Com um olhar pluridimensional sobre a EDUCAÇÃO, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida... este é um convite para conversar sobre educação.

22
Jun 17

Diálogo entre mim e um/a estudante de 2º ciclo:


«Estudante: _Fiz anos a semana passada…
Eu: _Parabéns! Então, muitas prendas? Muito bolo????
Estudante: _ Sim… mas não foi bem a festa que eu queria….
Eu: _Porquê?
Estudante: _Gostava mais de ter festejado com os meus amigos… poder convida-los…humm.. e não foi assim!...»

 

As Festas de Aniversário, para a maioria das pessoas, tornam-se cada vez menos importante… vê-mos os anos a passarem e com isso vai-se alguma juventude e qualidade de vida. Mas, quando eramos crianças, o Dia de Aniversário era muito ansiado, desejado e sonhado, como se, naquele dia a magia pudesse acontecer.
E relembro tudo isto porque, dos primeiros momentos sociais que as crianças vivem e experienciam são, as festinhas de aniversário dos colegas de turma, ou de outros ambientes, onde são convidados, nestes momentos vivem intensamente esta aprendizagem:


• Apoiam os pais na compra da prenda;
• Responsabilizam-se por procurar saber a hora e o local;
• Refletem sobre o seu comportamento num ambiente diferente;
• Ensaiam o convívio social parecido com o dos adultos;
• Quando é a sua Festa, envolvem-se ao máximo na preparação da mesma.


Por estas e muitas outras razões proponho que, os encarregados de educação não se esqueçam o quanto é educacionalmente importante estas vivências de convívio, alegria e brincadeira.

images (2).jpg

 

publicado por Maribel Maia às 14:54

8 comentários:
Concordo, apesar de achar que nos dias de hoje se exagera à volta da festa, porque o que as crianças realmente querem é estar com os amigos.
Mamã Silvestre a 22 de Junho de 2017 às 16:01

Exatamente, por isso mesmo, a festa não precisa de ser muito preparada e as crianças devem de responsabilizar-se por grande parte do trabalho.... porque acabam por ser os pais em correrias para que nada falte...

Concordo. E acho que muitas vezes os pais esquecem-se que a festa é para as crianças. Não é para eles. :))

Quando são bebés, claro que não valorizam... mas quando começam a crescer quase não querem os pais por perto!
Maribel Maia a 26 de Junho de 2017 às 12:31

É mesmo muito importante, sim!
Beijinhos
Chic'Ana a 22 de Junho de 2017 às 16:21

E existem crianças que pouco valorizam o seu aniversário e outras que querem várias festas de aniversário, em simultâneo: em casa, na escola, no ATL...
Maribel Maia a 22 de Junho de 2017 às 16:24

Obrigada, pela sua companhia e carinho ao anexar-me também Maribel, bem haja. As crianças gostam de conviver com os amigos e o aniversário é sempre uma altura tão especial. Há que gerir muito bem entre pais e criança todos os momentos de modo a ser feliz e memorável para todos. Um beijinho e bom resto de semana!
Sílex a 22 de Junho de 2017 às 22:05

Muito obrigada e bem vinda a este cantinho de reflexão!
Bom fim de semana!
Maribel Maia a 23 de Junho de 2017 às 12:02

Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
15
16
17

18
20
21
23
24

25
28
30


mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO