Com um olhar pluridimensional sobre a EDUCAÇÃO, pretendo orientar educadores e estudantes neste caminho vivido tão intensamente... um caminho onde se ensina e se aprende em cada momento de vida... este é um convite para conversar sobre educação.

07
Abr 15

Sem Título.jpg

Sendo este um tema tão sensível, volto a frisar a importância de supervisionar o comportamento de crianças e jovens nas redes sociais. neste sentido, alerto para novos conceitos associados aos perigos da WEB que podem ser vivenciados por qualquer estudante, que utilize as redes sociais da internet:

 

Cyber Bullying:

Quando uma criança ou jovem é submetida a ameaças ou humilhações por parte dos seus colegas Web, cujas as intenções são provocar medo e atormentar emocionalmente as suas vítimas. Estas práticas podem também ser realizadas através de telemóveis, por mensagens ou chamadas.

 

Grooming:

Trata-se de perseguição e persuasão de um adulto a uma criança ou adolescente, quase sempre com a finalidade de obter relações de nível sexual, numa tentativa contínua de gerar um ambiente de confiança. Muitas vezes estes adultos fazem-se passar por outras crianças da mesma idade desenvolvendo uma confiança que leve a um encontro pessoal.

 

Sexting:

Um acrónimo criado com junção de duas palavras inglesas: Sex e Texting e, como as palavras indicam, trata-se do envio de mensagens, (via redes sociais ou telemóvel) de conteúdo erótico que, com o avanço tecnológico, evoluiu também para troca de imagens e vídeos.

 

Roubo de informação:

Por vezes através dos vírus e janelas pop-up, ou de outras formas, informações pessoais são intercetadas por terceiros que, de forma direta, ou indireta, as utilizam para roubar, ou levar uma criança a roubar, a própria família através da chantagem.

 

Com base no: «Guia para pais de proteção infantil na Internet». eset.

publicado por Maribel Maia às 14:19

Abril 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
15
18

19
20
23
25

26
28
30


mais sobre mim
pesquisar
 
subscrever feeds
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO