Com um olhar pluridimensional sobre a EDUCAÇÃO, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida... este é um convite para conversar sobre educação.

18
Fev 16

Pode existir algum receio, por parte dos encarregados de educação, aquando da escolha do desporto mais adequado a cada criança, de acordo com a sua fase de crescimento. É, claramente, necessário uma especial atenção ao desenvolvimento de cada criança, contudo ficam aqui algumas propostas dos ‘entendidos’ nesta matéria:

  • Crianças em idade pré-escolar: precisam de atividades próprias ao seu potencial para o desenvolvimento da motricidade, sendo fundamental que em todos os momentos as atividades sejam lúdicas.
  • 4 aos 6 anos: Os joguinhos começam a ficar interessantes. As atividades deverão ser realizadas com jogos e brincadeiras.
  • 7 anos em diante: Serão trabalhadas atividades com diferentes exercícios de recreação e competição, o que estimula muito a criança. Já poderão ser introduzidos também o atletismo (corridas, saltos e lançamentos – de forma simplificada), a natação, pequenos jogos, etc.
  • 11 aos 14 anos: A proposta aplicada já inclui, além de muita recreação, os jogos desportivos, não sendo aconselhado, no entanto, determinado tipo de desporto por faixa etária mas sim, seguindo o desejo da criança. Estimulando sempre um gosto pelo desporto que permaneça na vida adulta.

Com base em: Marcia Cristiane Perretto  In: www.gazetanews.com

desporto.png

 

publicado por Maribel Maia às 13:57

6 comentários:
Natação para mim sempre foi a mlehor aposta! =)
Chic'Ana a 18 de Fevereiro de 2016 às 14:12

É verdade, desde que motive a criança... conheço algumas que pediram aos pais para trocarem por outro desporto e agora estão mais empenhadas na modalidade... acho que o importante é que as motive mesmo!
Maribel Maia a 18 de Fevereiro de 2016 às 15:01

Nunca gostei de ginástica, já na escola era obrigação penosa para mim! Mas confesso que de pequenino é que se educam os hábitos saudáveis.
Carlos a 19 de Fevereiro de 2016 às 13:48

Para as crianças, escolherem um desporto de que gostem e pelo qual estão motivados a participar é, sem dúvida, muito diferente, da educação física que se leciona nas escolas e muito mais interessante para elas! Quantos de nós, não gostávamos de educação física escolar e em adultos desenvolvemos um gosto por um desporto especifico, o qual nos faz sentir muito bem!?!?
Maribel Maia a 20 de Fevereiro de 2016 às 14:13

Como sou asmática fiz natação em miúda mas em piscinas destapadas e só no verão. Mais tarde, já adulta, quando mais uma vez por indicação médica me mandaram para a natação, a piscina era coberta e eu descobri uma alergia respiratória ao cloro. A minha filha sempre quis fazer natação pois adora piscinas e água, mas graças à minha alergia estava fora de questão eu acompanhá-la e o pai não tem tempo para ir com ela. A solução foi inscrevê-la numa classe de ginástica que se chama Teamgym e que é uma mistura de ginástica de tapete com trampolins. Ela adora! Faz-lhe bem ao corpo e à mente! E eu aproveito o tempo em que espero por ela para ler um bom livro ou pôr os filmes ao dia com a ajuda do tablet... E o melhor é que não começo a hiperventilar com a presença do cloro! ;-) Sem dúvida que a pratica de exercicio fisico faz maravilhas às nossas crianças! E a nós também se não fossemos tão preguiçosos! LOOOL!
soumaiseu a 19 de Fevereiro de 2016 às 15:03

Obrigada pela partilha... Adorei ler o seu testemunho!
Maribel Maia a 20 de Fevereiro de 2016 às 14:09

Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
16
17
19
20

21
23
24
26
27

28


mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO