Com um olhar pluridimensional sobre a EDUCAÇÃO, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida... este é um convite para conversar sobre educação.

09
Fev 17

Assumo e afirmo constantemente que as explicações escolares a crianças e jovens devem ser sempre individuais, percebo quando afirmam que em grupo trocam dúvidas e questões, ou que, quem explica a um explica a dois ou três… mesmo assim vejo nas explicações individuais muitas mais vantagens do que desvantagens.

As principais vantagens, na minha opinião e pela minha experiência, são as seguintes:

  • A Explicação é personalizada de acordo com as características e personalidade de cada estudante;
  • Aumenta a concentração;
  • Respeita-se o ritmo de aprendizagem em cada conteúdo lecionado;
  • Reconhecem-se facilmente as dificuldades e facilidades na aprendizagem;
  • Adaptam-se estímulos de aprendizagem personalizados;
  • Desenvolve-se empatia e afeição;
  • Aumenta a assiduidade e pontualidade;
  • Cresce a autoestima e a autoconfiança;
  • Desenvolve-se a responsabilidade;
  • Ensinam-se regras e rotinas de estudo.

 

Com todos estes e outros benefícios referidos, os resultados escolares elevam-se, a motivação escolar torna-se maior e os estudantes sentem-se muito mais apoiados em qualquer percurso escolar. Aos educandos e educadores que experimentaram este método de explicações individuais, certamente, que concordarão comigo…

explicacoes.jpg

 

publicado por Maribel Maia às 10:41

10
Out 16

O apoio individualizado ao estudo, realizado por Explicadores/as, é cada vez mais procurado pelos encarregados de educação que procuram potenciar as qualidades e competências dos seus estudantes, proporcionando-lhes um estudo mais individualizado, personalizado, que apoie o ensino massificador da escola atual. Neste sentido, o papel do Explicador passa, de forma geral, por:

 

  • Ensinar métodos e técnicas de estudo;
  • Desenvolver responsabilidades no estudo;
  • Propor metas adaptadas a cada estudante;
  • Consolidar aprendizagens pouco estruturadas;
  • Adaptar o ensino às especificidades de cada estudante;
  • Desenvolver a capacidade reflexiva;
  • Construir exercícios adaptados e individualizados;
  • Esclarecer dúvidas das matérias a estudar…

 

 

Através da minha experiência, gostaria de associar a todos estas referencias  os três fatores primordiais que os estudantes apresentam como alterações positivas no seu estudo diário, após um acompanhamento individual de um/a explicador/a, são eles: o aumento da segurança perante a(s) disciplina(s) e a avaliação, a  melhoria de resultados escolares e maior empenho e dedicação ao estudo.

comprar-material-escolar.jpg

 

publicado por Maribel Maia às 13:37

08
Set 16

Nada fácil para alguns encarregados de educação voltarem a incutir rotinas e hábitos de estudo nos estudantes que estiveram  estes longos meses alheios de matérias e escola!

Portanto, mesmo antes de começar a escola, deve ser solicitado o início de rotinas de estudo, uma a duas vezes por semana. Esse estudo poderá ser centrado em matérias dos anos anteriores que se apresentaram mais difíceis… sendo que, no início tudo parecerá ser difícil e tudo parecerá estar esquecido, num baú que jamais se quer abrir, por isso friso a importância de retomar o estudo antes de retomar as aulas.

Aos estudantes que irão retomar ou iniciar sessões de Explicações, devem optar por começar neste mês de setembro, de preferência antes do início das aulas, apoiando assim esta adaptação a novas rotinas de estudo: concentração, reflexão e memorização!

 

P.S.: Para a semana partilharei mais material para imprimir e personalizar... venham visitar!

esp-rotina-produtiva.jpg

 

publicado por Maribel Maia às 15:43

01
Fev 16

A oferta de serviços de explicações é, cada vez maior e mais variada, facilmente encontramos centros de estudos, explicadores e ATL’s que proporcionam formas de estudo individualizadas ou em grupo. Com o propósito de apoiar as aprendizagens realizadas na escola. Muitas vezes, estes espaços são também lugares de ocupação de tempos livres e cuidadores, nos horários laborais dos pais, proporcionando transporte e alimentação, para além do apoio nos trabalhos de casa e na preparação para testes. Estas são, portanto, ofertas variadas e que têm de ser escolhidas de acordo com a capacidade financeira de cada encarregado de educação.

Através da minha experiência e dos vários relatos conhecidos, é sabido que as explicações mostram melhorias nos resultados escolares e são âncora segura para pais e estudantes no caminho para o sucesso escolar. Tal situação poderá levar a novas reflexões no âmbito das desvantagens e desigualdades sociais no acesso e sucesso escolar, já que, nem todas as famílias podem sustentar este apoio pago!

Neste sentido, algumas questões se levantam: serão as explicações mais uma poderosa ferramenta escolar, só para os estudantes de famílias que as possam pagar? Existirá angústia permanente de pais, com baixos rendimentos, por não poderem pagar explicações aos filhos?  

img-45-340820-original-01.jpg

 

publicado por Maribel Maia às 15:03

30
Out 15

Diálogo entre mim e um/estudante de secundário:

«Eu: _Estás a gostar das novas disciplinas?

Estudante: _Sim, mas algumas tenho dificuldades… mas com as explicações é mais fácil… tive uma explicação de Economia de 1hora e fiquei a perceber mais do que sei lá quantas horas de aulas…

Eu: _ Explicaram-te de outra maneira?!

Estudante: Sim e é diferente, estou sozinho na explicação, mais atento e tudo…»

 

Se optou pela inclusão de explicações na rotina do seu filho, (estudo acompanhado) lembre-se do seguinte:

  • uma ou duas explicações antes da ficha de avaliação, provavelmente, não trará resultados positivos significativos, a menos que, existam apenas pequenas dúvidas pontuais sobre uma matéria;
  • se pretende apenas explicações a uma única disciplina, o caminho será uma explicação de 1 hora por semana, a menos que existam lacunas de aprendizagem da disciplina em anos anteriores que necessitem de serem renovadas;
  • se o objetivo é estudar para mais do que uma disciplina: retirar dúvidas, esclarecer a matéria e preparar para as avaliações, aconselho uma média de 2 horas semanais;
  • se o objetivo é receber acompanhamento na realização dos trabalhos de casa e acompanhamento em todo o estudo, então deverá optar por 1 hora diária.
  • Não se esqueça que o apoio individual é sempre mais produtivo do que em grupo.

 

Finalmente gostaria de referir que o tempo de estudo acompanhado é diferente de estudo autónomo e o primeiro não deve fazer esquecer o segundo. Para além disso relembro que a vida do estudante deve ser bem mais do que matéria escolar, e aprender é viver em vários contextos, em várias situações.. e até mesmo brincar!

Níveis de concentração durante uma sessão de e

 

 

publicado por Maribel Maia às 14:01

26
Out 15

Muitos encarregados de educação questionam-se sobre a hipótese de incluírem ou não o seu estudante em explicações particulares. Ficam com a dúvida se estas trarão os resultados esperados, ou se será mesmo necessário, pois o estudante pode até conseguir sozinho os resultados que pretende. Não sou nada imparcial relativamente a este assunto, obviamente… mas, procurando assumir alguma parcialidade na opinião particular, gostaria de acrescentar o seguinte:

Nem sempre os estudantes chegam, sozinho, aos resultados pretendidos por duas razões, a primeira porque não querem, já que não se aplicam nem se esforçam, a segunda razão, porque existem dificuldades de compreensão da(s) matéria(s) e portanto não conseguem estruturar um método de estudo adequado.

Assim sendo, se a justificação é a primeira, então prevejo que os resultados escolares em nada se vão alterar pelas explicações recebidas… se o interesse não existe e se não existe nenhum estudo complementar autónomo, poderá nada mudar.

Contudo, se o estudante tem como objetivo melhorar os seus resultados escolares, mas percebe que sozinho não está a conseguir, então, a recurso a explicações é, sem dúvida, o caminho mais certo para se obterem melhores resultados.

 

images (31).jpg

 

publicado por Maribel Maia às 14:14

04
Set 15

Neste início de mais um ano letivo, gostaria de apresentar a minha oferta profissional enquanto explicadora e que se torna específico na forma como o desenvolvo (quem acompanha as minhas publicações já o percebeu, certamente) e pelas seguintes razões:

 

  • Trabalho individualizado apenas com um estudante, o que permite uma enorme adaptação às especificidades de cada um;
  • Promovo maior concentração e atenção;
  • Ofereço flexibilidade de horários;
  • Procuro colmatar falhas formativas de anos letivos anteriores;
  • Proponho um recuperar de matérias pouco consolidadas;
  • Ensino métodos e técnicas de estudo;
  • Desenvolvo a autonomia e a confiança;
  • Apresento uma elevada percentagem de sucesso.

 

explicacoes.gif

SANTA MARIA DA FEIRA

publicado por Maribel Maia às 16:59

Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
16

17
18
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO