Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Formação de adultos: o explicar de alguns conceitos

Embora a minha escrita seja mais direcionada para crianças e jovens estudantes, por cá, também faz todo o sentido escrever sobre a educação e formação de adultos, uma área em que trabalhei vários anos, apaixonadamente.

Hoje venho fazer uma breve explicação sobre a formação de adultos, porque existem conceitos como EFA’s ou UFCD’s, que deixam algumas dúvidas ou incompreensões. Portanto, procurarei contextualizar estas formações de forma bastante simples. No entanto, se pretender desenvolver mais o seu conhecimento sobre este tema, visite o site oficial da ANQEP: http://www.anqep.gov.pt

EFA: Educação e Formação de Adultos, são cursos de longa duração, em horário laboral ou pós laboral, direcionados para um conjunto de saídas profissionais e que, finalizado com sucesso, oferece dupla certificação (dois diplomas): um relativo à finalização de um nível escolar (9º ou 12ºano) e outro de certificação profissional.

UFCD: Unidade de Formação de Curta Duração, é uma formação de curta duração (25horas ou 50horas) relacionada com um tema formativo específico (por exemplo, informática ou línguas). Após a conclusão desta, com sucesso, o formando obtém uma certificação da aprendizagem realizada. Normalmente, os formandos fazem um conjunto de UFCD’s, com o objetivo de se especializarem, um pouco mais, numa área profissional.

 

Ambas as modalidades de formação são facultadas pelo IEFP (Instituto de Emprego e Formação Profissional) que, muitas vezes, as pessoas associam ao Centro de Emprego, porque esta é uma oferta proposta a desempregados/as. Mas, estas formações podem também ser gerenciadas por outras entidades formadoras credenciadas para tal e podem ser dirigidas a empregados ou desempregados.

É de salientar que, qualquer que seja a formação só pode ser frequentadas uma vez e, apenas por ativos empregados/desempregados, ou seja, pessoas reformadas, ou menores de 18 anos não poderão participar…

 

Seja em que idade for, aprender é sempre valioso!!! E são tantos os caminhos que nos levam às aprendizagens!!!

 

adultos.jpg

Para ti, aluno:

Quero melhorar a avaliação, e agora…???

Tens andado a baixar as avaliações a uma ou mais disciplinas, começaste a ficar preocupado e pretendes recuperar???… acredita, nada está perdido e é claro que conseguirás… mas terás de te empenhar, porque será necessário um bom esforço.

Para te animar é importante referir-te que os professores valorizam muito o facto do alunos se mostrar dedicado à disciplina, interessado na aula e participativo, fazer sempre os trabalhos solicitados e demonstrar atenção e empenho é algo que terás mesmo de fazer em todas as aulas.

Em casa deves reforçar os momentos de estudo, fazer os TPC’s é essencial, não podes esquecê-los. Depois, todas as semanas deves ler as novas matérias dadas e fazer resumos às disciplinas às quais tens mais dificuldade… Não podes esquecer de ter as datas das avaliações e entrega de trabalhos corretamente agendadas, para melhor organizares o estudo.

Se sentires que sozinho a preguiça vai imperar, então, procura ajuda… escolhe alguém que te apoie na organização e definição de tarefas e estudo, que te esclareça dúvidas, que te faça perguntas antes dos testes e que incentive!

nota (1).jpg

 

Para ti, aluno:

Porque baixei as notas?

Para responder a esta pergunta é necessário escolher um de dois caminhos:

A: Baixei a nota de uma disciplina?

ou

B: Baixei as notas à maioria das disciplinas?

 

A: Embora muitos alunos não se apercebam do facto, mas as disciplinas têm um encadear de matéria, ao longo do ano e ao longo dos anos, cada vez fica mais complexa e minuciosa, mas as bases não podem ser esquecidas… Se estás a piorar a tua avaliação provavelmente, perdeste ‘o fio à meada’ ou seja, esqueceste a base da disciplina, regras que já deveriam estar memorizadas através dos anos anteriores e que esqueceste, ou então, tiveste muita dificuldade em entender as últimas matérias lecionada. Volta a estudar a matéria, ou matérias anteriores, se não conseguires sozinho, é o momento de pedir ajuda.

 

B: Estás a ter avaliações mais baixas do que o habitual, na maioria das vezes, a situação reflete-se porque não estás a estudar com o melhor método e o empenho necessário. Deves refletir sobre a tua forma de estudar e adaptá-la. Provavelmente também não estás a estudar o tempo necessário, é preciso fazer resumos e exercícios semanalmente. Estás a fazê-lo? Se não conseguires reorganizar-te sozinho precisarás de ajuda.

 

nota.jpg

 

Pág. 1/3

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Blogs Portugal