Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Ano Novo... Esperança Renovada!

Que 2020 brilhe, em alegria, amor, conquistas e sucessos!

Que as nossas palavras nunca nos faltem e que os blogs tenham sempre Vida!

Que seja tranquilo e apaixonante... que seja aquilo que nós desejamos....

Que seja aprendizagem, educação e transformação!

Feliz Ano Novo!!!!!

2020.jpg

 

 

A Magia do Natal!!!

Era uma vez, um menino de olhos castanhos e cabelo escuro, sorriso no rosto e andar contente, tinha oito anos, chamava-se Diogo e estava imensamente feliz porque hoje era o dia mais importante do ano, 24 de dezembro… véspera de Natal!

Era neste dia que a casa do Diogo se transformava em alegrias, gargalhadas e conversas descontraídas. Pela tarde começavam a chegar os convidados, avós, tios, primos, … tanta gente que o Diogo amava! Como não iria ser um dia fantástico?

Depois de um jantar repleto de comida na mesa, conversas partilhadas e histórias contadas, chegava a esperada hora de abrir presentes…. A família reunia-se na sala, onde estavam a Árvore de Natal e o Presépio, lá foram ficando os imensos presentes da família, que agora se começavam a abrir em grande entusiasmo.

O Diogo abriu presentes e mais presentes… uns e outros… todos fantásticos… tão feliz que estava o Diogo!

Embora a noite fosse mais prolongada, Ana, a mãe do Diogo acabou por enviá-lo direitinho para a cama, na manhã seguinte iria receber o seu melhor amigo, em casa, para brincarem….

Era já noite longa, quando a mãe do Diogo escutou uns barulhos estranhos vindos da sala… Para verificar o que se estava a passar, foi espreitar com cuidado. Lá estava o Diogo em enorme concentração a embrulhar, de novo, alguns presentes que tinha acabado de receber…

_ Mas que está ele a fazer? Será que o Diogo não gostou dos presentes??? Pensou a mãe… mas continuou a observar. _Está a embrulhar o pijama fofinho e quentinho… pensei que lhe servisse!!! Também já embrulhou uma caixa de bombons… e o conjunto de legos que ele tanto adora…. Como é possível!!!???_ Pensou a mãe, já a ficar chateada. _ Amanhã, quando o amigo se for embora vou ter uma conversa muito séria com ele, não há motivo nenhum para não querer tais presentes…

A noite deu lugar ao dia e, à hora marcada o Afonso tocou à campainha.

_ Olá Afonso! O teu amigo Diogo ainda não acordou, parece que teve uma noite muito longa!!! _disse a mãe.

_ Olá Sra. Ana! _ Respondeu o Afonso!

_ Olá Afonso!!! Anda para a sala brincar. _ disse o Diogo, todo apressado e ainda a calçar-se.

_ Muito bem, afinal acordaste! Replicou a mãe. _Vou buscar-te uma caneca de leite.   

Quando a mãe do Diogo voltou para a sala escutou a conversa entre eles e ficou atenta:

_ Ainda tens presentes embrulhados! _ diz o Afonso!

_ Sim… Esses são para ti! _ Afirmou o Diogo! _ Força, podes abrir… O Pai Natal não teve tempo de ir a tua casa e pediu para deixar estes aqui….

_ A sério??? _ Perguntou o Afonso com um sorriso maravilhoso.

Ao ouvir tal conversa a Ana ficou a refletir… Lembra-se perfeitamente que o Afonso tem uma família humilde, com poucos recursos e o Afonso tem mais quatro irmãos. Certamente, que ele não recebeu tantos presentes como o Diogo… talvez nem tenha recebido nenhum…

Agora tudo fazia sentido: O Diogo queria apenas partilhar os seus presentes com o seu melhor amigo, mas queria manter a Magia do Natal!!!!

magia de natal.jpg

Nota: Este é o Conto de Natal que escrevi para responder ao desafio realizado pela blogger imsilva a todos os blogs aqui do bairro... Adorei escrever... espero que tenham gostado de ler...

Educar(Com)Vida: Vencedor dos Sapos do Ano 2019

Foram hoje revelados os vencedores do último concurso dos Sapos do Ano. É com muito orgulho que vejo este Educar(Com)Vida na lista dos vencedores, pela categoria Educação.

 

Encontrar este blogue na lista  de vencedores, pelo segundo ano consecutivo é, principalmente, um enorme incentivo e uma motivação extra para continuar a escrever e a partilhar, semana após semana…

É, também, uma responsabilidade acrescida, cada voto demonstra o interesse e gosto do leitor/a pela minha escrita, que me inspira a tentar fazer mais e melhor por este espaço.

 

Por tudo isto, tenho muito que agradecer-vos, pelo voto oferecido, pelas leituras assíduas, pelas partilhas e pelos comentário, com vocês tudo isto fica mesmo (Com)Vida.

 

Não posso deixar de felicitar todos os outros blogs, mais ou menos anónimos, que partilham muito boa escrita e excelentes reflexões e, em especial, os vencedores das outras categorias, são blogs com muita alma. Se quiser ver toda a lista vencedora siga o link.

 

Um carinhoso obrigada ao David e à Magda, que desenvolvem todo este concurso de uma forma maravilhosa e com um objetivo de louvar: “Evento independente que visa premiar os melhores blogues da nossa praça (não ligado a qualquer plataforma/empresa ou entidade)”. (In: Sapos do Ano)

 

Mais uma vez, o meu maior agradecimento porque, com este blogue e com vocês aprendo tanto….

Sapos do ano.jpg

 

Inquietudes: Os Famosos e a Educação…

Num destes dias dei por mim a refletir sobre as pessoas bastante conhecidas nos meios de comunicação social, os ditos ‘famosos’ e o esforço que será para estas pessoas tentarem realizar uma educação dita ‘normal’ nas suas crianças e jovens.

Certo é que, todo este meu misticismo vem de uma falha experimental minha, confesso… pois teria certamente opinião formada sobre tal assunto… poderia até assumir esta realidade como não assunto… se durante estes meus anos de experiência educativa me tivesse cruzado com estudantes e/ou pais de grande fama na comunicação social…. o que ainda não aconteceu!!!

 

Como tal ainda não me coube em experiência, ficam aqui algumas questões que me inquietam o pensamento e que gostaria de partilhar com os leitores:

Será que a visibilidade pública implica novas e adaptadas formas de educação?

Como se prepara uma criança para o mediatismo da família?

Conseguirá esse estudante viver o seu quotidiano anonimamente?

As vidas diferenciadas da família terão implicações no desempenho escolar individual?

 E quando são as próprias crianças/jovens os ‘famosos’, haverá implicações escolares, ou alterações no decorrer do desenvolvimento educativo?

A dificuldade estará sempre apenas no Educar e esta é já tarefa difícil por si só, que nenhuma questão mais se apraz?...     

…quem sabe alguns leitores sejam, até, personalidades mediáticas e que possam realizar/partilhar em ‘primeira pessoa’ para, aqui, me ajudarem na reflexão…

Seja como for, todos os comentários e ideias são passiveis de nos fazerem aprender algo, portanto agradeço a partilha de comentário e reflexões!!!

inquietudes (1).jpg

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D