Com um olhar pluridimensional sobre a EDUCAÇÃO, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida... este é um convite para conversar sobre educação.

04
Dez 15

Nesta época do ano, um dos exercícios de língua portuguesa que proponho, aos estudantes, é escreverem a Carta ao Pai Natal. Ao princípio algumas pessoas podem até considerar uma atitude de lazer e não de estudo, contudo se, ao estudante, for pedido que escreva a carta segundo todas as regras que uma carta deve ter, que tenha o cuidado de escrever sem erros ortográficos, escreva com criatividade, tendo em consideração que esta não é uma lista de compras, mas sim, uma carta dirigida a outra pessoa… tudo isto já sugere mais dedicação, empenho e reflexão na tarefa.

A minha sugestão, para os leitores é que, após corrigirem esta carta, a depositem nos correios, finalizando todo o processo e lembrando a importância deste meio de comunicação já pouco utilizado… e claro, aguardem a resposta! Atenção: não têm de comprar o selo!

 

Ao longo dos anos, os CTT têm procurado responder a todas as cartas recebidas, que são dirigidas ao Pai Natal, e nessa resposta vem também uma pequena surpresa… É por esta razão, que vos convido a apoiarem o vosso estudante nesta tarefa.

Para tal basta preencherem adequadamente a carta com o endereço do estudante e destinada ao Pai Natal: Pólo Norte (morada à escolha), estas são as únicas cartas aceites pelos CTT sem selo.

Os CTT têm já tudo preparado para receber essas cartas e afirmam que: «Os brinquedos continuam a dominar os desejos natalícios, mas têm cada vez mais a concorrência de pedidos como livros, animais e, até, irmãos.» (in: https://www.ctt.pt).

 

E ainda, para quem puder ajudar uma criança, «este ano volta a haver um segundo Pai Natal dos Correios: o Pai Natal Solidário, que vai depositar em Lojas dos CTT de todo o País, bem como na Internet, cartas escritas por crianças desfavorecidas à guarda ou acompanhadas por IPSS, que qualquer pessoa pode apadrinhar, oferecendo o presente pedido por cada uma delas…» (veja mais informação na página oficial dos CTT).

 

817308.jpg

paiNatal.jpg

 

publicado por Maribel Maia às 14:50

8 comentários:
O anterior professor da minha filha, de ética e Cidadania e Educação Física, sugeriu à turma escreverem cartas aos amigos e familiares nas férias de verão, para exercitarem a escrita de uma forma divertida.
Considero esta iniciativa que agora sugeres também louvável!
Parabéns pelo destaque :)
marta-omeucanto a 4 de Dezembro de 2015 às 16:31

É também uma ótima iniciativa! Assim como procurarem a verdadeira história do Pai Natal é também uma tarefa motivadora e que promove o conhecimento!
Obrigada

Brilhante iniciativa! Acho que todos os que puderem deviam participar!
Chic'Ana a 4 de Dezembro de 2015 às 16:59

Obrigada!
Maribel Maia a 5 de Dezembro de 2015 às 14:03

Interessante!
Não sabia da existência do Pai Natal Solidário!
BataeBatom a 5 de Dezembro de 2015 às 00:43

O Pai Natal solidário é de participação simples, mas de gesto grandioso!
Maribel Maia a 5 de Dezembro de 2015 às 14:06

Quando era bem pequenina escrevia sempre uma carta ao Pai Natal dos correios e todos os anos recebia um presentinho! Como eu adorava abrir a caixa do correio e receber aquela carta do Pai Natal...
As Nossas Voltas a 11 de Dezembro de 2015 às 06:50

Ainda vejo essa magia na pequenada que também envia a carta ao Pai Natal dos CTT e depois anseia pela resposta!
Maribel Maia a 11 de Dezembro de 2015 às 15:58

Dezembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
15
17
19

20
22
24
25
26

27
29
31


mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO