excelentes momentos de aprendizagem. Por exemplo, o convívio entre pares, nestes momentos, proporciona um grande desenvolvimento social e emocional:

  • Aceitar a opinião do outro;
  • Mediar ideias e opiniões;
  • Respeitar as diferenças;
  • Aprender a ceder;
  • Aprender a impor decisões;

Tudo isto é desenvolvido fora das salas de aula, mas é tão importante como aquilo que lá se aprende, ou seja, aprender a viver em sociedade, defendendo ideias e sabendo mediar interesses.

Portanto, ao longo destes dias de férias, é importante proporcionar, a quem cresce, estes momentos de encontro, de saídas e de brincadeiras com os amigos da mesma faixa etária… sempre com regras e limites que têm de ser respeitados.

 

contextos educativos.jpg

 

Aprendizagens fundamentais!

Existem atividades domésticas que, embora pareçam simples, devem constituir uma aprendizagem fundamental para qualquer criança ou jovem. Por forma a que cada um se torne dotado de competências para viver de forma independente e emancipada, sendo capaz de realizar tarefas simples, mas que tornam a nossa vida mais simples, livre e capaz.

As férias são momentos ideias para aprofundar tais aprendizagens e desenvolver gosto por trabalhos manuais e boas competências em tarefas domésticas. Por isso, nestas férias ensine a:

  • Cozinhar;
  • Lavar, passar e arrumar roupa;
  • Costurar;
  • Fazer a cama;
  • Limpar, varrer e aspirar;
  • Lavar louça;
  • Cultivar hortas ou vasos;
  • Fazer compras e gerir dinheiro;
  • Formas de reutilização de materiais;

 Estas e outras tarefas, como por exemplo, saber mudar uma lâmpada, arranjar a própria bicicleta, tratar de animais, etc… são fundamentais para o conhecimento humano e promovem a autoconfiança de quem cresce. Sempre que possa, não deixe de ensinar tudo isto, com muito carinho e paciência.

 

evida.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
Blogs Portugal