Com um olhar pluridimensional sobre a EDUCAÇÃO, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida... este é um convite para conversar sobre educação.

02
Mai 16

Para além das orientações referidas no tema anterior, a estrutura do ‘Trabalho’ deve, também, incluir os seguintes passos:

  • Capa: título do trabalho que desvenda o tema a ser tratado, indicando a disciplina, o nome da escola e do professor, o nome do aluno, acrescentando ano, turma e número, assim como a data de entrega deste;
  • Índice: todo o ‘Trabalho’ deve ser compartimentado em diversos títulos ou conceitos e inumerados no índice, esta página, embora deva ser a segunda do trabalho, apenas é realizada no final;
  • Introdução: situa o tema que irá ser desenvolvido, deixando claro quais os objetivos que se seguem. Não deve ultrapassar uma página escrita;
  • Desenvolvimento: aqui todo o ‘trabalho’ se desenrola, começando-se por explicar os conceitos, fundamentar as ideias, dividindo o grande tema em pequenos temas que se interligam de uma forma lógica, adiciona-se gráficos, imagens ou esquemas que fundamentem tal escrita.

É sempre necessário respeitar a ordem cronológica dos acontecimento.

Finaliza-se com uma ou várias opiniões críticas ao assunto analisado, com opinião pessoal ou de outros autores;

  • Conclusão: um pequeno resumo do que se aprendeu com este trabalho, enuncia novas questões que poderiam levar a outros estudos e explica porque este tema contribui para a disciplina em causa. Não ultrapassar uma página escrita;
  • Bibliografia: para o “trabalho” foram consultados livros e sites na internet, na bibliografia devem ser todos mencionados por ordem alfabética, exemplos:

Sophia de Mello Breyner Andresen, (1958) ‘A fada Oriana’: Porto Editora. 

www. Visãojunior.pt: artigo: 24 setembro 2014. 

trabalho 001.JPG

 

publicado por Maribel Maia às 10:53

2 comentários:
Maribel, num destes dias, se puder, gostaria que fizesse um post sobre como podem os pais ajudar os filhos numa determinada matéria, e onde procurar essa informação quando a mesma não consta dos manuais.
A minha filha trouxe vários exercícios para fazer no fim de semana, sobre simetrias por rotação, em que é dado um determinado ângulo, e um ponto.
Não faço ideia se alguma vez estudei essa matéria mas para mim, neste momento, é "chinês".
Ela não sabia bem como se fazia. Procurei nos manuais, mas não encontrei exemplos concretos, nem uma espécie de "passo a passo".
No caderno dela, também não tinha nada.
Tive que tentar descobrir uns vídeos na internet, para eu conseguir perceber (e mesmo assim não encontrei todos os exemplos), para depois poder explicar à minha filha.
O que fazer nestes casos? Obrigada.
marta-omeucanto a 2 de Maio de 2016 às 15:49

Claro que aceito o desafio, irei compilar alguns links na internet que ofereçam resumos de matéria e exercícios escolares, com algumas dicas!
Quanto a essa matéria específica, existem várias formas de explicar o exercio, o que pode ter causado ainda mais dificuldade...quando o professor explicar melhor a matéria convém voltar a estudar e retirar dúvidas!
Tentarei responder ao desafio com brevidade!
obrigada pela partilha!

Maio 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
17
18
20
21

22
24
25
27
28

29
31


mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO