Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Desafio: #No meu tempo de escola

Porque a Educação forma-nos e transforma-nos, hoje faço-vos um desafio de mostrarem um pouco de vocês, através do conceito Educação .

Assim, lanço o Desafio, a todos/as os/as Bloggers que por aqui passam, a responderem a estas dez questões sobre a vossas experiências educativas, desvendando um pouco mais sobre cada um de vocês:

 

  1. Que profissão sonhavas ter quando eras criança?

 

  1. Que professor(a) mais te influenciou ao longo da tua vida escolar?

 

  1. Qual a melhor recordação que tens dos teus tempo de escola?

 

  1. Como passavas as tuas férias de verão?

 

  1. Ainda manténs alguma amizade de infância?

 

  1. A escola/formação ajudou a cumprir algum dos teus sonhos?

 

  1. Que formação gostarias, ainda, de realizar?

 

  1. Se pudesses, o que mudarias nas escolas de hoje?

 

  1. Qual a maior aprendizagem que tiveste fora da escola?

 

  1. Nomeia os próximos Bloggers a responderem ao desafio.

 

Agradeço a todos os que se sentirem tentados a responder às questões! Será um gosto ler as vossas respostas!

Boa escrita!

 

Os jovens podem trabalhar nas férias.

Diálogo entre mim e um/a estudante de Secundário:

«Estudante: _ Nas férias vou tentar arranjar algum trabalho, queria juntar dinheiro para a faculdade…

Eu: _ Acho uma ótima ideia, ocupas o tempo e aprendes!

Estudante: _Pois é… vou procurar em cafés, ou assim…»

 

Ao longo destes anos, conheci muitos jovens que procuraram trabalho a tempo inteiro, ou a tempo parcial, durante as suas férias de verão. Uns pediram ajuda aos pais para irem ajudar nos empregos dos pais, outros procuraram o atendimento ao público ou outras empresas que procurem jovens dinâmicos.

Parece-me uma excelente ideia para os mais jovens que já valorizam o dinheiro e que pretendem adquirir mais responsabilidades e autonomia. Isso apoiará novas competências, novos valores e aumentará o currículo profissional.

Portanto, nestas férias aqui fica mais uma proposta aos estudantes mais crescidos!

Por aí, algum leitor/a que tenha tido essa experiência e que gostasse de a partilhar, aqui nos comentários?

aprendiz.jpg

 

Dia dos Avós: 26 de julho

 

Dia dos Avós é comemorado, em Portugal , no dia 26 de julho. Deve, portanto ser um dia muito especial para a pequenada… realizar uma bela homenagem e agradecimento aos avós que promovem um carinho e uma dedicação especial. Lembrar o quanto eles apoiam na educação dos netos e o quanto a sua presença é importante… as suas histórias são fascinantes e a comida é inigualável…

 

Prepare uma atividade especial:

Um passeio no parque entre avós e netos;

Um jantar/bolo de homenagem preparado pelos netos;

Um Postal decorado com belas frases e desenhos;

 

Que seja um Dia Feliz!

dia_dos_avos.jpg

 

Dicas para falta de imaginação na diversão!

Ao longo destas férias, irá encontrar alguns dias em que a falta de imaginação para entreter as crianças esteja muito presente. Para estas alturas, deixo aqui algumas propostas, seja dentro de casa ou fora, rapidamente terá uma a duas horas de diversão garantida. Poderá fazer a escolha de acordo com as condições meteorológicas ou, de acordo com a vontade de todos:

No exterior:

  • Aproveite o que está mais próximo, um parque, um jardim ou uma praia, para um passeio ou uns jogos tradicionais;
  • Se tem um pequeno jardim ou horta, podem aproveitar para os cuidados diários, regar, retirar ervas, plantar, etc;
  • Pode ir comprar, uma ou mais brincadeiras bem baratas, que são bastante divertidas: o frasquinho para fazer bolinhas de sabão, cartas ‘UNO’, o ‘dois em linha’, o ‘jogo da glória’, o ‘cubo mágico’, etc…
  • Com uma máquina fotográfica, ou o telemóvel, tirar fotografias às mais variadas espécies da natureza (animais, plantas) descobrindo pequenos encantos;

 

No interior:

  • A construção de puzzles, plasticinas, ou barro, podem motivar à imaginação e à criatividade com muita alegria;
  • Se a vontade é descansar, um bom filme de animação pode sempre ajudar ao sossego e à aprendizagem;
  • Na internet encontram-se vários desenhos para colorir, de muitos temas e heróis da pequenada, depois de impresso, com uns lápis de cera ou de cor, desenvolve-se a motricidade fina;
  • Se o objetivo é animar e sorrir, procurar uns trava-línguas ou umas anedotas infantis torna o momento, logo, agradável;
  • Os trabalhos manuais, para famílias com jeito, são fantásticos… basta umas lãs, uns cartões… corta e cola… saem objetos práticos e divertidos;
  • Um livro pequeno, com texto narrativo e várias personagens, transforma-se num teatro com variadas personagens;
  • Ensinar a utilizar os vários programas de computador para quando precisarem de fazer trabalhos escolares;

travalnguas-1-638.jpg

 

Nas férias também se estuda!?

As férias de verão são, praticamente, três meses sem aulas, ou seja, sem educação formal, no entanto, eu sempre propus momentos de estudo, seja para fazerem os trabalhos propostos pela escola, que por norma as crianças do 1º ciclo trazem, seja alguns exercícios que relembrem a matéria dada.

As formas de estudar podem ser variadas e até divertidas… pode optar por utilizar jogos pedagógicos, comprando ou recorrendo às bibliotecas. Pode comprar os livros que algumas editoras propõem para férias… os estudantes mais crescidos podem optar por rever exercícios e matérias que considerem mais difícil ou que não conseguiram perceber em tempo de aulas.  Através da internet podem-se pesquisar temas que despertam o interesse maior dos estudantes e que os motive no conhecimento, por exemplo, Dinossauros ou Descobertas Científicas…

O estudo deve fazer parte da rotina semanal da criança ou jovem, podem sempre interromper para as semanas de férias que passam fora de casa, com a família.   

estudar (1).jpg

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Blogs Portugal