Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Educar (Com)Vida

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Com um olhar pluridimensional, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida...este é um convite para conversar sobre educação.

Estudar ocupa espaço… no escritório.. na sala… no quarto…

Diálogo entre mim e um/a estudante de 1ºciclo:

«Eu: _ Faz o exercício…

Estudante: Estou com muito sono… Quando passo muito tempo numa sala sem janelas e só com uma lâmpada, fico com sono, mesmo com muito sono!!!»

 

Num primeiro pensamento, podemos achar esta conversa sem interesse, ou motivo mas, certo é que, conversas como estas fizeram-me escrever sobre o espaço onde se estuda e que, muitas vezes não parece relevante aos olhos de educadores. No entanto, proporcionar um lugar adequado ao estudo diário em casa é muito importante para o conforto e concentração enquanto se estuda.  Deixo algumas orientações que podem estar esquecidas:

  • O quarto ou sala deve ter uma mesa/secretária com espaço suficiente para vários livros e cadernos.
  • A cadeira deve ser confortável e de preferência sem rodas, para evitar más posturas e distrações;
  • Não devem estar ligados aparelhos de comunicação/informação como TV, telemóvel, etc., com eles nenhuma concentração é possível;
  • O espaço deve estar bem iluminado com luz natural ou artificial, para evitar cansaço na visão;
  • Evitar lugares com ruído ou partilhado por outras pessoas que não estejam em silêncio;
  • O conforto deve também assumir-se nas temperaturas, nada de muito calor ou muito frio;
  • Atenção à presença dos animais domésticos, se estes forem muito ativos;
  • O espaço deve ser sempre o mesmo ao longo de todo o ano letivo;

 

Quando o estudante quiser sair um pouco do mesmo espaço de estudo, isso também pode promover alento e entusiasmo, quando assim for, procure uma biblioteca, um jardim, ou uma esplanada de um café tranquilo para realizar mais umas horas de estudo longe de rotinas, mas continuando num ambiente confortável e agradável.

Blog-da-Leroy-Merlin-Organize-um-espaço-de-estudo-Post.jpg

 

Ser o melhor aluno… 8 dicas infalíveis!

Na escola podemos cruzar-nos com estudantes que se preocupam apenas em obter resultados positivos, de forma a conseguirem passar de ano letivo… muitos sentem-se pouco capazes de serem alunos de avaliações muito altas, outros assumem não se querem dedicar ao estudo, nem por gosto nem por vontade. Contudo esta perspetiva pode e deve mudar, basta que cada estudante desenvolva a consciência da importância do conhecimento para o seu próprio futuro e seja estimulado para o desejo de saber mais e de descobrir.

Sem dúvida que as notas escolares são resultado, principalmente, das vontades, desejos e ambições da cada um, só depois surgem as capacidades mais ou menos inatas de cada criança/jovem, sendo que essas também podem ser desenvolvidas e aprimoradas.

A todos os estudantes que desejam obter resultados muito bons nas suas avaliações académicas, aqui ficam umas dicas:

  • Liga-te: procura manter-te atento nas aulas o tempo todo, realizando os apontamentos e as anotações da matéria que consideres necessária;
  • Procura ajuda: estuda sozinho e estuda acompanhado, ou seja, faz um estudo diário próprio, com leituras, resumos, exercícios e, pelo menos, uma vez por semana procura alguém que te possa apoiar nas dúvidas surgidas e noutras propostas de trabalho;
  • Começa cedo: para cada teste ou ficha de avaliação começa um estudo específico uma semana antes;
  • Conhece-te melhor: procura o melhor lugar e as horas em que mais te concentras no estudo;
  • Organiza-te: um caderno de apontamentos, uma agenda, uma tabela, tudo ajuda para que nem uma data passe despercebida, para que nem um TPC seja esquecido;
  • Participa: seja nas aulas, seja nos clubes escolares, seja em desporto, participa com empenho e dedicação;
  • Não esperes: não é no terceiro período que vais tentar recuperar vários meses de preguiça, o primeiro dia de aulas é, já, o primeiro grande desafio.
  • Não desligues: durante as férias aproveita para recuperar matérias pouco entendidas e estuda, pelo menos, uma hora por dia, para te tornares ainda melhor.

    bom-aluno.jpg

     

Apresentações Orais…ou… enfrentar a turma, que medo!!!!!

Diálogo entre mim e um/a estudante de 2º ciclo:

«Estudante:  _Já fiz a apresentação oral…

Eu: _Então, como correu?

Estudante:  _Mais ou menos, esqueci-me de metade das coisas, … a professora fez perguntas para ajudar…»

 

Este tema foi proposto por uma leitora deste Blogue, o que agradeço, pela pertinência do tema:

 

Todos os estudantes são convidados a participarem em algumas aulas de forma mais ativa, apresentando um livro, ou um tema de forma oral, individualmente ou em pequeno grupo.

Se para alguns estudantes isto não é motivo de preocupação, para outros, falar em público torna-se um tormento e um embaraço. Contudo, para todos eles há que lembrar que, quanto melhor estiver preparada a apresentação, melhor decorrerá o momento. Para além disso, estes momentos são sempre imperativos de avaliação, logo podem subir notas com um bom desempenho.

De forma prática, estas apresentações orais permitem que o aluno desenvolva mais conhecimentos sobre a língua, novas técnicas de expressão oral e que melhore a sua capacidade de pesquisa e de síntese de informação. Para além disso, as crianças e jovens aprendem a expor as suas opiniões, a respeitar a visão do colega e comunicar sobre variados temas e de variadas formas.

Com o objetivo de facilitar estes trabalhos oriais e acalmar os corações dos mais tímidos deixo, em anexo uma Grelha de Avaliações Orais que definem, de forma geral, quais os critérios de avaliação destes trabalhos.  Para treinarem, podem filmar e depois auto-avaliarem-se.

Bom trabalho!

Grelha avaliações Orais_2017.pdf

 

Pág. 2/2

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vencedor:

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D