Com um olhar pluridimensional sobre a EDUCAÇÃO, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida... este é um convite para conversar sobre educação.

27
Jan 15

«A minha mãe também andava sempre atrás de nós: - ‘já fizeste os deveres? Já fizeste isto, já fizeste aquilo? [Paula]» (Laura Fonseca, Culturas Juvenis, Percursos Femininos, 2001).

Ao longo de todo o ano escolar vamos fazer este género de questões: ‘quando é o teste?’ ‘Tens teste a que disciplina?’ ou mesmo ‘Quando entregas o trabalho?’. Muitas das vezes a resposta é vaga, nula, ou ‘um qualquer dia da próxima semana’, nem que hoje seja domingo…à noite…  aqui fica então uma proposta: cada estudante deve ter uma agenda onde assinala as datas de testes, de entrega de trabalhos e fichas de estudo… esta deve estar sempre atualizada e monitorizada pelos pais, ou nas explicações. Para os mais organizados, podem ir mais além e sublinhar com verde ou vermelho (positiva ou negativa) após a entrega do teste assim, no final do período torna-se mais fácil refletir sobre as notas.

Alguns estudos científicos demonstram que este controlo escolar é interpretado pelos estudantes como um auxílio ao estudo e não como desresponsabilização ou desconfiança, como nos refere a investigadora Laura Fonseca: «…os comportamentos e atitudes das mães são percecionados pelas jovens como formas eficazes de demonstração de interesse e empenho, de incentivo para a sua manutenção na escola…» (Culturas Juvenis, Percursos Femininos, 2001).

HPIM1666.JPG

 

publicado por Maribel Maia às 17:38

Janeiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
20
21
22
24

25
26
28
29
31


mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO