Com um olhar pluridimensional sobre a EDUCAÇÃO, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida... este é um convite para conversar sobre educação.

15
Set 16

Continuando com o mesmo tema do Post anterior, a mudança de escola, não posso deixar de afirmar que, por vezes, me parece que a ansiedade e preocupação está muito mais espelhada nos encarregados de educação, do que propriamente no estudante que enfrenta a situação, na maioria das vezes, tal como um desafio que deseja superar rapidamente.

Assim, para estes educadores ansiosos, cá ficam alguns conselhos para melhor poderem apoiar esta natural transição:

  • Converse com o estudante sobre o assunto e tente esclarecer todas as dúvidas e questões sobre esta novidade, sublinhando sempre os aspetos positivos;
  • Procure, em tempo de férias visitar a nova escola e passar lá, com ele, algum tempo de forma a que ele se familiarize e conheça o espaço, se possível converse com alguns funcionários e professores;
  • Se conhecer algum estudante que frequente aquela escola apresente-os, para que tenha já uma amizade quando chegar à nova escola;
  • Quando o for levar à nova escola despeça-se com toda a naturalidade habitual, sem grandes demoras;
  • Esteja atento às demonstrações de adaptação ao novo ambiente e às reações ao longo das primeiras semanas.

 

Como ‘cada caso é um caso’ basta uma atenção maior ao longo das primeiras semanas para perceber se está tudo a correr como esperado e, sempre que necessário converse com o(s) professor(es) do seu educando…. E bom ano letivo!

 

frase-pequeno-principe.jpg

 

publicado por Maribel Maia às 17:14

6 comentários:
As crianças, regra geral, adaptam-se com facilidade e fazem logo amigos.
Marta Elle a 15 de Setembro de 2016 às 18:10

Bem verdade... muitas vezes são os pais os verdadeiros receosos...
Maribel Maia a 15 de Setembro de 2016 às 18:22

Muitos parabéns. São muito úteis os seus conselhos.
Vou partilhar consigo o meu post sobre o regresso às aulas.

O regresso às aulas

Milhares de Cravos e Rosas esvoaçam nas asas do saber
Estão avidas de tudo saber e de tudo compreender
Atropelam-se nos corredores, cheios de pensadores
Com um olhar oval trespassam a terra e veem todo o Universo
Discutem e interrogam-se , por que razão todos os dias, um novo dia é ultrapassado?
Procuram a solução, no saber condensado, em satélites, armazenado
Todos os dias, por foguetões, para o espaço, lançado.
Não vale a pena prendermos o passado
Nunca foi tão fácil o acesso ao saber, em todo o lado
Graças as potentes máquinas de tudo prever
Como é determinante saber ler e escrever!
Exercitam o cérebro e as pontas dos dedos
Imprimindo velocidade aos motores de busca
Que farão rodar a grande Bola
Onde todos correm à procura de um lugar agradável e seguro
Para colocarem os ovos do futuro
Ovos de todas as cores, credos, religiões e regiões
Num choque frontal de civilizações
Só amando todos os corações
Todos podem aspirar a ser iguais e felizes
O que, na Natureza, não existe!


José Silva Costa






cheia a 16 de Setembro de 2016 às 05:11

Muito obrigada pela partilha!!!
Maribel Maia a 16 de Setembro de 2016 às 15:02

Que grande publicação esta!

Espero que muitos a leiam para ajudar os estudantes a integrarem-se!

L*
Lis a 16 de Setembro de 2016 às 20:06

Muito obrigada pela vista e pelo comentário.
Bom fim de semana!!!
Maribel Maia a 17 de Setembro de 2016 às 17:18

Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
16
17

18
20
21
23
24

25
27
28
30


mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO